Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4590
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de diferentes porta-enxertos na produção de maracujazeiro (Passiflora edulis Sims)
Título(s) alternativo(s): Evaluation of different rootstocks in the production of passion fruit (Passiflora edulis Sims)
Autor(es): Salazar, Alejandro Hurtado
Primeiro Orientador: Bruckner, Claudio Horst
Primeiro coorientador: Sediyama, Carlos Sigueyuki
Segundo coorientador: Picoli, Edgard Augusto de Toledo
Primeiro avaliador: Araújo, João Marcos de
Abstract: O Brasil é o maior produtor mundial de maracujá, com 920.158 mil toneladas alcançadas durante o ano de 2010, numa área de 62.243 ha (IBGE, 2012). O maracujá amarelo é o mais cultivado no Brasil, com mais de 90% de área plantada e volume comercializado em todo o país; 60% dessa produção se destinam ao mercado in natura. No entanto, as doenças do solo reduzem a vida útil das lavouras, forçando à prática do cultivo itinerante. A resistência genética pode evitar a morte prematura das plantas, fornecendo formação de lavouras mais sadias, uniformes e longevas. Entre as alternativas a serem buscadas, destaca-se a utilização de espécies silvestres resistentes como porta-enxertos. Este trabalho buscou quantificar a influência sobre as características agronômicas do maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims) dos porta-enxertos silvestres P. mucronata e P. gibertii. As características avaliadas foram: porcentagem de sobrevivência dos enxertos, altura da planta, altura da primeira floração, número de folhas, número de nós, diâmetros do porta-enxerto e do enxerto, análise histológica da região do enxerto, taxa de ocorrência de nós, dias até a floração, trocas gasosas e qualidades físicas e químicas dos frutos. Foi observado que o porta enxerto P. mucronata apresentou melhor conformação anatômico-histológica da região da exertia e influenciou positivamente o número de folhas, o número de nós, a altura da primeira floração, o número de flores e a taxa de ocorrência de nós. Quando as espécies silvestres foram empregadas como porta-enxerto, essas desenvolveram botões florais mais precocemente e originou frutos mais alongados que os pés-francos, porém dentro dos padrões de comercialização. A espécie P. mucronata foi a que apresentou o melhor desempenho como porta-enxerto.
Brazil is the largest producer of passion fruit, with 920.158 million tonnes achieved during the year 2010, an area of 62,243 ha (IBGE, 2012). The passion fruit is the most cultivated in Brazil, with over 90% of the planted area and volume sold across the country, 60% of this production is intended for the fresh market. However, the soil diseases reduces the life crop, forcing the crop traveling into practice. The genetic resistance may prevent the premature death of the plants, providing training to healthier crops, uniform and enduring. Among the alternatives to be fetched, we highlight the use of wild species as resistant rootstocks. This study aimed to quantify the influence on the agronomic characteristics of yellow passion fruit (Passiflora edulis Sims) rootstocks of wild P. mucronata and P. gibertii. The characteristics evaluated were: percentage of graft survival, plant height, height of first flowering, number of leaves, number of nodes, diameter of the rootstock and grafting, histological analysis of the graft region, rate of occurrence of us days to flowering, gas exchange and physical and chemical qualities of the fruit. It was observed that the rootstock P. mucronata showed better conformation anatomical and histological region exertia and positively influenced the number of leaves, number of nodes, the time of first flowering, number of flowers and the rate of occurrence of us. When wild species were used as rootstock, developed these early buds and fruits originated more elongated than the non-grafted, but within the standards of marketing. The species P. mucronata showed the best performance as a rootstock.
Palavras-chave: Passiflora
Floração
Precocidade
Trocas Gasosas
Anatomia Vegetal
Passiflora
Flowering
Earliness
Gas exchange
Plant Anatomy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: SALAZAR, Alejandro Hurtado. Evaluation of different rootstocks in the production of passion fruit (Passiflora edulis Sims). 2013. 87 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4590
Data do documento: 18-Mar-2013
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf5,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.