Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4573
Tipo: Dissertação
Título: Eficiência e residual no solo de herbicidas aplicados em pós emergência na cultura do feijão
Título(s) alternativo(s): Residual soil and efficiency of herbicides in emergency after culture of beans
Autor(es): Silva, Valdevino Pereira
Primeiro Orientador: Ferreira, Lino Roberto
Primeiro coorientador: Carneiro, José Eustáquio de Souza
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: D'antonino, Leonardo
Segundo avaliador: Freitas, Francisco Cláudio Lopes de
Abstract: Avaliou-se a eficiência e ação residual no solo dos herbicidas fomesafen (Flex) e imazamox + bentazon (Amplo) isolados ou em mistura, no tanque, na cultura do feijão, no sistema de plantio convencional e milho em sucessão, em plantio direto. O experimento foi realizado em condições de campo e casa de vegetação, avaliando-se os seguintes tratamentos: Amplo e Flex, nas doses de 0,25; 0,50; 0,75; e 1,0 L ha-1, a mistura dos dois nas proporções de 0,75 + 0,25; 0,50 + 0,50; e 0,25 + 0,75 L ha-1 e duas testemunhas: uma capinada e outra sem capina. No campo, com a cultura do feijão, cada parcela foi composta de seis linhas com 5 m de comprimento, espaçadas em 0,45 m, onde foram avaliados controle das plantas daninhas, toxicidade dos herbicidas às plantas de feijão, número de vagens por planta, peso de 100 grãos e produtividade de grãos. Com a cultura do milho em sucessão à cultura do feijão, cada parcela foi composta por três linhas com 5 m de comprimento, espaçadas em 0,90 m, onde foram avaliadas a toxicidade dos herbicidas às plantas de milho e à produtividade de grãos. Em casa de vegetação, estudou-se a ação residual dos herbicidas no solo a partir de amostras de solo coletadas nas parcelas a campo, em diferentes períodos após a aplicação dos herbicidas (3, 33, 63, 93, 123, 153 e 183 dias). Cada amostra de 300 g de solo foi colocada em vasos, no qual foram cultivadas, por 21 dias, três plantas de Sorghum vulgare (plantas-teste). Nas coletas de solo aos 153 e 183 dias, avaliou-se, além do sorgo, a intoxicação dos herbicidas sobre o milho. A ação residual dos herbicidas foi determinada avaliando-se a porcentagem de intoxicação e o acúmulo de matéria seca da parte aérea das plantas-teste de sorgo e milho. A dose de 1,0 L ha-1 do herbicida Flex proporcionou boa produtividade de feijão, todavia prejudicou o crescimento do sorgo nas amostras de solo coletadas aos 183 dias após a aplicação, indicando persistência do herbicida até essa data. Com essa mesma dose de Flex, no caso do milho aos 150 DAA, observou-se a intoxicação das plantas aos sete e 21 dias após a sua emergência, porém a matéria seca da parte aérea não foi afetada. Nenhum efeito foi observado aos 180 DAA. Amplo, aplicado isoladamente, não foi eficiente no controle de plantas daninhas até a colheita. A mistura de Amplo ao Flex permitiu diminuir a dose do Flex para 0,25 L ha-1 sem redução da produtividade, com ótimo controle de plantas daninhas e fácil condição de colheita, além de reduzir o risco de carryover. A persistência do Flex no solo não foi alterada pela presença do Amplo na mistura.
We evaluated the efficiency and residual effect on soil of herbicides fomesafen (Flex) and imazamox + bentazon (Amplo) isolated or in mixture, in the tank, the bean crop in system conventional and corn in succession, in notill. The experiment was conducted under field and greenhouse, to evaluate the following treatments: Amplo and Flex at doses of 0.25, 0.50, 0.75 and 1.0 L ha-1, the mixture of two in proportions of 0.75 + 0.25, 0.50 and 0.25 + 0.50 + 0.75 L ha-1, and two witnesses: one weeded and another without weeding. In the field, with the bean crop, each plot consisted of six rows with five meters in length, spaced at 0.45 m were evaluated weed control, herbicide toxicity to the bean plants, number of pods per plant, 100 grain weight and grain yield. With the corn crop in succession to the bean crop, each plot consisted of three rows with five meters in length, spaced at 0.90 m where they were evaluated the toxicity of herbicides to plant corn and grain yield. In the greenhouse we studied the residual effect of herbicides in soil from soil samples collected in the field plots, at different times after herbicide application (3, 33, 63, 93, 123, 153 and 183 days). Each sample of 300 g of soil was placed in vessels, which were cultured for 21 days Sorghum vulgare three plants (plants tests). In samples of ground at 153 and 183 days, and sorghum was also evaluated the toxicity of the herbicide on corn. The residual effect of herbicides was determined by evaluating the percentage of poisoning and dry matter accumulation in the shoots of sorghum and maize testing. The dose of 1.0 L ha-1 Flex herbicide provided good bean yield, however hindered the growth of sorghum in soil samples collected at 183 days after application, indicating the persistence of the herbicide by that date. With the same dose of Flex, for maize to 150 DAA, there was a poisoning of the plants at seven and 21 days after their emergence, but the dry matter of shoots was not affected, no effect was observed at 180 DAA. Amplo, applied alone was not effective in controlling weeds until harvest. The mixture Wide Flex allowed to reduce the dose of Flex to 0.25 L ha-1 without reducing productivity, with excellent weed control and crop condition easier and reduces the risk of carryover. The persistence of Flex in the soil was not altered by the presence of Amplo in the mixture.
Palavras-chave: Herbicida
Feijão
Carryover
Efeito residual
Herbicide
Bean
Carryover
Residual effect
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: SILVA, Valdevino Pereira. Residual soil and efficiency of herbicides in emergency after culture of beans. 2012. 66 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4573
Data do documento: 6-Jun-2012
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,95 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.