Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/46
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação econômica da irrigação do cafeeiro em uma região tradicionalmente produtora
Título(s) alternativo(s): Economical evaluation of the irrigation of the coffee plant in a traditionally producer area
Autor(es): Arêdes, Alan Figueiredo de
Primeiro Orientador: Santos, Maurinho Luiz dos
Primeiro coorientador: Reis, Brício dos Santos
Primeiro avaliador: Rufino, José Luís dos Santos
Segundo avaliador: Souza, Paulo Marcelo de
Terceiro avaliador: Lírio, Viviani Silva
Abstract: Em regiões com elevados déficits hídricos, os resultados empíricos apontam no sentido da viabilidade econômica da irrigação. Entretanto, em regiões produtoras tradicionais, caracterizadas por clima úmido, onde a irrigação é feita de forma suplementar, a viabilidade econômica dessa prática é discutida e carente de estudos. Nesse sentido, o presente trabalho teve por objetivo analisar a viabilidade econômica da implantação de alternativas tecnológicas de irrigação na produção de café em uma região tradicionalmente produtora, como no município de Viçosa-MG. Para isso, foram analisadas cinco alternativas tecnológicas de produção de café: A - produção não-irrigada com baixa produtividade, B - produção não-irrigada com alta produtividade, C - produção irrigada por gotejamento, D - produção fertirrigada por gotejamento e E - produção irrigada por malha. Como resultado, verificou-se que todos os indicadores de viabilidade econômica (VPL, TIR, CTMe e PP) indicaram a superioridade econômica da produção cafeeira irrigada e fertirrigada, principalmente a irrigada por malha, seguida pela fertirrigada e irrigada por gotejamento, respectivamente, em relação a produção não-irrigada. Quando analisado o risco, as alternativas tecnológicas não-irrigada, irrigada e fertirrigada foram muito sensíveis em termos de VPL e TIR em relação as variáveis preços do café e produtividade do cafezal e pouco sensíveis às mudanças das variáveis mão-de-obra eventual, fertilizante, uréia, energia elétrica, água, fungicida e inseticida, preço de aquisição da terra e preço dos sistemas de irrigação e fertirrigação por gotejamento e malha. Também pela análise de risco, a produção não-irrigada com alta e a com baixa produtividade apresentaram os menores retornos (máximos, médios e mínimos) e os maiores riscos, pois tiveram os maiores coeficientes de variação (CV) em termos de VPL e TIR, e os menores VPL e TIR independentemente do nível de probabilidade de ocorrência do VPL e TIR. A alternativa tecnológica irrigada por malha teve o menor risco, seguido pela alternativa fertirrigada e irrigada por gotejamento. Assim, conclui-se que a cafeicultura irrigada é economicamente viável e superior à alternativa de produção não-irrigada, mesmo em regiões tradicionalmente produtoras, como no município de Viçosa-MG, uma vez que, além de elevar o retorno econômico, reduz o risco na produção de café.
In areas with high hydrics deficits, the empiric results appear in the sense of the economical viability of the irrigation. However, in traditional producing areas, characterized by humid climate, where the irrigation is made in a supplemental way, the economical viability of that practice is discussed and lacking of studies. In that sense, the present work had for objective to analyze the economical viability of the implantation of technological alternatives of irrigation in the production of coffee in a producer area, as in the municipal district of Viçosa-MG. For that, five technological alternatives of production of coffee were analyzed. A- production no-irrigated with low productivity, B - production noirrigated with high productivity, C - production irrigated by leak, D - production fertirrigated for leak and E - production irrigated by mesh. As result, was verified that all the indicators of economical viability (VPL, TIR, CTMe and PP) indicated the economical superiority of the irrigated coffee production and fertirrigated, mainly irrigated by mesh, following for the fertirrigated and irrigated by leak, respectively, in relation to no-irrigated production. When analyzed the risk, the technological alternatives no-irrigated, irrigated and fertirrigated were very sensitive in terms of VPL and TIR in relationship the variables prices of the coffee and productivity of the coffee plantation and little sensitive to the changes of the variables eventual labor, fertilizer, urea, electric power, water, fungicide and insecticide, price of acquisition of the earth and price of the overhead irrigations and fertirrigation for leak and mesh. Also for the risk analysis, the production no-irrigated with high and the with low productivity presented the smallest returns (maxima, medium and minima) and the largest risks, because they had the largest variation coefficients (CV) in terms of VPL and TIR, and smallest VPL and TIR independently of the level of probability of occurrence of VPL and TIR. The technological alternative irrigated by mesh had the smallest risk, following for the fertirrigated alternative and irrigated by leak. Like this, it is ended that the irrigated coffee growing is economically viable and superior to the alternative of no-irrigated production, even in areas traditionally producers, as in the municipal district of Viçosa-MG, once, besides elevating the economical return, it reduces the risk in the coffee production.
Palavras-chave: Café
Irrigação
Retorno
Risco
Coffee
Irrigation
Return
Risk
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIAS AGRARIA E DOS RECURSOS NATURAIS::ECONOMIA AGRARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Mestrado em Economia Aplicada
Citação: ARÊDES, Alan Figueiredo de. Economical evaluation of the irrigation of the coffee plant in a traditionally producer area. 2006. 108 f. Dissertação (Mestrado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/46
Data do documento: 26-Set-2006
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf330,73 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.