Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4941
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação videoendoscópica e histológica da mucosa gástrica de cães da raça Poodle Toy e sem raça definida submetidos ao tratamento experimental com meloxicam
Título(s) alternativo(s): Videoendoscopic and histologic evaluationof the gastric mucosa of Toy Poodles breed and mongrels dogs submitted to experimental treatment with meloxicam
Autor(es): Behle, Luciane
Primeiro Orientador: Costa, Paulo Renato dos Santos
Primeiro coorientador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Segundo coorientador: Hage, Maria Cristina Ferrarini Nunes Soares
Primeiro avaliador: Viloria, Marlene Isabel Vargas
Segundo avaliador: Magalhães, Amélia Cristina Mendes de
Abstract: O presente trabalho teve por objetivo avaliar os achados macro e microscópicos na mucosa gástrica de cães da raça Poodle Toy e sem raça definida submetidos ao tratamento experimental com o antiinflamatório não-esteróide meloxicam, por via oral, por um período de 28 dias com a finalidade de avaliar o grau de segurança do fármaco. Foram selecionados doze animais clinicamente saudáveis com peso médio de 6,25Kg ± 1,03Kg, idade entre 1 e 6 anos, de ambos os sexos e castrados. Os cães foram separados em dois grupos, sendo o grupo 1 constituído por cinco cães da raça Poodle Toy e o grupo 2 por seis cães sem raça definida. A seguir, todos os cães receberam tratamento com omeprazol na dose de 1mg Kg-1a cada 24 hs durante 21 dias.Permaneceram 15 dias em período de adaptação e, na segunda fase do estudo, receberam uma cápsula com veículo inerte por via oral, uma vez ao dia, durante 28 dias como parte do tratamento controle. Finalmente, iniciou-se o tratamento com meloxicam, quando todos os animais receberam a medicação na dose de 0,2mg Kg-1 no primeiro dia, e 0,1 mg Kg-1 a cada 24 hs durante os 27 dias seguintes. Os parâmetros hematológicos e bioquímicos séricos foram avaliados no primeiro dia do tratamento controle (T38) e no último dia do tratamento com meloxicam (T105). Tanto no início quanto no final do estudo, todos os valores laboratoriais permaneceram dentro dos parâmetros normais. Endoscopias foram realizadas no primeiro dia do tratamento controle (T38), no primeiro dia do tratamento com meloxicam (T77), no décimo sexto (T93) e no vigésimo oitavo dia (T105) após o início do tratamento com o meloxicam. As biópsias da mucosa gástrica para avaliação histopatológica foram colhidas na primeira (T38) e na última endoscopia (T105). Em relação à incidência e gravidade das lesões macroscópicas, observou-se predominantemente lesões de grau discreto na mucosa gástrica dos cães do grupo 1, e lesões de grau moderado na mucosa gástrica de cães do grupo 2 ao final do tratamento com meloxicam. As lesões microscópicas da mucosa gástrica foram de grau discreto em ambos os grupos ao início e final do estudo. Considerando os resultados obtidos no presente trabalho, conclui-se que o meloxicam é um AINE com alto índice terapêutico para cães da raça Poodle Toy e cães sem raça definida e observou-se diferenças significativas entre os cães da raça Poodle Toy e sem raça definida, quando a mucosa gástrica dos cães sem raça definida apresentou-se mais sensível a lesões durante o tratamento com meloxicam do que os cães Poodle Toy e que os cães sem raça definida demonstraram-se mais estressados do que os Poodle Toys quando submetidos ao confinamento e a manipulação diária neste estudo.
The aim of this study was to evaluate during twenty eight days the macro and microscopic lesions in the gastric mucosa of poodle toys and mongrels dogs submitted to experimental treatment with meloxicam once a day with the purpose to evaluate the therapeutic level of meloxicam for these dogs. It has been selected eleven dogs clinically and laboratorial healthy, weight by 6,25 ± 1,03 Kg, age between one to six years old, males and females and castrated. The dogs were gotten into two groups according to the breed. The group 1 with five poodle toys and the group 2 with six mongrels. The dogs received a commercial dog food twice a day and water ad libitum . They had a previously treatment of their gastric mucosa with omeprazol in a dose of 1 mg Kg-1 once a day for twenty one days. Then, they were in an adaptation period for fifteen days. After that, all them were submitted to a control treatment when they received placebo once a day for twenty eight days. Finally, there was magistrate meloxicam to dogs in the experimental treatment in a single dose of 0,2 mg Kg-1 in the first day and 0,1 mg Kg-1 for the rest of twenty seven days. The hematologic and biochemistry blood parameters were evaluated in the first day of control treatment (T38) and in the last of experimental with meloxicam (T105) and all the parameters were normal. There were realized endoscopic exams in the first day of control treatment (T38), in the first day of meloxicam treatment (T77), in the sixteenth day of meloxicam treatment (T93) and in the last day of meloxicam treatment (T105). About the number and the severity of the macroscopic lesions in the gastric mucosa, it was observed predominantly discreet lesions in dogs from group 1 and moderate lesions in dogs from group 2 at the end of the study. The microscopic lesions were discreet in all dogs from both groups at the end of the study. It has been concluded that meloxicam is an NSAID with high therapeutic level for poodle toys and mongrels and that mongrels demonstrated more stress when submitted to confinement and daily handle that in poodle toys in this study.
Palavras-chave: Poodle Toy
Meloxicam
Endoscopia
Gastropatia
Toy Poodle
Meloxicam
Endoscopy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: BEHLE, Luciane. Videoendoscopic and histologic evaluationof the gastric mucosa of Toy Poodles breed and mongrels dogs submitted to experimental treatment with meloxicam. 2008. 109 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4941
Data do documento: 27-Fev-2008
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,67 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.