Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4998
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento in vitro de embriões de gatas domésticas, em meio TCM 199 modificado, frescos e previamente congelados
Título(s) alternativo(s): Development in vitro of embryos of domestic cats, in medium modified TCM 199, fresh and previously frozen
Autor(es): Lima Neto, Adolfo
Primeiro Orientador: Paula, Tarcízio Antônio Rego de
Primeiro avaliador: Costa, Eduardo Paulino da
Segundo avaliador: Fonseca, Cláudio César
Terceiro avaliador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Quarto avaliador: Carvalho, Giovanni Ribeiro de
Abstract: Foram utilizados um total de 48 embriões nos estágios de mórula compacta, blastocisto inicial e blastocisto, nos graus I e II, obtidos de 14 gatas domésticas adultas. Dois animais apresentaram manifestação natural do cio e 12 animais foram induzidos artificialmente à atividade ovariana e ovulação. Para tal receberam uma única aplicação de 150 UI de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG) e 84h após, uma única aplicação de 100 UI de gonadotrofina coriônica humana (hCG). Todos os animais foram acasalados naturalmente e seis dias após a primeira cópula, todas as gatas foram submetidas a laparotomia, e por meio da técnica de lavagem transcornual adaptada, foram coletados os embriões, os quais foram classificados de acordo com IETS (1998). Vinte e sete foram cultivados em meio TCM 199 modificado, em estufa de CO2, por 24 horas, sendo então avaliados quanto ao seu estágio de desenvolvimento, qualidade e número de blastômeros, observando-se uma taxa de desenvolvimento até o estágio de blastocisto expandido grau I de 77,7%, com um número médio de 161±15,8 blastômeros. Em 21 embriões foi testada a congelabilidade em meio comercial a base de 10% glicerol associado a 0,1molL-1 de sacarose. Após o descongelamento, em banho maria a 37oC, nas mesmas condições de cultivo, observou-se uma taxa de desenvolvimento, até o estágio de blastocisto expandido grau I, de 38,1% com um número médio de 139,1±11,8 blastômeros. Desta forma, embora o protocolo de congelamento e descongelamento tenha reduzido em 51% a taxa de desenvolvimento de embriões felinos, com uma queda (P< 0,01) do número de blastômeros, mostrou-se viável, com promissor uso in vivo em felinos domésticos e silvestres.
In this study a total of 48 embryos were used in the compacts morulae, initial blastocysts and blastocysts stages in the degrees I and II, obtained from 14 adult domestic cats. Two animals presented natural manifestation of the oestrus and 12 animals were artificially induced to ovarian activity and ovulation. They received one only application of 150 IU of gonadotropins equine corionic (eCG) and 84h after, one application of 100 IU of gonadotropins human corionic (hCG), and all the animals were coupled naturally. Six days after the first mating, all cats were submitted to laparotomy, and through an adapted transcornual technique the embryos were collected and classified in agreement with IETS (1998). 27 of these were cultivated in a TCM 199 modified with a controlled CO2 atmosphere for 24 hours. The embryos were classified by development stage, quality and blastomeres number, observing a development index until expanded blastocysts in degree I of 77.7% with an average of 161±15,8 blastomeres was reached. In 21 embryos the freezing technique was tested in a commercial medium with 10% of glycerol associated with 0,1molL-1 of sucrose. After the unfreezing, in 37oC water with the same cultivation conditions, a developmental index of 38.1%, was observed until the stage of expanded blastocysts in degree I, with average number of 139.1±11,8 blastomeres. Although the freezing and unfreezing protocols, had reduced the developmental index of feline embryos by 51% and reduce the blastomeres number (P<0.01), it was considerate a viable technique in domestic and wild felines.
Palavras-chave: Congelamento de embriões
Reprodução assistida
Gatos domésticos
Frozen embryos
Assisted reproduction
Domestic cats
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: LIMA NETO, Adolfo. Development in vitro of embryos of domestic cats, in medium modified TCM 199, fresh and previously frozen. 2005. 70 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4998
Data do documento: 31-Out-2005
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf474,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.