Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4835
Tipo: Dissertação
Título: A seção Ciência no Estado de Minas e na Folha de S. Paulo: um estudo comparativo sob a ótica da Análise do Discurso da Divulgação Científica e da Gramática do Design Visual
Título(s) alternativo(s): The Section Ciência in Estado de Minas and Folha de S. Paulo: a comparative study under the approaches of Scientific Divulgation Discourse Analysis and the Visual Design Grammar
Autor(es): Dias, Luciene da Silva
Primeiro Orientador: Paes, Cristiane Cataldi dos Santos
Primeiro coorientador: Gomes, Maria Carmen Aires
Segundo coorientador: Silva, Adriana da
Primeiro avaliador: Pimenta, Sônia Maria de Oliveira
Segundo avaliador: Rabelo, Ernane Correa
Abstract: Partimos do pressuposto de que o discurso de Divulgação Científica – entendido como o conjunto de informações midiáticas que são produzidas em situações comunicativas distintas das estabelecidas entre os cientistas e seus pares, sendo, pois, um texto reformulado por um jornalista, ou mesmo por um cientista, para um leitor não especializado no assunto que está sendo tratado – deve ser caracterizado como multimodal e, por isso, objetivamos estudá-lo considerando a conjugação entre os modos semióticos utilizados, sejam verbais ou não-verbais. Assim, questionamos: como o discurso sobre ciência é apropriado pelos jornais Estado de Minas e Folha de S. Paulo no espaço concreto e ideológico desses periódicos? O encontro do âmbito científico com a experiência social cotidiana obriga uma troca de registros e uma nova relação discursiva entre enunciado, enunciatário e enunciador. A partir dessas considerações, as perguntas de pesquisa que norteiam este estudo são: i) Que estratégias divulgativas são utilizadas no processo de recontextualização das informações publicadas na seção Ciência dos jornais Estado de Minas e Folha de S. Paulo?; ii) Que significados sociais são representados na estrutura da seção Ciência desses dois jornais de grande circulação nacional, considerando-se tanto os aspectos verbais como os não-verbais?; iii) De que forma as representações visuais veiculadas na seção Ciência dos jornais analisados podem contribuir para ampliar os significados das notícias divulgadas, seja reproduzindo, contestando ou transformando valores? Nossa análise em relação ao texto verbal, a partir do procedimento discursivo de expansão, procurou demonstrar como as estratégias divulgativas utilizadas para apresentar o conhecimento científico na mídia impressa contribuíram, ou não, para a efetiva compreensão do público leitor em relação ao assunto divulgado. A análise do aspecto não verbal realizada em nosso corpus de pesquisa revelou que a representação da ciência nesses textos está bastante voltada para uma tentativa de se concretizar a abstração com que as temáticas tratadas são vistas pelo leitor, por meio da utilização de infográficos e outras imagens que não apresentaram funções apenas ilustrativas. Assim, os jornais Estado de Minas e Folha de S. Paulo, dentro do recorte temporal selecionado para esta pesquisa, caracterizam-se como veículos de comunicação importantes para o estudo da divulgação científica na mídia impressa, revelando seu valor para a sociedade civil, bem como suas limitações que ainda impedem uma efetiva participação cidadã no que concerne às decisões tomadas em relação à divulgação do conhecimento científico no Brasil.
We assume that the Scientific Discourse Divulgation - understood as a set of media information produced in communicative situations, distinct from those established between the scientists and their peers, being, therefore a text reformulated by a journalist, or even a scientist, for a reader who is not an expert in the topic being addressed – should be characterized as multimodal and therefore, we aimed to study it considering the match between the semiotic modes used, whether verbal or non-verbal. So we ask: how is the discourse on science appropriated by the newspapers Estado de Minas and Folha de S. Paulo in the concrete and ideological space of these journals? The meeting of the scientific field in the daily social experience requires an exchange of records and a new discursive relationship between enunciation, enunciatee, and enunciating. From these considerations, the research questions guiding this study are: i) What communication strategies are used in the process of recontextualization of the information published in the section Ciência of Estado de Minas and Folha de S. Paulo? ii) What social meanings are represented in the section Ciência of these two newspapers of national circulation, considering both verbal and non-verbal aspects? iii) How visual representations disseminated in the section Ciência of the studied newspapers can contribute to enlarge the meanings of news stories, whether playing challenging or changing values? Our analysis in relation to the verbal text, from the discursive procedure of expansion, sought to demonstrate how the strategies used to present the scientific knowledge in the print media have contributed or not, to the effective comprehension of the reading audience in relation to the topic publicized. The analysis of the non-verbal aspect performed in our corpus of research revealed that the role of science in these texts is quite focused on an attempt to realize the abstraction that the issues addressed are seen by the reader, through the use of graphics and other images that showed no functions others than illustrative. This way, the newspapers Estado de Minas e Folha de S. Paulo, within a time window selected to this study, are characterized as important media to the study of scientific divulgation in the printed media, emphasizing their value to civil society as well as limitations that still impede effective citizen participation in relation to decisions regarding the dissemination of scientific knowledge in Brazil.
Palavras-chave: Divulgação científica
Mídia impressa
Análise do Discurso da Divulgação Científica
Gramática do Design Visual
Scientific divulgation
Print media
Scientific Divulgation Discourse Analysis
Visual Design Grammar
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Estudos Linguisticos e Estudos Literários
Programa: Mestrado em Letras
Citação: DIAS, Luciene da Silva. The Section Ciência in Estado de Minas and Folha de S. Paulo: a comparative study under the approaches of Scientific Divulgation Discourse Analysis and the Visual Design Grammar. 2011. 159 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguisticos e Estudos Literários) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4835
Data do documento: 3-Mar-2011
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,71 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.