Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4752
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização morfoagronômica de acessos do banco ativo de germoplasma de feijão da UFV
Título(s) alternativo(s): Morphoagronomic characterization of accesses of the bean germplasm active bank of the UFV
Autor(es): Celin, Elaine Facco
Primeiro Orientador: Carneiro, José Eustáquio de Souza
Primeiro coorientador: Carneiro, Pedro Crescêncio Souza
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Lima, Marilene Santos de
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo principal caracterizar a variabilidade genética de 378 acessos de feijão (Phaseolus vulgaris L.) do Banco Ativo de Germoplasma de Feijão da Universidade Federal de Viçosa (BAGF-UFV) por meio de descritores morfoagronômicos. Os 378 acessos foram avaliados em quatro etapas (experimentos) em Coimbra-MG, sendo: 97 acessos na safra da seca de 2007; 99 acessos na safra de inverno de 2007; 97 acessos na safra de inverno de 2008 e 100 acessos na safra de inverno de 2009. Como testemunhas comuns a todos os experimentos, foram utilizadas as cultivares Ouro Negro e BRS Supremo (grãos pretos), Pérola e BRSMG Majestoso (grãos tipo carioca) e Ouro Vermelho (grãos vermelhos). Os experimentos foram conduzidos em blocos ao acaso, com três repetições e parcelas constituídas por duas linhas de dois metros, espaçadas de 0,5 m. Foram utilizados na avaliação 21 descritores morfoagronômicos, sendo 18 qualitativos e três quantitativos. Os dados foram submetidos à análise de divergência genética, empregando-se a análise multivariada, por intermédio do método de agrupamento de Tocher e de componentes principais. Detectou-se variabilidade genética no germoplasma de feijão da UFV para todas as características. Muitos acessos apresentam-se como potenciais fontes de fenótipos de interesse no melhoramento do feijoeiro. A análise de diversidade genética possibilitou reunir os acessos em 25 grupos de similaridade sendo essa similaridade relacionada à classificação segundo o grupo comercial e o pool gênico. A variável de menor contribuição na discriminação dos acessos foi a forma do ápice da vagem.
The objective of this work was to characterize the genetic variability of 378 accesses of the bean (Phaseolus vulgaris L.) of the Bean Germplasm Active Bank of the Universidade Federal de Viçosa (UFV) by means of morphoagronomic descriptors. The 378 accesses were evaluated in four stages (experiments) in Coimbra-MG: 97 accesses during the 2007 dry crop; 99 accesses during the 2007 winter crop; 97 accesses during the 2008 winter crop and 100 accesses during the 2009 winter crop. The Ouro Negro and BRS Supremo (black grains), Pérola and BRSMG Majestoso (carioca-type grains) and Ouro Vermelho (red grains) were used as checks common to all the experiments. The experiments were arranged in a randomized block design, with three repetitions and plots constituted by two 2 m long lines, 0.5 m spaced. Twenty-one morphoagronomic descriptors, 18 qualitative and three quantitative, were used in the evaluation. The data were submitted to genetic divergence analysis, with multivariate analysis being employed by the grouping method of Tocher and principal components. Genetic variability was detected in the UFV bean germplasm for all the traits. Many accesses were found to be potential sources of phenotypes of interest for common bean breeding. Genetic diversity analysis allowed the classification of the accesses in 25 groups of similarity, according to the commercial group and gene pool. The variable that contributed the least for access discrimination was the form of the pod apex.
Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L.
Germoplasma
Diversidade genética
Phaseolus vulgaris L.
Germplasm
Genetic diversity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::MELHORAMENTO VEGETAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me
Programa: Mestrado em Genética e Melhoramento
Citação: CELIN, Elaine Facco. Morphoagronomic characterization of accesses of the bean germplasm active bank of the UFV. 2011. 56 f. Dissertação (Mestrado em Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4752
Data do documento: 21-Jul-2011
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.