Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4986
Tipo: Dissertação
Título: Influência da concentração do EDTA, tempo e temperatura de armazenagem sobre parâmetros hematológicos de cães no hemograma automatizado e manual
Título(s) alternativo(s): Influence of the concentration of EDTA, time and temperature of storage on hematological parameters of dogs in count blood cells automated and manual
Autor(es): Oliveira, Aécio Carlos de
Primeiro Orientador: Ribeiro Filho, José Dantas
Primeiro coorientador: Corrêa, José Otávio do Amaral
Segundo coorientador: Guimarães, José Domingos
Primeiro avaliador: Siqueira, Cláudio Lísias Mafra de
Segundo avaliador: Conceição, Lissandro Gonçalves
Abstract: O estudo teve como objetivo identificar os efeitos do tempo, da temperatura de armazenamento e do excesso de anticoagulante sobre parâmetros hematológicos de cães. Foram utilizadas amostras do sangue de dez cães de raças variadas, clinicamente hígidos. As alíquotas foram colhidas com 1,8 mg, 3,6 mg, 7,2 mg e 14,4 mg de ácido etilenodiaminotetraacético (EDTA) por mL de sangue, distribuídas em dois grupos: de 2ºC a 8ºC e temperatura ambiente.Após a coleta, foram avaliadas em quatro tempos: 0, 12, 24 e 48 h. Usando um contador automático de células, foram avaliados leucócitos, hemácias, hemoglobina, hematócrito, volume corpuscular médio (VCM), hemoglobina corpuscular média (HCM), concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM), índice de anisocitose eritrocitária (RDW), plaquetas, plaquetócrito (PCT), volume plaquetário médio (VPM) e índice de anisocitose plaquetária (PDW). Simultaneamente à análise realizada no contador automático, foi determinado o hematócrito, por meio da técnica do microhematócrito. Também se procedeu à dosagem da hemoglobina com espectrofotômetro, contagem global de leucócitos, em câmara de Neubauer, e contagem diferencial de leucócitos por microscopia de esfregaços corados, além da dosagem da proteína plasmática, por refratometria. Na análise com contador automático, o VCM diminuiu nas maiores concentrações de EDTA (7,2 mg/ml e 14,4 mg/ml) atingindo o máximo de 2,36%, na maior concentração. A temperatura e o tempo também influenciaram este parâmetro, que apresentou decréscimo no tempo de 12 horas, temperatura de 2ºC a 8ºC e aumento nos tempos 24 horas e 48 horas, na temperatura ambiente (p<0,05). HCM sofreu alterações com relação ao tempo e à temperatura e a CHCM, com relação ao tempo, à temperatura e a concentração de EDTA (p<0,05). O VPM e o PDW apresentaram discreto aumento, ao longo do tempo. A temperatura de conservação influenciou discretamente a contagem de leucócitos e eritrócitos, que apresentaram valores menores na temperatura ambiente. Hemoglobina, hematócrito, plaquetas e PCT não apresentaram alteração significativa. As alterações observadas, não comprometeram os resultados obtidos no contador automático, mostrando que as amostras sanguíneas, conservadas por dois dias, se mantiveram em boas condições para processamento, principalmente quando armazenadas sob refrigeração. Nos dados obtidos sem automação, o hematócrito diminuiu de forma significativa com o aumento da concentração de EDTA atingindo na maior concentração um decréscimo médio de 25,35%. O tempo também influenciou o hematócrito, que apresentou aumento (p<0,05) no tempo 48 horas. O fator tempo influenciou positivamente a proteína, que teve um aumento médio de 11%, no tempo 48 horas. A proteína também foi influenciada pela concentração de EDTA, apresentando aumento considerável em seu valor médio, na concentração 14,4 mg/mL de sangue. Na contagem diferencial à microscopia óptica foram detectadas alterações no número de neutrófilos e monócitos, com relação ao tempo e à concentração de EDTA (p<0,05). A contagem de bastonetes sofreu alterações mais significativas, relacionadas com o tempo e a temperatura (p<0,05). Leucócitos, hemoglobina, linfócitos, eosinófilos e basófilos não apresentaram alteração relevante (p<0,05). O decréscimo do hematócrito nas amostras com alta concentração de EDTA demonstrou a importância da relação sangue/EDTA para a qualidade do hemograma, com a utilização da técnica do micro-hematócrito.
The study aimed to identify the effects of time, temperature of storage and excess of anticoagulant on hematological parameters of dogs. Blood samples of ten, clinically healthy dogs, of different breeds were utilized. Aliquots were taken with 1.8 mg, 3.6 mg, 7.2 mg and 14.4 mg of ethylenediaminetetraacetic acid (EDTA) per mL of blood, divided into two groups: 2°C to 8ºC and room temperature. Right after collection, they were evaluated in four times: 0h, 12h, 24h and 48 h. White blood cells, red blood cells, hemoglobin, hematocrit, mean corpuscular volume (MCV), mean corpuscular hemoglobin (MCH), mean corpuscular hemoglobin concentration (MCHC), red cell distribution width (RDW) platelet, thrombocrit (PCT), mean platelet volume (MPV) and platelet distribution width (PDW) were evaluated in the automatic cell counter. Hematocrit was determined using the microhematocrit technique, simultaneously with the analysis carried out in the automatic blood cell counter. The hemoglobin determination in the spectrophotometer, the total leukocyte count in the Neubauer chamber, the leukocyte count by microscopy of stained smears and the plasma protein dosage by refractometry were also done. In automatic cell counter analysis, the MCV increased significantly in higher concentrations of EDTA (7.2 mg / ml and 14.4 mg / mL) peaking at2.36%, in the highest concentration. Temperature and time also influenced the MCV, which showed a decrease in time 12 hours, in the temperature of 2 º C to 8 º C and an increase in time 24 hours and 48 hours at room temperature. MCH showed minor changes related to time and temperature and MCHC, related to time, temperature and EDTA. MPV and PDW showed a slight increase over time. Storage temperature influenced slightly in the leukocytes anderythrocytes counts, which showed lower values at room temperature. Hemoglobin, hematocrit, platelet and PCT did not change significantly. The changes observed did not compromise the results obtained automatic cell counter, showing that the blood samples stored for two days remained in good condition for processing, especially when stored under refrigeration. In the data obtained without automation, the hematocrit decreased significantly with the increasing concentration of EDTA: in the highest concentration (14.4 mg of EDTA per mL of blood), it showed an average decrease of 25.35%. The time also affected the hematocrit, which increased (p<0.05) in 48 hours time. The time factor has positively influenced the protein, which had an average increase of 11% in 48 hours time. The protein was also influenced by the concentration of EDTA, with considerable increase in the average value, in the concentration of 14.4 mg/mL of blood. In the differential count, made by microscopy, small changes in the number of neutrophils and monocytes were detected, related to time and the concentration of EDTA. Rods counting suffered the most significant changes related to time and temperature. WBC, hemoglobin, lymphocytes, eosinophils and basophils did not present relevant changes. The hematocrit decrease in the samples with high concentration of EDTA demonstrated the importance of the blood / EDTA proportion to the quality of the blood count, using the microhematocrit technique.
Palavras-chave: Sangue
Cão
Hemograma
Blood
Dog
Count blood
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: OLIVEIRA, Aécio Carlos de. Influence of the concentration of EDTA, time and temperature of storage on hematological parameters of dogs in count blood cells automated and manual. 2009. 48 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4986
Data do documento: 3-Dez-2009
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf288,24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.