Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4833
Tipo: Dissertação
Título: Fabiano e Macabéa: a moldagem da terra dura do sertão
Título(s) alternativo(s): Fabiano e Macabéa: a moldagem da terra dura do sertão
Autor(es): Moreira, Raiane Cordeiro de Souza
Primeiro Orientador: Campos, Maria Cristina Pimentel
Primeiro coorientador: Assis, ângelo Adriano Faria de
Segundo coorientador: Roani, Gerson Luiz
Primeiro avaliador: Domingues, Thereza da Conceição Apparecida
Segundo avaliador: Silva, Nilson Adauto Guimarães da
Abstract: Este trabalho tem como objetivo realizar um estudo comparativo entre as obras Vidas Secas, de Graciliano Ramos e A Hora da Estrela, de Clarice Lispector, dando ênfase à trajetória existencial das personagens de Fabiano e de Macabéa, no que se refere à figura do indivíduo isolado, alienado, hermético, por decorrência de um ambiente pouco estimulante, seco, árido. Pensando na modernidade e em todos os aspectos que a envolve, seja de ordem econômica, social e política, torna-se imprescindível a análise do ser humano, identificando sua relação tanto com o meio social quanto com o natural. Busca-se investigar, através de uma visão bakhtiniana, sob o viés do dialogismo, como se revelaria esse indivíduo colocado contra o pano de fundo da multidão ou da metrópole anônima e impessoal. Seria ele sufocado por esse meio, engolido por ele? Seria um dos agentes modificadores, que tornaria a sociedade uma entidade em mutação contínua, globalizada, pluricultural? Ainda como possibilidade, questiona-se se o sertanejo, ao se transferir para a metrópole, na ânsia de perspectivas de melhoria de vida, seria um ser adaptado ou marginalizado ao novo ambiente social, tornando-se, talvez, mais um elemento de exclusão social. Na formação das novas identidades advindas do meio, poder-se-á constatar uma desconstrução do ser humano exposto a outro meio diferente daquele de origem. Na verdade, o que se percebe é que existem valores e representações do mundo que acabam por excluir as pessoas. Os excluídos não são simplesmente rejeitados fisicamente, geograficamente ou materialmente, não somente do mercado de trabalho e de suas trocas, mas de todas as riquezas espirituais, visto que seus valores não são reconhecidos, ou seja, há, também, uma exclusão cultural.
The objective of this research is do develop a comparative study between the literary works Vidas Secas, by Graciliano Ramos and A Hora da Estrela, by Clarice Lispector, emphasizing the existential path pursued by the characters Fabiano and Macabea, in relation to the figure of isolated, alienated and hermetic human beings, as a result of a dry, arid, and little stimulating environment. Taking into account modernity and the aspects that it involves, concerning the economic, social and political order, it is fundamental to analyze the human being related to the social and natural environment. This analysis attempts to investigate, under Bakhtin s perspective of dialogism, how this individual would reveal himself when set against the crowd or the anonymous and impersonal metropolis. Would he be overwhelmed by this environment or swallowed up by it? Would it be one of the modifying agents, which would make society an entity of an ever-changing, globalized and multicultural world? Still as a possibility, a question arises about the country man s condition, when moving into the big city, eager to improve his life style, would he be adapted to a new social environment or marginalized, becoming, perhaps, one more element of social exclusion. In the formation of new social identities, there may be a deconstruction of the human being exposed to another environment different from his origin. In fact, what we perceive is that there are values and representations of the world that end up by excluding some people. The excluded ones are not simply physically or geographically rejected, not only from the market and from its exchanges, but from all spiritual richness, since their values are not recognized and, as such, they also suffer from cultural exclusion.
Palavras-chave: Dialogismo
Silêncio
Busca existencial
Sociedade
Identidade
Dialogism
Silence
Existential quest
Society
Identity
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Estudos Linguisticos e Estudos Literários
Programa: Mestrado em Letras
Citação: MOREIRA, Raiane Cordeiro de Souza. Fabiano e Macabéa: a moldagem da terra dura do sertão. 2011. 100 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguisticos e Estudos Literários) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4833
Data do documento: 28-Fev-2011
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf546,27 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.