Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4890
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorFreitas, Amanda Lopes de
dc.date.accessioned2015-03-26T13:44:34Z-
dc.date.available2014-12-18
dc.date.available2015-03-26T13:44:34Z-
dc.date.issued2014-03-31
dc.identifier.citationFREITAS, Amanda Lopes de. Genre Morality: An analysis of Auto da Alma and Auto da Barca da Glória, by Gil Vicente. 2014. 126 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguisticos e Estudos Literários) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/4890-
dc.description.abstractEsta dissertação de mestrado tem como objetivo o estudo da moralidade em Gil Vicente, investigando as características estético-ideológicas do gênero e sua relação com a recepção da ideia de morte na Baixa Idade Média. Para tal fim, serão analisadas as moralidades Auto da Alma (1518) e Auto da Barca da Glória (1519), destacando as principais características de cada texto, como a alegoria, a ideologia religiosa e a recepção da ideia de morte presente em cada uma das obras. A moralidade foi possivelmente a maior realização do teatro de Gil Vicente. Apesar do limitado número de moralidades stricto sensu produzidas pelo autor, que as escrevia de modo bastante esporádico, pode-se afirmar que a beleza plástica dos textos, concebidos principalmente pelo uso da alegoria, elevou o gênero à categoria de obra-prima do teatro universal. A preocupação com a morte, que em nenhuma outra época foi tão valorizada como em fins da Idade Média, também serviu de mote para a construção do gênero dentro do teatro de Gil Vicente, partindo da premissa que a intenção didática da moralidade serviu como doutrina moral que ensinava a arte do bem morrer. Dentre os estudos que nos serviram de suporte teórico para a realização deste trabalho, destacam-se os de Saraiva (1965,1995,2000), Keates (1962), Reckert (1977), Teyssier (1982), Bernardes (2003,2006,2008) e Berardinelli (2012) no âmbito da crítica vicentina; com relação aos estudos sobre teatro, alegoria e moralidades estrangeiras, os principais autores em que nos embasamos são Craig (1950), Pineas (1962), Potter (1975), Hansen (1986), Naves (2001), Berthold (2008), Heliodora (2008), Saraiva e Bernardes; Sobre a representação da Morte na Baixa Idade Média utilizamos os estudos de Huizinga (1985) e Ariès (2003) em consonância com os de Martins (1969) , Infantes (1977) e Ugarte (2009).pt_BR
dc.description.abstractThis paper of a master degree aims at studying the morality in Gil Vicente, researching the esthetic- ideological characteristics of the genre and its relation with the reception of the idea of death during the Low Middle Age. In order to achieve that, it will be analyzed the moralities Auto da Alma (1518) and Auto da Barca da Glória (1519), pointing out the main characteristics of each text, such as the allegory, the religious ideology and the reception of the idea of death in each work. The morality genre was possibly the major realization of Gil Vicente s theater. Despite the limited number of moralities strictusensu produced by the author, who wrote them in a sporadic way, it can be affirmed that the plastic beauty of the texts, conceived mainly by the use of the allegory, raised the genre to the category of masterpiece of the universal theater. The concern with death, which in any other time was as valued as during the end of Middle Age, was also used as motto for the building of the genre inside Gil Vicente s theater, from the idea that the didactic intention of the morality served as moral doctrine which taught the art of well dying. Among the studies which served as theoretical support for the accomplishment of this work, it is emphasized Saraiva (1965, 1995, 2000), Keates (1962), Reckert (1977), Teyssier (1982), Bernardes (2003,2006,2008) and Berardinelli (2012) among the critics to Gil Vicente; in relation to theater, allegory and foreigner moralities studies, the main authors are Craig (1950), Potter (1975), Pineas (1962), Hansen (1986), Naves(2001), Berthold (2008), Heliodora (2008), Saraiva and Bernardes; on the representation of death during the Low Middle Age, we used the works by Huizinga (1985) andÀries (2003) according to the ones by Martins (1969) , Infantes (1977) e Ugarte (2009).eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectVicente, Gil (ca. 1465-1536)por
dc.subjectTeatro Portuguêspor
dc.subjectMoral e Religiosidade na literaturapor
dc.subjectMortepor
dc.subjectVicente Gil (ca. 1465-1536)eng
dc.subjectPortuguese theatereng
dc.subjectMoral and Religiosity in the literatureeng
dc.subjectDeatheng
dc.titleGênero Moralidade: Uma análise de Auto da Alma e Auto da Barca da Glória, de Gil Vicentepor
dc.title.alternativeGenre Morality: An analysis of Auto da Alma and Auto da Barca da Glória, by Gil Vicenteeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6830310718895399por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEstudos Linguisticos e Estudos Literáriospor
dc.publisher.programMestrado em Letraspor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRASpor
dc.contributor.advisor1Dudalski, Sirlei Santos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5589206381205301por
dc.contributor.referee1Roani, Gerson Luiz
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4615421443869964por
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.