Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4622
Tipo: Dissertação
Título: Cultivo de variedades de crisântemo de corte sob diferentes períodos de dias longos
Título(s) alternativo(s): Cultivation of cut chrysanthemum varieties under different periods of long days
Autor(es): Zandonadi, Alessandra Sinaidi
Primeiro Orientador: Barbosa, José Geraldo
Primeiro coorientador: Grossi, José Antônio Saraiva
Segundo coorientador: Finger, Fernando Luiz
Primeiro avaliador: Pinto, Cleide Maria Ferreira
Abstract: O crisântemo é uma das espécies mais comercializadas para corte de flor e a mais cultivada em vaso. A planta é sensível ao comprimento do dia para indução ao florescimento, sendo classificada como planta de dia curto o que possibilita o controle do florescimento, e, consequentemente, a programação da produção, em função do mercado. No cultivo para corte de flor, utilizam-se dias longos para induzir o crescimento vegetativo de forma que a planta atinja as características necessárias para a comercialização, particularmente altura e massa fresca das hastes. Desse modo, este trabalho teve como objetivo avaliar a produção e qualidade de hastes florais de variedades de crisântemos de corte, cultivados em casa de vegetação, sob diferentes períodos de dias longos. Foi utilizado o delineamento de blocos casualizados com parcelas subdivididas, em que as parcelas foram constituídas dos períodos de dias longos (21, 28, 35, 42 e 49 dias) e as subparcelas das variedades (Calabria, Dragon, Sheena, Apricot Repin e Rebasco), com 3 repetições e 5 plantas/unidade experimental. Houve diferença significativa entre os períodos de dias longos para todas as características, exceto para número de entrenós desenvolvidos durante dia curto. Também houve diferença significativa entre as variedades e a interação variedades x períodos para a maioria das características. Os períodos de dias longos influenciaram todas as características, demonstrando que a metodologia utilizada no experimento proporcionou os efeitos desejados no crescimento e desenvolvimento das hastes. Os períodos de dias longos causaram diferentes respostas nas variedades. Observou-se que a produção de hastes de melhor qualidade ocorreu nas variedades Dragon, Calabria, Apricot Repin e Sheena quando submetidas a 21, 28, 35 e 49 dias longos, respectivamente. A variedade Rebasco não atingiu o padrão de qualidade exigido pelo mercado em nenhum dos períodos. A variedade Dragon, conduzida com 21 dias longos, reduziu seu ciclo de produção em 25 dias, mantendo a qualidade das hastes.
Chrysanthemum is the most commercialized specie of cut flower and as potted plants. The plant is sensitive to the day length for flowering induction, and classified as a short-day plant. This enables the flowering control, and consequently the schedule of the production time. The cut flowers crop production is based on long-day length to induce vegetative development to obtain necessary characteristics for commercialization. The plant height and fresh mass are very influenced by the long-day length and variety. Thus, the aim of this study was to evaluate the production and quality of the chrysanthemum cut flower, cultivated in greenhouse conditions with different long-day number. The experimental design was randomized completed blocks, with split-splot arrangement. The plots were the long-day period (21, 28, 35, 42 and 49 days) and the sub-plot were the varieties (Calabria, Dragon, Sheena, Apricot Repin and Rebasco), with three replicates and five plants by experimental unit. Significant difference was observed among the long-days periods for all traits, except for the number of internodes in short-day. For the most traits was observed significant different among varieties, and for the interaction varieties x periods. The long-day periods influence all the traits, it shows that the methodology was adequate and provided the desired effects of this plants development. The long-day effects caused differences responses among the varieties. The stem with better quality was observed in Dragon at 21 long-days, Calabria at 28, Apricot Repin at 35 and Sheena at 49 long-days. The variety Rebasco did not achieve the commercial quality standard in neither of periods. The variety Dragon when produced with 21 long-days reduced the production cicle in 25 days, keeping the stem quality.
Palavras-chave: Dendranthema grandiflora Tzvelev
Floricultura
Fotoperíodo
Produção
Dendranthema grandiflora Tzvelev
Floriculture
Photoperiod
Production
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: ZANDONADI, Alessandra Sinaidi. Cultivation of cut chrysanthemum varieties under different periods of long days. 2013. 50 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4622
Data do documento: 11-Out-2013
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf956,15 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.