Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5009
Tipo: Dissertação
Título: Soroepidemiologia da neosporose em bovinos e cães de propriedades rurais, municípios de Viçosa e Mercês, Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Seroepidemiology of neosporosis in cattle and dogs of rural properties in Viçosa and Mercês, Minas Gerais
Autor(es): Campos, Glênia Maria de Magalhães
Primeiro Orientador: Bevilacqua, Paula Dias
Primeiro avaliador: Pinto, Paulo Sérgio de Arruda
Segundo avaliador: Salcedo, Joaquín Hernán Patarroyo
Terceiro avaliador: Ribeiro Filho, José Dantas
Quarto avaliador: Moreira, Maria Aparecida Scatamburlo
Abstract: Durante os últimos dez anos o protozoário Neospora caninum tem sido descrito e associado como agente etiológico de abortamentos infecciosos em bovinos. Esta doença em cães também tem caráter abortivo, mas como os caninos são hospedeiros definitivos, possuem relevante importância no ciclo de vida deste parasita, funcionando como reservatório da doença. Outras doenças como a leptospirose e a brucelose também são disseminadas em nosso país e também estão associadas a transtornos reprodutivos. O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de infecção para N. caninum em bovinos e cães existentes em propriedades rurais de dois municípios, Viçosa e Mercês, pertencentes à Macrorregião Zona da Mata do Estado de Minas Gerais, bem como analisar a existência de fatores de risco para a infecção. Foram coletadas amostras de soro de bovinos fêmeas e cães para pesquisa de anticorpos anti-N. caninum, pela técnica de imunofluorescência indireta; Brucella abortus prova seletiva (Antígeno Acidificado Tamponado - AAT) e provas confirmatórias (2-ME e SAT) e Leptospira sp., Técnica de Aglutinação Microscópica (MAT) sem e com diluição dos soros. Os soros bovinos foram testados para os três bio-agentes patogênicos e os de cães para N. caninum e Leptospira sp. Adicionalmente, foram coletadas informações, utilizando-se questionário estruturado, relativas ao tipo de exploração, sistema de produção e histórico de problemas reprodutivos em bovinos e hábitos, tipo de alimentação, características demográficas dos cães. As prevalências de propriedades positivas foram de 54,3% e 18,5% para N. caninum em bovinos e cães, respectivamente; 15,2% para Brucella abortus e 6,5% para Leptospira sp. em bovinos e 7,4% para Leptospira sp. em cães. As prevalências de animais positivos apresentaram resultados menores: 23,3% de N. caninum em bovinos e cães, respectivamente; 15,2% para Brucella abortus e 6,5% para Leptospira sp. em bovinos e 7,4% para Leptospira, entretanto, é de se destacar que, para os bovinos, a prevalência para N. caninum, significativamente superior quando comparada a Brucella abortus (p < 0,01) e Leptospira sp. (p < 0,01). Propriedades positivas para neosporose bovina estiveram associadas à presença de distúrbios reprodutivos nos animais (p < 0,01), quando a análise considerou o tipo de distúrbio, abortamento (OR = 5,2; IC 95% = 1,32-20,54) e mortalidade perinatal (OR = 6,0; IC95% = 1,22 - 29,95) apresentaram associação significativa. A ocorrência de sorologia positiva para N. caninum em bovinos esteve associada à presença de cães positivos na propriedade (p < 0,01), entretanto, problema reprodutivo em bovinos não esteve associado à neosporose canina (p = 0,1046). Associação significativa também foi verificada entre a neosporose bovina e o tipo de exploração, sendo que os bovinos soropositivos tiveram, aproximadamente, três vezes mais chance (OR = 2,82 e IC 95% = 1,05 - 9,52) de pertencerem a sistema de produção tipo leite do que tipo misto. A caracterização da neosporose canina não revelou associação significativa com as variáveis sexo (p = 0,55), idade (p = 0,34), hábito do animal (p = 0,03; OR = 0,00; IC 95% = 0,0-1,06) e tipo de alimentação (p = 0,11). Os resultados sugerem o significado sanitário que a neosporose vem assumindo em rebanhos bovinos, notadamente quando se considera a ocorrência de problemas reprodutivos decorrentes da infecção. Nesse sentido, evidencia-se a atenção necessária das autoridades e instituições de saúde animal, no combate a esta enfermidade.
During the past ten years, the protozoan Neospora caninum has been described and associated as an ethyological agent of infected abortions in cattle. This disease in dogs also has an abortive character, but since dogs are definitive hosts, they have relevant importance in the life cycle of this parasite, acting as a source of the disease. Other diseases such as leptospirosis and brucelosis are also disseminated in Brazil and are associated to reproductive disturbances. The objective of this study was to evaluate the presence of infection for N. caninum in cattle and dogs of rural properties in two municipalities, Viçosa and Mercês, located in the macro-region of Zona da Mata in the state of Minas Gerais, as well as to analyze the existing risk factors for the infection. Serum samples of female cattle and dogs were collected for research of anti-N. caninum antibodies, using the indirect immunofluorescence technique; Brucella abortus selective test (Buffered Acidified Antigen - BAA) and corroborative tests (2-ME and SAT) and Leptospira sp., Microscopic Agglutination Technique (MAT) without and with sera dilution. The bovine sera were tested for the three pathogenic bioagents and the canine sera for N. caninum and Leptospira sp. In addition, information was collected by applying a structured questionnaire on type of exploration, production system and reproductive problem history in cattle and habits, type of food, demographic characteristics in dogs. The prevalence of positive properties was of 54.3% and 18.5% for N. caninum in cattle and dogs, respectively; 15.2% for Brucella abortus and 6.5% for Leptospira sp. in cattle and 7.4% for Leptospira sp.in dogs. The prevalence of positive animals presented lower results: 23.3% of N. caninum in cattle and dogs, respectively; 15.2% for Brucella abortus and 6.5% for Leptospira sp. in cattle and 7.4% for Leptospira. However, it should be emphasized that the prevalence for N. caninum in cattle was significantly higher, compared to Brucella abortus (p < 0.01) and Leptospira sp. (p < 0.01). Positive properties for bovine neosporosis were associated to the presence of reproductive disturbances in the animals (p < 0.01), when the analysis considered the type of disturbance, abortion (OR = 5.2; IC 95% = 1.32-20.54) and prenatal mortality (OR = 6.0; IC 95% = 1.22 - 29.95) presented significant association. The occurrence of positive serology for N. caninum in cattle was associated to the presence of positive dogs in the property (p<0.01); however, reproductive problem in cattle was not associated with canine neosporosis (p = 0.1046). Significant association was also verified between bovine osteoporosis and type of exploration, serum positive cattle having, approximately, three times more chance (OR = 2.82 and IC 95% = 1.05 - 9.52) of belonging to a milk production system rather than mixed. The characterization of canine neosporosis did not show significant association with the variables sex (p = 0.55), age (p = 0.34), animal habit (p = 0.03; OR = 0.00; IC 95% = 0.0-1.06) and type of food (p = 0.11). The results suggest that sanitation in neosporosis has become of utmost importance in bovine herds, especially when reproductive problems resulting from the infection are considered. Therefore, it becomes evident the need for animal health authorities and institutions to fight this disease.
Palavras-chave: Neospora
Neospora caninum
Parasitologia veterinária
Neospora
Neospora caninum
Veterinary parasitology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA::EPIDEMIOLOGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: CAMPOS, Glênia Maria de Magalhães. Seroepidemiology of neosporosis in cattle and dogs of rural properties in Viçosa and Mercês, Minas Gerais. 2005. 74 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5009
Data do documento: 25-Mai-2005
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf629,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.