Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4993
Tipo: Dissertação
Título: Biovidro particulado no processo alveolar da mandíbula de cães. Avaliações clínico-cirúrgica, radiográfica e histológica
Título(s) alternativo(s): Particulate bioglass in the alveolar process of the jaw of dogs: clinical, surgical, radiographic and histological evaluation
Autor(es): Tsiomis, Alexandre Couto
Primeiro Orientador: Borges, Andrea Pacheco Batista
Primeiro avaliador: Pompermayer, Luiz Gonzaga
Segundo avaliador: Melo, Eliane Gonçalves de
Terceiro avaliador: Visconti Filho, Renato Francisco
Quarto avaliador: Fonseca, Cláudio César
Abstract: A utilização de implantes dentários é prática comum em humanos, e a demanda por este serviço em animais de estimação tem aumentado nos últimos anos. Para o emprego de implantes dentários é necessário a existência de um leito de osso alveolar de boa qualidade e em quantidade suficiente. Vários fatores tais como a doença periodontal e a perda dentária podem levar à reabsorção do osso alveolar, impedindo a colocação destes implantes. O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de análises clínico-cirúrgica, radiográfica e histológica, o biovidro como substituto ósseo na regeneração do processo alveolar da mandíbula de cães. Para tal, foram utilizados 28 cães adultos clinicamente saudáveis, machos e fêmeas, pesando entre 10 e 15 kg, divididos aleatoriamente em dois grupos iguais e observados durante 120 dias. Foram criados defeitos de aproximadamente 6 x 5 x 5 mm na superfície vestibular do processo alveolar entre as raízes do dente quarto pré-molar direito. Em um grupo, o defeito foi imediatamente preenchido com biovidro, enquanto no outro este permaneceu sem preenchimento, sendo utilizado como controle. Foram realizadas avaliações clínicas diariamente durante uma semana, assim como radiografias logo após a cirurgia e aos 8, 14, 21, 42, 60, 90 e 120 dias do pós-peratório. A maioria dos animais dos dois grupos não apresentou sinais de inflamação e a cicatrização da ferida cirúrgica ocorreu de forma semelhante. O exame radiográfico revelou aumento gradual da radiopacidade na região do defeito no grupo controle. No grupo tratado, observou-se inicialmente radiopacidade superior à do osso vizinho, com diminuição desta até os 21 dias de pós-operatório, voltando a aumentar gradativamente até os 120 dias do pós-cirúrgico, quando a falha tornou-se imperceptível. Aos 8, 14, 21, 42, 60, 90 e 120 dias do pós-operatório também foram coletadas amostras da região da falha óssea de 2 animais de cada grupo para a análise histológica. Observou-se que no grupo controle o processo de deposição óssea iniciou-se aos 14 dias, evoluindo progressivamente até que aos 120 dias não havia mais limite entre as margens do defeito e o osso neoformado. Já no grupo tratado observou-se logo aos 8 dias de pós-operatório a presença de tecido conjuntivo frouxo altamente vascularizado ao redor das partículas de biovidro. Aos 14 dias iniciou-se o processo de formação óssea a partir das bordas da falha, até que aos 60 dias o biovidro havia sido totalmente reabsorvido e o defeito apresentava-se completamente preenchido por osso trabecular. Aos 120 dias, não foi mais possível diferenciar o osso vizinho da região da falha. Portanto, pode-se concluir que o biovidro apresenta características desejáveis a um substituto ósseo tais como efeito antibacteriano e hemostático, biocompatibilidade e propriedade osteocondutora, sendo uma alternativa viável quando objetiva-se a diminuição do tempo de reparação do osso alveolar.
The use of dental implants is a common practice in human patients, and the demand for this service in small animals has increased in the last years. For the placement of dental implants it is necessary the existence of an alveolar bone bed of good quality and in enough quantity. Several factors such as periodontal disease and dental loss can cause reabsorption of the alveolar bone, thus enabling the placement of these implants. The objective of this work was to evaluate, through clinical, radiographic and histological analyses, the bioglass as a bone substitute in the regeneration of the alveolar process of the jaw of dogs. For such, 28 healthy adult mongrel dogs, males and female, weighing between 10 and 15 Kg, randomly divided in two groups, were observed during 120 days. Defects of approximately 6 x 5 x 5 mm were created in the vestibular surface of the alveolar process between the roots of the right fourth premolar tooth. In a group, the defect was immediately filled with bioglass, while in the other it did not receive any treatment, being used as control. Clinical evaluations were accomplished daily during one week. Radiographies were taken soon after the surgery and at 8, 14, 21, 42, 60, 90 and 120 days of the postoperative. Most of the animals of both groups did not present inflammation signs and the healing of the surgical wound happened in a similar way. The radiographic exams revealed gradual increase of the radiopacity in the area of the defect in the control group. In the treated group, it was initially observed superior radiopacity compared to the neighbor bone, which decreased on the 21st day of postoperative. Then the radiopacity began to gradually increase until 120 days after the surgery, when the defect became imperceptible. For the histologic analysis samples of the bone defect area of 2 animals of each group were collected after 8, 14, 21, 42, 60, 90 and 120 days of the surgery. In the control group it was observed that the bone deposition process began on the day 14th, developing progressively until the day 120th, when there was not limit between the margins of the defect and the neoformed bone. In the treated group it was observed at 8 days of postoperative the presence of loose connective tissue highly vascularizated around the bioglass particles. At 14 days, it was observed the bone formation process starting from the borders of the defect. On the 60th day of postoperative the bioglass had been totally reabsorbed and the defect was completely filled by trabecular bone. At 120 days, it was not possible to differentiate the neighbor bone of the defect area. Therefore, it can be concluded that the bioglass presents desirable characteristics to a bone substitute such as antibacterial and hemostatic effect, biocompatibility and osteoconductive property, being a valuable alternative for the alveolar bone regeneration.
Palavras-chave: Cão
Cirurgia
Ossos
Regeneração
Dogs
Surgery
Bones
Regeneration
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA CIRURGICA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: TSIOMIS, Alexandre Couto. Particulate bioglass in the alveolar process of the jaw of dogs: clinical, surgical, radiographic and histological evaluation. 2004. 48 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4993
Data do documento: 30-Mar-2004
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf618,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.