Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/483
Tipo: Tese
Título: Detoxicação e análise da qualidade proteica do farelo do pinhão-manso (Jatropha curcas L.)
Título(s) alternativo(s): Detoxification and analysis of protein quality from physic nuts meal (jatropha curcas L)
Autor(es): Lopes, Micheline Luiza de Souza
Primeiro Orientador: Silva, Marco Túlio Coelho
Primeiro coorientador: Chaves, José Benício Paes
Segundo coorientador: Peluzio, Maria do Carmo Gouveia
Primeiro avaliador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Segundo avaliador: Barbieri, Roberto Santos
Abstract: Jatropa curcas L. também conhecida como pinhão-manso é uma planta cujas sementes possuem óleo com potencial para emprego na produção de biocombustível. Estudos realizados demonstraram que as unidades de extração de óleo não são economicamente viáveis, se não houver o aproveitamento do resíduo da extração (torta ou farelo). Em razão da presença de componentes tóxicos, como os ésteres de forbol e curcina nos farelos de pinhão-manso, e da falta de tecnologias viáveis para sua eliminação, estes farelos não são utilizados na alimentação animal. Assim, têm sido usados exclusivamente como fertilizantes, o que reduz a competitividade da cadeia produtiva das culturas de pinhão-manso em relação a outras oleaginosas. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a detoxicação e a qualidade proteica de torta e de cotilédones de pinhão-manso desengordurados com hexano ou etanol, através da inclusão em dieta para ratos. Observou-se que o uso de etanol para desengordurar as tortas e cotilédones das amostras de pinhão-manso diminuiu a concentração de substâncias tóxicas para valores aceitáveis para os animais (éster de forbol < 0,2 mg.g-1 de amostra). O tratamento térmico, autoclavagem do material úmido, provavelmente inativou a maioria dos fatores antinutricionais, pois as dietas tratadas desse modo tiveram digestibilidade da ordem de 97%, semelhantes à da dieta padrão de caseína. Entretanto, digestibilidade corrigida pelo escore químico caiu para valores da ordem de 35% devido à baixa concentração de alguns aminoácidos essenciais como fenilalanina e tirosina, metionina e cistina e lisina. Desse modo os valores de PER e NPR das dietas preparadas com tortas e cotilédones de pinhão- manso foram muito baixos, indicando, no mínimo, a necessidade de suplementação desses aminoácidos em rações preparadas com derivados do pinhão-manso.
Jatropa curcas L. also known as physic nuts is a plant whose seeds have an oil with potential use in the biofuel production. Studies performed show that the extraction units are not economically viable unless the extraction residues (cakes and meal) are used. Due to the presence of toxic components like phorbol esters and curcin in the meal of Jatropha curcas and the lack of viable technologies for their elimination, these kernel meals are not used in animal food, being used exclusively as fertilizers which reduces the competitivity of the Jatropha curcas cultivation compared to other oilseeds. The objective of this research was to evaluate the protein quality of the cakes and kernel of Jatropha curcas degreased with hexane or ethanol through the inclusion in rat diet. It has been observed that the use of ethanol to degrease the cakes and kernels has decreased the concentration of toxic substances to levels acceptable to the animals (phorbol esteres < 0,2 mg.g-1 of sample). The thermal treatment, autoclaving of moist material, has probably inactivated the majority of antinutritional factors, thus diets treated this way had digestibility of 97%, similar to the pattern diet of casein. However, the digestibility corrected by Chemical Score dropped to values of 35% due to the low concentration of some essential aminoacids like phenylalanine and tyrosine, methionine and cystine and lysine. This way the values of PER, NPR of the diets prepared with detoxicated cakes and kernels of Jatropha curcas were very low, indicating at least, the need for supplementation of these aminoacids in meals prepared with byproducts of Jatropha curcas.
Palavras-chave: Pinhão-manso
Detoxicação
Proteina
Jatropha
Detoxification
Protein
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: LOPES, Micheline Luiza de Souza. Detoxification and analysis of protein quality from physic nuts meal (jatropha curcas L). 2013. 75 f. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/483
Data do documento: 29-Ago-2013
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf577,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.