Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4603
Tipo: Dissertação
Título: Uso de vinagre e extrato de sementes de feijão-de-porco no manejo de plantas daninhas em plantio direto de milho orgânico
Título(s) alternativo(s): Use of vinegar and bean seed extract pig-in weed management in no-tillage organic corn
Autor(es): Caixeta, Arnaldo Gomes
Primeiro Orientador: Galvão, João Carlos Cardoso
Primeiro coorientador: Ferreira, Lino Roberto
Segundo coorientador: Santos, Ricardo Henrique Silva
Primeiro avaliador: Barrella, Tatiana Pires
Abstract: O objetivo desse trabalho foi avaliar o potencial de uso do extrato das sementes de feijão-de-porco, vinagre com 12% de acidez acética e roçagens associadas ou não com consórcio de plantas de feijão-de-porco, para o controle das plantas daninhas na cultura do milho em plantio direto orgânico. O plantio foi realizado em novembro de 2011 utilizando a variedade de milho UFVM100, na Estação Experimental da Universidade Federal de Viçosa em Coimbra, MG. O delineamento foi o de blocos casualizados com quatro repetições e os controles das plantas daninhas foram constituídos de oito tratamentos: dois tratamentos foram com vinagre concentrado (12% de acidez acética) mediante aplicações totais de 200 e 600 L ha-1, com 50% pulverizado após o plantio do milho e 50% aos 11 dias após a emergência do milho (DAE); dois tratamentos foram com aplicações totais de 600 e 1200 L ha-1 de extrato das sementes de feijão-de-porco, com 50% pulverizado aos 5 DAE e 50% aos 30 DAE; dois tratamentos foram com roçagens nas entrelinhas aos 15 e 30 DAE, sendo que um deles contou com o consórcio de seis plantas de feijão-de-porco por metro junto às plantas de milho; e mais dois tratamentos, um sem controle de plantas daninhas e outro com retirada semanal das plantas daninhas até a fase de florescimento do milho. Os resultados revelaram alta incidência de plantas daninhas aliado a um longo e intenso período chuvoso. A análise fitossociológica revelou alta importância relativa para as espécies Bidens pilosa seguida por Ageratum conyzoides, Ipomoea hederifolia, Digitaria sanguinalis. A maior eficácia de controle das plantas daninhas foi obtida nos tratamentos com o uso das roçadas motorizadas apresentando 18% de interferência dessas plantas na produção de milho. O tratamento com pulverizações de 600 L ha-1 do vinagre apresentou 33% de interferência das plantas daninhas na produção de milho. A menor eficácia de controle foi obtida nos tratamentos com pulverizações de 200 L ha-1 do vinagre e nas pulverizações do extrato das sementes de feijão-de-porco com 1200 e 600 L ha-1 resultando em 52%, 62% e 70% de interferência das plantas daninhas na produção de milho, respectivamente. O tratamento testemunha, com ausência de controle, resultou em 76% de interferência das plantas daninhas na produção de milho. Concluiu-se que os melhores tratamentos para controle das plantas daninhas e maior produção relativa de grãos de milho orgânico em plantio direto são o uso de roçadas e a aplicação da dose total de 600 L ha-1 do vinagre com 12% de acidez acética. Essas operações de controle são realizadas nas entrelinhas do milho antes do período crítico de interferência das plantas daninhas com intervalo de 15 dias entre as mesmas. A aplicação da dose total de 600 e 1200 L ha-1 de extrato das sementes de feijão-de-porco, com 50% pulverizado aos 5 DAE e 50% aos 30 DAE, apresenta baixo controle da comunidade infestante em plantio direto de milho orgânico, entretanto permitiram o controle parcial de algumas espécies de plantas daninhas.
The aim of this study was to evaluate the potential use of the extract of the seeds of bean-to-pig, vinegar with 12% acetic acid and mowing associated or not with consortium bean plant pig to control plants weeds in corn under no-tillage organic. The planting was conducted in November 2011 using the maize variety UFVM100 at the Experimental Station of the Federal University of Viçosa in Coimbra, MG. The experimental design was a randomized block with four replications and weed control consisted of eight treatments: with two treatments were concentrated vinegar (12% acetic acid) by overall applications of 200 and 600 L ha-1 with 50 % sprayed after planting corn and 50% at 11 days after corn emergence (DAE); two treatments with overall investments of 600 and 1200 L ha-1 extract of the seeds of bean-to-pig, 50% sprayed with 5 DAE, and 50% at 30 DAE; two treatments with motorized mowing between the lines at 15 and 30 DAE, one of which featured the consortium of six plants of bean-to-pig, per meter at the soles of corn; and two more treatments, one without weed control and the other with weekly removal of weeds until the flowering stage of maize. The results showed a high incidence of weeds combined with a long and intense rainy season. A phytosociological analysis revealed high relative importance for the species Bidens pilosa followed by Ageratum conyzoides, Ipomoea hederifolia, Digitaria sanguinalis. The greater efficacy of weed control was obtained in treatments with the use of motorized mowing presenting 18% of interference of weeds in corn production. Treatment with sprays of 600 L ha-1 was 33% vinegar weed interference in corn production. The lower control efficacy was obtained in treatments with sprays of 200 L ha-1 in spraying vinegar and extract the beans-to-pig with 1200 and 600 L ha-1 resulted in 52%, 62% and 70 % of weed interference in corn production, respectively. The control treatment with no control resulted in 76% of weed interference in corn production. It was concluded that the best treatments for weed control and higher relative production of corn organic tillage are the use of motorized cuts and the pulverization of a overall dosage of 600 L ha-1 of vinegar with 12% acetic acid. These control operations are performed in between corn before the critical period of weed interference with an interval of 15 days between them. The application of a total dosage of 600 to 1200 L ha-1 extract of the seeds of bean-to-pig, sprayed with 50% at 5 DAE, and 50% at 30 DAE, has low control on weed community in tillage corn organic, however allowed the partial control of some weed species.
Palavras-chave: Herbicida orgânico
Ácido acético
Vinagre
Fitossociologia
Organic herbicide
Acetic acid
Vinegar
Phytosociology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: CAIXETA, Arnaldo Gomes. Use of vinegar and bean seed extract pig-in weed management in no-tillage organic corn. 2013. 74 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4603
Data do documento: 18-Mar-2013
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.