Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4618
Tipo: Dissertação
Título: Qualidade da manga Ubá submetida à injúria mecânica de impacto
Título(s) alternativo(s): Quality of mango Ubá subjected to mechanical injury of impact
Autor(es): Pacheco, Anália Lúcia Vieira
Primeiro Orientador: Freitas, Gilberto Bernardo de
Primeiro coorientador: Vieira, Gerival
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Ramos, Afonso Mota
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da manga Ubá submetida à injúria mecânica de impacto. Foram realizados dois experimentos por duas safras consecutivas, 2011/2012 e 2012/2013. Os frutos utilizados foram cuidadosamente colhidos de uma única planta, após a colheita, os frutos foram imediatamente transportados para o Laboratório de Manejo e Qualidade Pós Colheita de Frutas do Setor de Fruticultura da UFV. Antes da aplicação do impacto, os frutos tiveram sua massa fresca inicial aferida em balança eletrônica, e através de uma amostra foi determinada a qualidade (massa fresca, teor de sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), pH, relação SS/AT e o teor de vitamina C) dos frutos no momento da colheita. Os frutos foram deixados cair em queda livre, uma única vez, sobre uma superfície plana e rígida. Dessa forma os tratamentos foram: 1, 2, 3, 4 e 5 metros de altura de queda, mais o controle, totalizando 6 tratamentos. Cada parcela foi constituída de 8 frutos, realizando-se 5 repetições. Foi aplicado o teste de Dunnett a 5% de probabilidade. Após a aplicação do impacto, os frutos foram acondicionados em câmaras de amadurecimento e dispostas aleatoriamente em blocos casualizados em uma sala a temperatura ambiente (25 ± 2 °C), onde permaneceram até que se completasse o amadurecimento. Após a retirada dos frutos das câmaras de amadurecimento, uma nova pesagem foi realizada, de forma a determinar a perda de massa fresca. Os frutos de cada tratamento foram descascados manualmente, fatiados, e descartadas as regiões da polpa que apresentavam injúrias (lesões internas). As análises foram realizadas com a polpa não injuriada, que foi homogeneizada para obtenção das amostras. Foram determinados: o teor de sólidos solúveis (SS) expresso em oBrix, o teor de acidez titulável (AT) expresso em % de ácido cítrico, o pH, a relação SS/AT e o teor de vitamina C (mg/100g de polpa). No experimento realizado durante a safra 2012/2013, após o amadurecimento, foram avaliados a % de frutos com lesões externas (descarte) e a % de frutos com lesões internas. Nas duas safras, a perda de massa fresca dos frutos não diferiu significativamente entre controle e os tratamentos. Verificou-se um aumento expressivo no descarte de frutos a partir de 3 m de altura de queda e de frutos com lesões internas a partir de 1 m de altura de queda. No experimento realizado durante a safra 2011/2012 não foram encontradas diferenças significativas entre o controle e as alturas de queda para o teor de SS, já no experimento da safra 2012/2013, houve diferença entre os tratamentos, sendo que os frutos do controle apresentaram maior teor de SS. Em relação à AT, no experimento realizado durante a safra 2011/2012, não foram encontradas diferenças significativas entre o controle e os tratamentos. Na safra seguinte, apenas os frutos submetidos à altura de queda de 3 metros diferiram do controle. O teor de vitamina C avaliado na safra 2012/2013 diferiu significativamente, sendo verificada uma redução de 27,78% quando os frutos caíram de uma altura de 5m. Conclui-se que injúrias mecânicas de impacto além de provocarem aumento expressivo no descarte de frutos, causam sérios danos internos aos frutos, que resultam na obtenção de uma polpa de qualidade inferior, uma vez que muitos frutos sem danos externos aparentes, mas com qualidade interna inferior, acabam sendo processados.
The aim of this study was to evaluate the quality of mango Ubá subjected to mechanical injury impact. Two experiments were conducted for two consecutive years, 2011/2012 and 2012/2013. The fruits used were carefully harvested from a single plant, after harvest, the fruits were immediately transported to the Laboratory Quality Management and Post - Harvest Fruit of Fruit Sector of UFV. Before application of the impact, the fruits had their initial fresh weight measured on an electronic scale, and using a sample was determined by the quality (fresh weight, soluble solids (SS), titratable acidity (TA), pH, SS/AT ratio and vitamin C) of the fruit at harvest. The fruits were dropped in free fall, once, on a flat and rigid. Thus the treatments were: 1, 2, 3, 4 and 5 meter drop height, more control, totaling six treatments. Each plot consisted of 8 fruits, performing 5 replications. Was applied Dunnett's test at 5% probability. After application of the impact, the fruits were placed in ripening chambers and randomly arranged in randomized blocks in a room temperature (25 ± 2 °C), where they remained until the fullness ripening. After removal of fruit ripening chamber, a new weighing was performed in order to determine the weight loss. The fruits of each treatment were manually peeled, sliced, and the pulp discarded regions presenting injuries (internal injuries). The analyzes were performed with the uninjured pulp, which was homogenized to obtain the samples. Were determined: soluble solids (SS) expressed in °Brix, the titratable acidity (TA) expressed as % citric acid, pH, SS/TA ratio and vitamin C content (mg/100g pulp). In the experiment conducted during the 2012/2013 harvest after maturation were evaluated % of fruit with external lesions (discard) and the % of fruit with internal injuries. In two seasons, the weight loss of the fruit did not differ significantly between control and treatments. There was a significant increase in the discard of fruit from 3 m drop height and fruit with internal injuries from 1 m drop height. In the experiment conducted during the 2011/2012 season were not significant differences between the control and the drop heights for the content of SS, as in the experiment of the 2012/2013 harvest, there were differences between treatments, and control fruits showed higher content of SS. As for TA, the experiment conducted during the 2011/2012 season, no significant differences were found between control and treatments. The next harvest, only the fruits submitted to fall height of 3 meters differed from control. The content of vitamin C measured in 2012/2013 harvest differed significantly being observed a reduction of 27.78% when the fruit fell from a height of 5m. We conclude that mechanical injury impact well as causing significant increase in the discard of fruit, because serious internal damage to the fruits that result in getting a lower quality pulp, since many fruit without apparent external damage, but with internal quality lower end being processed.
Palavras-chave: Mangifera indica l.
Sólidos solúveis
Vitamina c
Mangifera indica l.
Soluble solids
Vitamin c
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: PACHECO, Anália Lúcia Vieira. Quality of mango Ubá subjected to mechanical injury of impact. 2013. 67 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4618
Data do documento: 26-Jul-2013
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf643,97 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.