Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4638
Tipo: Dissertação
Título: Tolerância ao frio dos frutos de diferentes cultivares de bananeiras
Título(s) alternativo(s): Cold tolerance of fruits of different cultivars of banana
Autor(es): Oliveira, João Alison Alves
Primeiro Orientador: Salomão, Luiz Carlos Chamhum
Primeiro coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Segundo coorientador: Siqueira, Dalmo Lopes de
Primeiro avaliador: Pimentel, Leonardo Duarte
Segundo avaliador: Silva, Danielle Fabíola Pereira da
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a tolerância dos frutos de diferentes cultivares de bananeira a baixa temperatura de armazenamento. Foram utilizados frutos dos cultivares Nanicão (AAA), Prata (AAB), Vitória (AAAB), Maçã (AAB) e Caipira (AAA). Utilizaram-se buquês com três frutos, mantidos em câmara fria por 7, 14 e 21 dias, com temperatura média de 10,53  0,37 °C e umidade relativa do ar de 85%. Posteriormente, os buquês foram transferidos para a temperatura de 22  0,39 °C, para completar o amadurecimento. O experimento foi em esquema de parcelas subdivididas, tendo-se nas parcelas cinco cultivares e nas subparcelas os dias de avaliação, no delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições e um buquê de três frutos por unidade amostral. Os dados foram analisados por meio de análises de variância e regressão. O teste de Dunnett foi utilizado para comparar os dados da testemunha (início do armazenamento) com os dos dias do fim do armazenamento, a 5% de probabilidade. Cada período de armazenamento foi analisado separadamente. Os frutos dos cultivares estudados permaneceram verdes após 21 dias de armazenamento à 10,53  0,37 °C. Frutos do cultivar Nanicão não completaram o amadurecimento após serem transferidos para a temperatura de 22 °C, quando armazenados por 7 dias à baixa temperatura, apresentando frutos mais firmes, com casca verde, baixos teores de sólidos solúveis e acidez titulável. Após 21 dias de armazenamento refrigerado, os frutos de todos os cultivares completaram o amadurecimento, depois de transferidos para temperatura ambiente. Os danos por frio aumentaram com o avanço do tempo de armazenamento refrigerado, para todos os cultivares. Nanicão , Caipira e Maçã apresentaram sintomas mais evidentes de dano por frio. As bananas Prata e Vitória mostraram-se mais tolerantes ao armazenamento refrigerado na temperatura de 10,53 °C por até 21 dias, exibindo amadurecimento normal após a transferência para a temperatura de 22 °C.
The objective of this study was to evaluate the tolerance of fruits of different banana cultivars to low temperature storage. Fruits of the cultivars Nanicão (AAA), Prata (AAB), Vitória (AAAB), Maçã (AAB) and Caipira (AAA) were used. Hands were subdivided into clusters of three fruits, which were kept in cold storage for 7, 14 and 21 days, with an average temperature of 10.53  0.37 °C and relative humidity of 85%. Subsequently, the clusters were transferred to the temperature of 22  0.39 °C, to complete the ripening. The experiment was in a split plot design, having five cultivars in the plots and evaluation days in the subplots, in a completely randomized design with four replications and one cluster per experimental unit. Data were analyzed by variance analyses and regression. The Dunnett test at 5% probability was used to compare data from control (start of storage) with those of the end of storage. Each storage period was analyzed separately. The fruits of all cultivars remained green after 21 days of storage at 10.53 C  0.37 °C. Fruits of the cultivar Nanicão did not complete the ripening after they were transferred to 22 °C, when stored for 7 days at low temperature. These fruits were firmer, with green skin, low soluble solids and low titratable acidity. After 21 days of cold storage, the fruits of all cultivars completed ripening, when transferred to room temperature. The chilling injury increased with the advance of the cold storage for all cultivars. Fruits of Nanicão , Caipira and Maçã had more obvious symptoms of chilling injury. Fruits of Prata and Vitória were more tolerant to cold storage at a temperature of 10.53 °C for up to 21 days, showing normal ripening after transfer to 22 °C.
Palavras-chave: Banana - Variedades
Bananas - Efeito da baixa temperatura
Banana - Armazenamento
Banana - Variety
Bananas - Effect of low temperature
Banana - Storage
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: OLIVEIRA, João Alison Alves. Cold tolerance of fruits of different cultivars of banana. 2014. 61 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4638
Data do documento: 25-Jul-2014
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.