Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5004
Tipo: Dissertação
Título: Título de anticorpos contra o vírus da parvovirose em cães vacinados na área urbana em estabelecimentos do município de Viçosa/MG
Título(s) alternativo(s): Antibody titres against canine parvovirus in dogs vaccinated in the urban área in stores of the municipal district of Viçosa/Minas Gerais
Autor(es): Pereira, Angelo Liparini
Primeiro Orientador: Moraes, Mauro Pires
Primeiro avaliador: Lamêgo, Márcia Rogéria de Almeida
Segundo avaliador: Santos, José Lúcio dos
Terceiro avaliador: Moreira, Maria Aparecida Scatamburlo
Quarto avaliador: Viana, José Antonio
Abstract: Observações de casos clínicos suspeitos de parvovirose, atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa, indicam que os cães vacinados em lojas que comercializam produtos agropecuários apresentam maior freqüência da doença, quando comparados aos cães vacinados em clínicas veterinárias. Com o objetivo de avaliar a resposta às vacinas comercializadas em diferentes estabelecimentos e seguindo ou não o protocolo de vacinação indicado pela literatura, foi determinado o título de anticorpos contra a parvovirose no soro de cães da área urbana do município de Viçosa-MG. Para tanto, uma amostra de soro sanguíneo foi obtida de cada um dos 150 cães selecionados. Estes animais estavam sadios e tinham entre seis meses e seis anos de idade. Os animais pertenciam a diversas raças e eram de ambos os sexos. Os cães foram selecionados segundo características pré-estabelecidas para compor cinco grupos de 30 animais: A) cães vacinados em clínicas veterinárias, seguindo o protocolo indicado na literatura; B) cães vacinados em clínicas veterinárias, não seguindo o protocolo indicado; C) cães vacinados em lojas de produtos agropecuários, seguindo o protocolo indicado; D) cães vacinados em lojas de produtos agropecuários, não seguindo o protocolo indicado; E) cães não vacinados. O título de anticorpos foi mensurado no soro de cada animal, por meio do teste de inibição da hemaglutinação. De acordo com os resultados deste estudo, pôde-se concluir que a vacinação contra parvovirose é importante, considerando a diferença encontrada entre o título de anticorpos dos cães vacinados e não vacinados. Além disso, os cães vacinados contra parvovirose em clínicas veterinárias ficaram mais bem protegidos do que aqueles que foram vacinados em lojas de produtos agropecuários, principalmente quando essa vacinação foi realizada de acordo com o protocolo indicado pela literatura.
Observations of clinical cases suspected of canine parvovirus attended at the Veterinary Hospital at the Federal University of Viçosa indicate that the dogs vaccinated in stores which commercialize agropecuary products showed a greater frequency of the disease compared to the ones vaccinated at veterinary clinics. The objective of this study is the evaluation of the answer to the vaccines commercialized in different stores and following or not the vaccination protocol indicated by the literature, the antibody titers against the canine parvovirus in dogs serum in the urban area of the city of Viçosa-MG was determined. Blood serum sample was obtained from each of the 150 selected dogs. These animals were healthy and were from six months to six years old. The animals belong to several breeds and both sex. The dogs were selected following pre-established characteristics to form five groups of 30 animals each: A) dogs vaccinated in veterinary clinics following the literature patterns; B) dogs vaccinated in veterinary clinics not following the indicated protocol; C) dogs vaccinated in agropecuary product stores following the indicated protocol; D) dogs vaccinated in agropecuary product stores not following the indicated protocol; E) dogs not vaccinated. The antibody titers were measured in each animal serum through the hemagglutination inhibition test. According to the results of this study, it was concluded that the vaccination against canine parvovirus is important, considering the difference between the titers of vaccinated and non-vaccinated dogs. Furthermore dogs vaccinated in veterinary clinics are more protected than that vaccinated in agropecuary product stores, mainly if this vaccination followed the literature patterns.
Palavras-chave: Parvovirus caninos
Epidemiologia
Cão
Imunologia
Canine parvovirus
Epidemiology
Dogs
Immunology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: PEREIRA, Angelo Liparini. Antibody titres against canine parvovirus in dogs vaccinated in the urban área in stores of the municipal district of Viçosa/Minas Gerais. 2005. 72 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5004
Data do documento: 11-Mar-2005
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf187,03 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.