Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4579
Tipo: Dissertação
Título: Absorção de nutrientes pela cultura de lulo (Solanum quitoense Lam. variedade septentrionale)
Título(s) alternativo(s): ABSORPTION OF NUTRIENTS BY LULO PLANTS (Solanum quitoense Lam. variety. septentrionale)
Autor(es): Nuro, Atumane
Primeiro Orientador: Siqueira, Dalmo Lopes de
Primeiro coorientador: Salomão, Luiz Carlos Chamhum
Primeiro avaliador: Cecon, Paulo Roberto
Segundo avaliador: Pereira, Paulo Roberto Gomes
Abstract: Este trabalho teve como objetivo determinar o acúmulo de nutrientes pela cultura de lulo desenvolvida em condições de campo. O trabalho foi realizado no período de novembro de 2010 a julho de 2011, no pomar do Fundão pertencente a Universidade Federal de Viçosa, no município de Viçosa, Estado de Minas Gerais, Brasil. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram em quinze épocas de coletas iniciadas aos 30 dias após o transplantio, com intervalo entre coletas de 15 dias. As plantas coletadas foram fracionadas em folhas, caule e frutos; secas e submetidas a determinação das concentrações de nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, Fe, Cu, Zn e Mn). A partir das concentrações desses nutrientes, e da massa seca de folhas, caule e frutos determinou-se o acúmulo de nutrientes em cada época. Foram avaliados: acúmulo de massa seca nas folhas, caule, frutos e total. Aos 240 dias após o transplantio (DAT), 45% da massa seca alocou-se nos frutos, 35% no caule e 20% nas folhas. O K e o Fe foram os macro e micronutrientes mais absorvidos pela planta. O acúmulo de nutrientes pelas plantas de lulo por ordem decrescente foi de 28,684; 23,182; 9,148; 3,762; 1,846; 1,736 g.planta-1, respectivamente para K, N, Ca, Mg, P, S e 442, 67; 80,56; 30,76; 6,63 mg.planta-1, respectivamente para Fe, Mn, Zn, Cu. Os nutrientes N, K, P, Ca, S e Cu acumularam-se preferencialmente nos frutos, enquanto Mg, Zn, Mn e Fe na parte vegetativa. O período de maior absorção de N e K pelas plantas de lulo foi entre 165-240 dias após o transplantio.
This work examines the accumulation of nutrients of the lulo plants under field conditions. The work was carried out from November 2010 to July 2011, at the precipice orchard belonging to the Federal University of Viçosa, in Viçosa, Minas Gerais State, Brazil. The experimental design was in randomized complete blocks with four replications. The treatment consisted of fifteen collection dates, beginning 30 days after transplanting (DAT), at 15 day intervals. The collected plants were fractionated into leaves, stems and fruits, dried and subjected to determination of nutrients concentration (N, P, K, Ca, Mg, S, Fe, Cu, Zn, and Mn). From the concentration of this nutrients and dry mass of the leaves, stem and fruits, it was determined the accumulation of nutrients in different parts of plants and total plant in each time. It was evaluated: dry matter accumulation in leaves, branches, fruits and total. The fruits provided higher production of dry mass in comparation to other organs. In the crop, at 240 days after transplanting (DAT), 45% of dry matter was allocated in the fruits 35% in the leaves and 20% in the stem. N and Fe were the macro and Micronutrients more absorved on the plant. The order of accumulation of nutrients was 28,684; 23,182; 9,148; 3,762; 1,846; 1,736 g.planta-1, respectively, for K, N, Ca, Mg, P, S e 442, 67; 80, 56; 30, 76; 6,63 mg.planta-1, respectively for Fe, Mn, Zn, Cu. The nutrients N, K, P, Ca, S and Cu accumulated preferentially in the fruits, while Mg, Fe, Zn and Mn accumulated in vegetative part. The period of large absorption of N and K of plants lulo was between 165 and 240 day after transplanting date, respectively.
Palavras-chave: Solanum quitoense Lam
Nutrição
Acúmulo de massa seca
Solanum quitoense Lam
Nutrition
Dry matter accumulation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: NURO, Atumane. ABSORPTION OF NUTRIENTS BY LULO PLANTS (Solanum quitoense Lam. variety. septentrionale). 2012. 52 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4579
Data do documento: 19-Out-2012
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.