Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4662
Tipo: Dissertação
Título: Diversidade genética e subcoleção representativa dos acessos de tomateiro do Banco de Germoplasma de Hortaliças da Universidade Federal de Viçosa
Título(s) alternativo(s): Genetic diversity and representative core collection of the tomato accesses of the Vegetable Germoplasm Bank at the Universidade Federal de Viçosa
Autor(es): Marim, Bruno Garcia
Primeiro Orientador: Silva, Derly José Henriques da
Primeiro coorientador: Miranda, Glauco Vieira
Segundo coorientador: Carneiro, Pedro Crescêncio Souza
Primeiro avaliador: Marques, Maria José Batarda da Silva Granate Sá e Melo
Segundo avaliador: Souza, Moacil Alves de
Abstract: Os objetivos deste trabalho foram avaliar a diversidade genética e elaborar uma subcoleção representativa dos acessos de tomateiro do Banco de Germoplasma de Hortaliças da UFV. Avaliaram-se 70 acessos de tomateiro do BGH-UFV divididos em três experimentos montados em blocos ao acaso com três repetições. Utilizaram-se as cultivares Santa Clara e Débora Plus, como testemunhas, nos três experimentos. Os dados foram analisados em conjunto considerando grupos de experimentos. Antes de todas as análises estatísticas as médias dos acessos foram corrigidas de acordo com o efeito ambiental de cada experimento. Para avaliar a diversidade genética entre os acessos realizaram-se análises uni e multivariadas. As análises univariadas foram: contraste entre as médias dos acessos e testemunhas e coeficiente de coincidência entre os dados originais e os dados corrigidos. As análises multivariadas foram: agrupamento de Tocher e importância relativa das características. Verificaram-se diferenças significativas entre as médias dos acessos e das testemunhas para as características comprimento da folha, comprimento do entrenó, comprimento do fruto, largura do fruto, espessura do endocarpo, largura do eixo central, número de lóculos, número de frutos bons, peso de frutos bons, peso médio dos frutos, número total de frutos, peso total de frutos, índice de precocidade, sólidos solúveis totais e qualidade organoléptica. As características com os menores coeficientes de coincidência foram: comprimento do entrenó, peso de frutos bons e peso de total de frutos, demonstrando que estas características são muito influenciadas pelo ambiente. Pela análise de agrupamento de Tocher, os acessos foram separados em 10 grupos, sendo que, juntamente com as testemunhas ficaram alocados 28 acessos, o que significa similaridade entre estes. Por outro lado os acessos 981, 997, 989, 978 e 1214 foram divergentes as testemunhas e tiveram médias superiores para peso médio dos frutos, peso total dos frutos e sólidos solúveis totais. Para definição da subcoleção que melhor representou os acessos de tomateiro do BGH-UFV realizaram-se os cálculos do índice de retenção de variabilidade. Foram desenvolvidas 12 subcoleções, sendo derivadas da combinação entre as estratégias de amostragem, de intensidade de amostragem e de definição do número de acessos amostrados por extrato. As estratégias de amostragem utilizadas foram aleatória e multivariada. As intensidades avaliadas foram 15, 20 e 30% e as estratégias de definição do número de acessos amostrados por extrato foram proporcional e logarítmica. A subcoleção escolhida foi a ML-30, ou seja, amostragem baseada em análises multivariadas, número de acessos definido pela estratégia logarítmica e intensidade de amostragem de 30%. Com esta subcoleção foi possível a redução do número de acessos de tomateiro a serem mantidos pelo BGH-UFV em 70%, ou seja, com apenas 21 acessos, dos 70 avaliados, foi possível representar aproximadamente 90% da variabilidade existente.
The objectives of this work went to evaluate the genetic diversity and to elaborate a representative core col of the tomato accesses of the Vegetable Germoplasm Bank at the UFV. Were evaluated 70 accesses of tomato at the BGH-UFV divided in three experiments mounted in blocks and three repetitions. They were used you cultivate them Santa Clara and Débora Plus, as witness, in the three experiments. The data were analyzed considering groups of experiments. Before all the statistical analyses the averages of the accesses were corrected in agreement with the environmental effect of each experiment. To evaluate the genetic diversity among the accesses they took place analyses univariate and multivariate. The analyses univariate were: contrast between the averages of the accesses and witness and coincidence coefficient between the original data and the corrected data. The multivariate analyses were: grouping of Tocher and relative importance of the characteristics. Significant differences were verified among the averages of the accesses and of the witness for the characteristics length of the leaf, length of the stem, length of the fruit, width of the fruit, thickness of the endocarp, width of the central axis, lóculos number, number of good fruits, weight of good fruits, I weigh medium of the fruits, total number of fruits, total weight of fruits, precocity index, total soluble solids and quality of fruit. The characteristics with the smallest coincidence coefficients were: length of the stem, weight of good fruits and weigh of total of fruits, demonstrating that these characteristics are very influenced by the environment. For the analysis of grouping of Tocher, the accesses were separate in 10 groups, and, together with the witness, 28 accesses were allocated, what means similarity among these. On the other hand the accesses 981, 997, 989, 978 and 1214 were divergence the witness and they had superior averages for medium weight of the fruits, total weight of the fruits and total soluble solids. For definition of the representative core collection that best represented the tomato accesses of BGH-UFV they took place the calculations of the index of variability retention. Twelve representative core collection were developed, being derived of the combination among the sampling strategies, of sampling intensity and of definition of the number of accesses sampling for extract. The sampling strategies used they were aleatory and multivariate. The appraised intensities were 15, 20 and 30% and the strategies of definition of the number of accesses smapling for extract they were proportional and logarithmic. The chosen representative core collection was ML-30, in other words, sampling based on multivariate analyses, number of accesses defined for the logarithmic strategy and intensity of sampling of 30%. With this representative core collection it was possible the reduction of the number of tomato accesses they be maintained by BGH- UFV in 70%, in other words, with only 21 accesses, of the appraised 70, it was possible to represent approximately 90% of the existent variability.
Palavras-chave: Lycopersicon esculentum
Recursos genéticos
Pré-melhoramento
Lycopersicon esculentum
Genetic resources
Breeding
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::MELHORAMENTO VEGETAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me
Programa: Mestrado em Genética e Melhoramento
Citação: MARIM, Bruno Garcia. Genetic diversity and representative core collection of the tomato accesses of the Vegetable Germoplasm Bank at the Universidade Federal de Viçosa. 2006. 65 f. Dissertação (Mestrado em Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4662
Data do documento: 13-Fev-2006
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf180,18 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.