Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4865
Tipo: Dissertação
Título: A leitura de uma reportagem de divulgação científica: a influência da multimodalidade e o uso de estratégias de leitura
Título(s) alternativo(s): A reading of a scientific divulgation report: the leverage of multimodality and the use of reading strategies
Autor(es): Barroso, Suellen Lopes
Primeiro Orientador: Silva, Adriana da
Primeiro avaliador: Assis, Juliana Alves
Segundo avaliador: Zolnier, Maria da Conceição Aparecida Pereira
Abstract: Esta pesquisa inscreve-se na área da Linguística Aplicada, mais especificamente no ensino de Língua Materna, e foi motivada pela necessidade de entendermos como lemos e que recursos são usados na leitura de textos compostos pela linguagem verbal e não verbal, os chamados textos multimodais, bem como pela necessidade de entender como a presença de elementos visuais, como os infográficos influenciam a leitura. Dessa forma, investigamos a leitura de uma reportagem de divulgação científica acompanhada por um infográfico, buscando observar como alunos universitários leem e compreendem gêneros compostos pela linguagem verbal e não verbal, como agem, que estratégias de leitura usam, bem como de que maneira a presença do infográfico influencia a leitura. A fim de alcançarmos nossos objetivos, dividimos os participantes em dois grupos, um grupo leu a reportagem na integra, acompanhada pelo infográfico (texto A) e o outro leu somente o texto verbal da reportagem, sem a presença do infográfico (texto B). Esses dois grupos foram submetidos a três métodos de coleta de dados: o protocolo verbal, o inventário de estratégias de leitura e o questionário de compreensão. O primeiro foi aplicado para observarmos as percepções de leitura, os procedimentos adotados e a algumas estratégias de leitura. Os inventários de leitura foram aplicados para observarmos quais estratégias foram usadas e os questionários de compreensão foram utilizados para avaliar a compreensão. Cada um desses métodos foi elaborado de acordo com o texto ao qual cada grupo de leitores teve acesso. Em nossas análises constatamos que a presença do infográfico, além de garantir maior flexibilidade nos caminhos de leitura escolhidos, contribui também para maior retenção de suas informações e melhor compreensão dos detalhes nele descritos, porém sua presença não foi capaz de ampliar a compreensão global do texto. Quanto à leitura dos gêneros multimodais verificamos que, apesar de ter características semelhantes à leitura de textos verbais, ela também possui particularidadesespecíficas da linguagem não verbal, que inclui a organização espacial, o uso de cores, tamanho, que precisam ser considerados na leitura, pois contribuem para a construção do sentido. Verificamos ainda que quase 60% dos leitores mostraram ter agido estrategicamente estabelecendo inferências, buscando correlações entre a linguagem verbal e não verbal, selecionando informações relevantes para a construção do significado de imagens e do infográfico como um todo e também de partes da reportagem. Porém, evidenciamos que boa parte dos leitores mostraram dificuldades na compreensão de informações visuais do infográfico e das possíveis relações expressas em sua organização visual. Quanto às estratégias de leitura, constamos que o uso de estratégias contribuiu para que os leitores do texto A, com o infográfico, e do texto B, sem infográfico, tivessem uma boa compreensão dos textos. O trabalho ainda revelou que o ensino de leitura precisa se profundar no uso de estratégias para a compreensão de diferentes textos, principalmente dos multimodais.
This research is in Applied Linguistic field of study, specifically in Mother TongueTeaching and it emerged from the need of understanding how we read and which resources are used on text reading and on textual genres composed by verbal and nonverbal language, also called multimodal texts and genres. It also comes from the need of understanding how thepresence of visual elements such as infographics influence the reading. In this way, we investigated the reading of a scientific report accompanied by an infographic, aiming to understanding how university students read and process the genres composed by verbal and nonverbal language, how they act, which reading strategies they make use and how the infographic influences the reading. In order to achieve our aims, we divided the participants in to two groups. One of them read a complet report accompanied by an infographic (text A) and the other one only read a verbal text from the report without that infographic (text B). Both of the groups were submitted to three methods of data collection: the verbal protocol, the list of reading strategies and the understanding questionnaire. The first method was applied to observe the reading perception, the procedures adopted and some reading strategies. The reading inventories were applied to observe the strategies used and the questionnaires were used to evaluate the understanding. Each method was elaborated according to the text that every group of readers had access. In our analyses, we found that, besides ensuring more flexibility on chosen ways of reading, the presence of infographic contributes to a superior retention of the information and a better comprehension of the details described on it. However, its presence was not able to improve the global comprehension of the text. In relation to the reading of multimodality genres, we found out that despite the similar characteristics to the reading of verbal texts, it also owns specific particularities of the nonverbal language which include the spatial organization, the use of colors and size. All of these needs to be considered on reading, because they contribute to the meaning making of the process. We also checked that almost 60% of the readers showed that they acted strategically, establishing inferences, seeking correlations between the verbal and the nonverbal language, selecting relevant information to make the images, the infographic and parts of the reports meaningful. However, we evidenced some readers showed difficulties to understand the infographic visual information and to express the possible relation in its visual organization. Concerning the reading strategies, we found out that the use of strategies contributed to the readers of text A, with info graphic, and of the text B, without info graphic, had a good comprehension. The study also revealed a necessity of the teaching of reading to focus on the comprehension of strategies, mainly the multimodal ones.
Palavras-chave: Leitura
Multimodalidade
Estratégias de leitura
Reading
Multimodality
Reading strategies
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Estudos Linguisticos e Estudos Literários
Programa: Mestrado em Letras
Citação: BARROSO, Suellen Lopes. A reading of a scientific divulgation report: the leverage of multimodality and the use of reading strategies. 2013. 228 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguisticos e Estudos Literários) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4865
Data do documento: 20-Mar-2013
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.