Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4992
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorAlves, Renato Vieira
dc.date.accessioned2015-03-26T13:46:43Z-
dc.date.available2007-01-17
dc.date.available2015-03-26T13:46:43Z-
dc.date.issued2004-03-25
dc.identifier.citationALVES, Renato Vieira. Performance valuation of stabilization ponds for swine wastewater treatment: microbiological aspects. 2004. 128 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2004.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/4992-
dc.description.abstractO desenvolvimento da suinocultura no país evidenciou o problema do tratamento e da destinação dos dejetos de suínos, questão que até a década de 70 não era motivo de preocupação. Porém, além de conseqüências ambientais, a ausência ou inadequação de tratamento pode trazer prejuízos para a saúde, humana ou animal. Dois diferentes sistemas de lagoas de estabilização para tratamento de dejetos de suínos foram monitorados por, aproximadamente, um ano. Um deles composto por três lagoas anaeróbias e uma facultativa (Granja A) e o outro por um reator anaeróbio e uma série de lagoas de polimento (Granja B). Pesquisaram-se microrganismos patogênicos (Salmonella spp. e parvovírus suíno) e indicadores (coliformes totais, Escherichia coli, enterococos e Streptococcus spp) no dejeto bruto e no efluente da cada unidade de tratamento. Outras seis granjas também tiveram as fezes dos suínos avaliadas para os mesmos parâmetros, em três amostras de cada propriedade. Salmonella spp. foi encontrada em 40% das amostras (14/35), sendo que, no sistema de lagoas da Granja B, foi identificada até o efluente da segunda lagoa anaeróbia. Os resultados para parvovírus foram positivos em 45% das amostras (9/20). Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre as concentrações de coliformes e estreptococos no dejeto bruto, mesmo resultado encontrado nas amostras de fezes de suínos. Em ambos os sistemas monitorados, a eficiência de remoção dos indicadores esteve abaixo do esperado. Para o sistema da Granja A, a eficiência foi próxima de 99,9% (3log10) com um tempo de detenção hidráulica (TDH) de 52,6 dias. Para o outro sistema, da Granja B, a eficiência foi entre 90-99% (1-2 log10) para TDH de 122,5 dias. Em contraste ao desempenho global dos sistemas, as lagoas anaeróbias, individualmente, revelaram boa eficiência de remoção bacteriana. Já no caso das lagoas facultativas de polimento os resultados indicam que deve haver melhor concepção do sistema para que estas efetivamente cumpram o papel esperado na remoção bacteriana. Estudos de regressão entre as taxas volumétricas de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Demanda Química de Oxigênio (DQO) e Sólidos Voláteis (SV) e a eficiência de remoção dos quatro organismos indicadores foram realizados, revelando, em geral, excelente associação entre as variáveis.pt_BR
dc.description.abstractThe development of the hog production in Brazil evidenced the problem of the treatment and destination of the swine manure, subject that until the 70 s it was not reason concern for. However, besides environmental consequences, the absence or treatment inadequacy can bring damages for the health, human or animal. Two different systems of stabilization ponds for swine wastewater treatment were monitored for, approximately, one year. One of them composed for three anaerobic ponds and one facultative pond (Farm A) and the other for an anaerobic reactor and a series of polishing ponds (Farm B). Pathogenics (Salmonella spp. and porcine parvovirus) and indicators (total coliforms, Escherichia coli, enterococci and Streptococcus spp) microrganisms were researched in the not treated effluent and in the effluent of each unit. Other six farms also had the feces of the herd evaluated, for the same parameters, in three samples of each property. Salmonella spp. was found in 40% of the samples (14/35), and, in the Farm B ponds system, it was identified until the effluent of the second anaerobic pond. 45% (9/20) of the samples were positive for parvovirus. Statistically significant differences were not observed between the coliforms and streptococci concentrations in the samples of not treated effluent, the same was found in the samples of swine feces. In both monitored systems, the removal efficiency was below the expected. For the system of Farm A, the efficiency was close to 99,9% (3log10) with a hidraulic detention time of 52,6 days. For the other system, the efficiency was among 90-99% (1-2 log10) with a hydraulic detention time of 122,5 days. In contrast to the performance of the systems as a whole, the anaerobic ponds revealed good efficiency of bacterial removal. However, in the event of the optional ponds - of polishing - the results indicate that should have better conception of the system so that these indeed accomplish the expected performance in the bacterial removal. Regression studies among the volumetric loading rates of Biochemical Oxygen Demand (BOD), Chemical Oxygen Demands (COD) and volatile solids and the removal efficiency of the four indicative organisms was accomplished, revealing, generally, excellent association among the variables.eng
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectÁguas residuaispor
dc.subjectPurificaçãopor
dc.subjectTratamento biológicopor
dc.subjectDejeto líquido suínopor
dc.subjectLagoas de estabilizaçãopor
dc.subjectSwine wastewatereng
dc.subjectPurificationeng
dc.subjectTreatmenteng
dc.subjectStabilization pondseng
dc.titleAvaliação de desempenho de lagoas de estabilização no tratamento de dejetos de suínos: aspectos microbiológicospor
dc.title.alternativePerformance valuation of stabilization ponds for swine wastewater treatment: microbiological aspectseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4771794A5por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentBiotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. depor
dc.publisher.programMestrado em Medicina Veterináriapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA::SANEAMENTO APLICADO A SAUDE DO HOMEMpor
dc.contributor.advisor1Bevilacqua, Paula Dias
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4727999P6por
dc.contributor.referee1Bastos, Rafael Kopschitz Xavier
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4781284H6por
dc.contributor.referee2Sperling, Marcos Von
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4781014A0por
dc.contributor.referee3Santos, José Lúcio dos
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783002J5por
dc.contributor.referee4Pinto, Paulo Sérgio de Arruda
dc.contributor.referee4Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4793537Y3por
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.