Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4981
Tipo: Dissertação
Título: Incidência e fatores de risco associados à infecção do sítio cirúrgico na clínica de cães e gatos do hospital veterinário da Universidade Federal de Viçosa
Título(s) alternativo(s): Incidence and risk factors associated to surgical site infection in the Dog and Cat Clinic at the Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa
Autor(es): Braga, Daniel Pontes
Primeiro Orientador: Borges, Andrea Pacheco Batista
Primeiro coorientador: Bevilacqua, Paula Dias
Segundo coorientador: Viana, José Antonio
Primeiro avaliador: Carlo, Ricardo Junqueira Del
Segundo avaliador: Salimena, Anna Maria de Oliveira
Abstract: O objetivo deste estudo foi verificar a incidência de infecção do sítio cirúrgico na Clinica Cirúrgica de Cães e Gatos do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa e a associação da ocorrência de infecção aos fatores de riscos já descritos. Objetivou-se ainda despertar o interesse para o problema, considerando que as infecções hospitalares muitas vezes passam despercebidas ou não são devidamente registradas, e consequentemente, propor medidas para sua prevenção e seu controle. Foi realizado um estudo de coorte concorrente prospectivo. O método de vigilância epidemiológica empregado foi baseado na busca ativa de “pistas” que indicassem a ocorrência de ISC.Todos os pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos, no esquema de ambulatório dia no período proposto foram analisados através de seus prontuários clínicos, fichas cirúrgicas e anestésicas, além de colheita de informações com veterinários, cuidadores e proprietários. Foram analisados 307 pacientes (356 procedimentos) cirúrgicos, no período de 11 de maio a 11 de novembro de 2007. Os possíveis casos foram avaliados pelo pesquisador e veterinários observadores sendo identificados 34 casos de ISC entre os pacientes submetidos à cirurgia no período proposto. A análise dos dados e documentação hospitalar propiciou um levantamento preciso de todos os procedimentos realizados no período e também foi verificada a dinâmica de preenchimento da documentação hospitalar. Verificou-se a inexistência de uma padronização dos registros realizados nos prontuários e da antibioticoprofilaxia cirúrgica prescrita. Encontrou-se uma incidência global de ISC de 9,5% sendo compatível com as taxas descritas na literatura consultada e uma incidência de 10,4 % em cirurgias limpas e 7,4% em potencialmente contaminadas, sendo estes índices maiores que os observados na literatura estudada. Não foi verificado a associação entre ISC, tempo de duração da cirurgia, cirurgias ortopédicas e não ortopédicas com ou sem utilização de próteses. Entretanto, registrou-se a associação entre o registro de interferência do paciente na ferida cirúrgica e a ocorrência de ISC. Verificou-se como possíveis fatores de risco para ISC: a falta de um processo de vigilância das infecções hospitalares, emprego não padronizado de antibioticoprofilaxia, falta de normas e rotinas referentes à prevenção e controle das infecções hospitalares, falta de treinamento e orientação adequada dos profissionais e falta do cumprimento da legislação vigente. Portanto, baseado nos dados apurados e observações realizadas durante o estudo, verificou-se a necessidade de providências no controle e prevenção das ISC.
The objective of this study was to verify the incidence of infection in the surgical site at the Dog and Cat Surgery Clinic at the Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa (UFV) and the association of occurrence of infection with the risk factors previously described. Another aim was to attract interest to this issue, since hospital infections very often remain unnoticed or are not duly recorded, to propose measures for their prevention and control. A concurrent prospective cohort study was carried out. The epidemiological surveillance method applied was based on the active search of “clues” indicating the occurrence of ICS. All the patients submitted to surgical procedures under the day clinic scheme during the period proposed were analyzed through their clinical, surgical and anesthesic records, as well as through the collection of information from veterinarians, animal caretakers and owners. A total of 307 patients (356 surgical procedures) were analyzed from May 11 to November 11, 2007. Possible cases were evaluated by the researcher and observing veterinarians, with 34 ICS cases being identified among the patients submitted to surgery during the period proposed. Data analysis and hospital documentation provided a precise assessment of all the procedures carried out during the period and the dynamics of filling the hospital forms was also verified. The absence of a standardization of the records and prescribed surgical antibiotic prophylaxy was verified. A global ICS incidence of 9.5% was found, compatible with the rates described in the literature consulted and an incidence of 10.4 % in clean surgeries and 7.4% in potentially contaminated ones, with these indices being higher than those observed in the literature studied. No association among ICS, surgery duration time, orthopedic and non-orthopedic surgeries, with or without use of protheses. However, association between record of patient’s interference in the surgical wound and ISC occurrence were recorded. The following likely risk factors for ISC were verified: lack of a hospital infection surveillance process, non-standardized use of antibiotic prophylaxy, lack of norms and routine concerning the prevention and control of hospital infections, lack of adequate professional training and guidance, and non compliance to current legislation. Thus, based on the data investigated and observations conducted in this study, the need for actions was verified.
Palavras-chave: Infecção
Sítio cirúrgico
Pequenos animais
Infection
Surgical site
Small animals
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: BRAGA, Daniel Pontes. Incidence and risk factors associated to surgical site infection in the Dog and Cat Clinic at the Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa. 2008. 121 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4981
Data do documento: 8-Dez-2008
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.