Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4588
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorFreitas, Monique Regina Carvalho
dc.date.accessioned2015-03-26T13:39:55Z-
dc.date.available2013-06-17
dc.date.available2015-03-26T13:39:55Z-
dc.date.issued2013-04-05
dc.identifier.citationFREITAS, Monique Regina Carvalho. Infrared thermometry and agronomic traits in wheat indication of response to heat stress. 2013. 45 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/4588-
dc.description.abstractA ocorrência de temperaturas elevadas constitui o principal fator limitante para o desenvolvimento pleno das plantas de trigo na região do Brasil-Central. O conhecimento de metodologias de acesso fácil e de uso prático, que sejam eficientes para a seleção de plantas em condições de campo são imprescindíveis. Objetivou-se avaliar a termometria infravermelha como metodologia na predição de tolerância ao estresse térmico e comparar a sua eficiência associada a caracteres agronômicos indicadores de estresses na planta de trigo. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado sendo o experimento conduzido em vasos com capacidade de oito litros com 10 repetições para cada tratamento no campo experimental Prof. Diogo Alves de Melo - UFV, Viçosa-MG. Utilizaram-se seis cultivares recomendadas para o Brasil Central: Aliança, Anahuac, Embrapa 22, BRS 254, BRS 264 e BRS 207. As cultivares foram semeadas em três épocas com temperaturas crescentes ao longo do desenvolvimento das plantas: junho, julho e agosto. Avaliaram-se as características: duração da fase do espigamento, do enchimento de grãos e do ciclo total, altura de planta, perfilhos úteis, comprimento de espiga, espiguetas por espiga, espiguetas férteis por espiga, grãos por espiga, massa de mil grãos, matéria seca total, rendimento de grãos, índice de colheita e depressão da temperatura da planta. Para a maioria dos caracteres agronômicos avaliados houve redução quantitativa com a elevação da temperatura, sobretudo nas duas épocas mais tardias. Para depressão da temperatura nos órgãos da planta houve efeito somente de época e com alto coeficiente de variação, o que indica baixa precisão desta metodologia como indicadora de tolerância ao estresse de calor. Entre as características agronômicas houve correlação significativa e de magnitude alta, sobretudo entre os componentes da produção de grãos. Os caracteres fisiológicos, depressão da temperatura dos órgãos da planta, não correlacionaram com a maioria dos demais caracteres avaliados. Em condições de baixa densidade de plantas em vasos, as características agronômicas como duração das fases de espigamento, de enchimento de grãos e do ciclo total, altura da planta, rendimentos de grãos, peso médio de grãos, número de grãos por espiga e matéria seca total são indicadores adequados do efeito de estresse de calor em trigo.pt_BR
dc.description.abstractThe occurrence of high temperatures is the main limiting factor for the full development of wheat plants in Brazil-Central region. Is essential the Knowledge of methodologies with pratical use and easy access that are efficient for selection of plants under field conditions. This study aimed to evaluate the methodology as infrared thermometry for predicting thermal stress tolerance and compare their efficiency associated with agronomic traits indicators of stress in wheat plant. The experimental design was completely randomized and the experiment being conducted in pots with a capacity of eight liters with 10 repetitions for each treatment in the experimental area of Professor Diogo Alves de Melo - UFV, Viçosa-MG. Were used six cultivars recommended for Brazil Central: Aliança, Anahuac, Embrapa 22, BRS 254, BRS 264 and BRS 207. The cultivars were sown in three seasons with temperatures rising throughout the plant development: June, July and August. We evaluated the characteristics: length of silking stage of grain filling and total cycle, plant height, tillers useful length of spike, spikelets per spike, fertile spikelets per spike, grains per spike, thousand grain weight, total dry matter yield, harvest index and plant temperature depression. For most agronomic traits evaluated quantitatively decreased with increasing temperature, especially in the two seasons later. For depression of temperature in plant organs were only effect of seasons and with a high coefficient of variation, which indicates low accuracy of this methodology as an indicator of tolerance to heat stress. Among the agronomic characteristics they had high significant correlation, especially among the components of grain production. The physiological characters, the temperature depression of plant organs, not correlated with most other traits. In conditions of low density potted plants, agronomic traits such as length of time of silking, grain filling and total cycle, plant height, grain yield, grain weight, number of grains per spike and dry total matter yield are appropriate indicators of the effect of heat stress on wheat.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectTriticum aestivumpor
dc.subjectTolerância ao calorpor
dc.subjectCaracteres fisiológicospor
dc.subjectTriticum aestivumeng
dc.subjectHeat toleranceeng
dc.subjectPhysiological characterseng
dc.titleTermometria infravermelha e caracteres agronômicos na indicação de resposta do trigo ao estresse de calorpor
dc.title.alternativeInfrared thermometry and agronomic traits in wheat indication of response to heat stresseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3303253170610394por
dc.contributor.advisor-co1Sediyama, Tocio
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780090Y4por
dc.contributor.advisor-co2Galvão, João Carlos Cardoso
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784805H4por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentPlantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita depor
dc.publisher.programMestrado em Fitotecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIApor
dc.contributor.advisor1Souza, Moacil Alves de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780557T1por
dc.contributor.referee1Sediyama, Maria Aparecida Nogueira
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783366Z4por
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,24 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.