Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5015
Tipo: Dissertação
Título: Doença subclínica associada ao Porcine circovirus 2 (PCV-2) em rebanho suíno: avaliação sorológica, Histopatológica e quantificação viral
Título(s) alternativo(s): Subclinical disease associated with Porcine circovirus 2 (PCV-2) in pig herds: serologic, histopathological and viral quantification
Autor(es): Simão, Gustavo Manoel Rigueira
Primeiro Orientador: Lamêgo, Márcia Rogéria de Almeida
Primeiro coorientador: Silva Júnior, Abelardo
Segundo coorientador: Nero, Luís Augusto
Primeiro avaliador: Machado, Glauber Souza de
Segundo avaliador: Guimarães, Simone Eliza Facioni
Abstract: O Porcine circovirus 2 (PCV-2) é um vírus pequeno, não-envelopado e pertencente à família Circoviridae, por apresentar forma icosaédrica e genoma circular. O PCV-2 é o principal agente causador da síndrome de refugagem multisistêmica pós-desmame do suíno (PMWS), uma das mais importantes doenças emergentes de suínos no mundo, identificada, em 1991, em animais livres de patógenos específicos (SPF) e descrita pela primeira vez em 1997. O PCV-2 está associado a várias outras síndromes, o que levou a uma nova denominação para a doença: Doenças associadas ao PCV-2 (PCVAD). Tão importante quanto a doença clínica, a infecção subclínica pelo PCV-2 tem ganhado grande importância nos estudos da circovirose suína. O objetivo deste trabalho foi analisar os indicadores laboratoriais da doença subclínica associada ao PCV-2 e associar os parâmetros produtivos de suínos de abate naturalmente infectados. Para isso, foram coletadas amostras de soros e linfonodos inguinais individuais de sessenta e quatro suínos de abate clinicamente sadios. Parâmetros produtivos como peso vivo (PV) e o peso da carcaça quente (PCQ) de cada animal também foram mensurados para posterior associação. A carga viral no linfonodo e no soro foi quantificada pela PCR em tempo real e os anticorpos neutralizantes (AN) foram titulados pelo teste de neutralização viral (TNV). Os linfonodos foram examinados quanto à depleção linfóide, proliferação de histiócitos e presença de células gigantes multinucleadas. Foram avaliados em sem lesão significativa (SLS), estágio I (lesão leve), II (lesão moderada) ou III (lesão severa). A carga viral presente nos linfonodos inguinais e nos soros variou de 103,82 a 106,77 cópias de PCV-2/500ng de DNA total e de 0 a 102,89 cópias de PCV-2/5&#956;L de DNA, respectivamente. Não houve diferença significativa entre os valores das cargas virais, considerando o sexo. Também não houve correlação significativa entre as cargas virais e os parâmetros produtivos analisados. Dentre os animais analisados, 53,13% não apresentaram lesões significativas no linfonodo, 37,5% foram classificados em estágio I e 9,37% em estágio II de lesão. A titulação de AN se mostrou variável entre os suínos analisados. Os títulos variaram de 64 a 2048, sendo este último representado por 65,62% dos animais. Foi encontrada diferença significativa entre os valores da carga viral nos linfonodos em relação aos títulos de AN (p<0,05), nas amostras com títulos 512 e 2048. Podemos concluir que a infectividade do PCV-2 se mostrou semelhante entre machos e fêmeas e que achados laboratoriais da infecção subclínica, associada ao PCV2, não apresentam associação com os parâmetros produtivos. Portanto, foi avaliada e demonstrada a ocorrência da doença subclínica no rebanho analisado. Desta forma, permanecem ainda como objeto de pesquisa maiores estudos sobre a implicação desta nova apresentação da doença em rebanhos de suínos.
The Porcine circovirus 2 (PCV-2) virus is a small, non-enveloped and belonging to the Circoviridae family by presenting icosahedral symmetry and circular genome. The PCV-2 is the primary causative agent of the postweaning multisystemic wasting syndrome (PMWS), one of the most important emerging disease of pigs in the world, identified in 1991 in Specific Pathogen Free (SPF) pigs and first described in 1997. The PCV-2 is associated with several other syndromes, which led to a new name for the disease: "PCV-2-associated disease" (PCVAD). As important as the clinical disease, subclinical infection has gained great importance in studies of porcine. The objective of this study was to evaluate the productive impact of the subclinical infection in slaughter healthy animals. For this, were collected serum samples and inguinal lymph nodes individual of sixty-four slaughter pigs. The viral load in lymph and serum were quantified by real-time PCR and neutralizing antibodies (NA) were measured by virus neutralization test (VNT). The lymph nodes were examined for lymphoid depletion, histiocytes proliferation, the presence of multinucleated giant cells and evaluated without significant injury (SLS), stage I (mild injury), II (moderate injury) or III (severe injury). The viral load present in the inguinal lymph nodes and sera ranged from 103,82 to 106,77 PCV-2 copies/500ng total DNA and 0 to 102,89 PCV-2 copies/5&#956;L DNA, respectively. There was no significant difference between the values of viral loads considering gender. There was also no significant correlation between viral loads and the productive analysis. Among the animals tested, 53.13% showed no significant lesions in the lymph node, 37.5% were classified as stage I and 9.37% in stage II lesion. The NA title was variable among the pigs tested. The titles ranged from 64 to 2048, the latter being represented by 65.62% of the animals. It was observed a significant difference between the values of viral load in lymph nodes in relation to evidence of NA (p <0.05) in samples with 512 titles and 2048. We can conclude that the infectivity of PCV-2 was similar between males and females and laboratory findings of subclinical infection PCV2- associated have no association with the production parameters. Therefore, we evaluated and demonstrated the occurrence of subclinical disease in the herd studied. Thus, there still remains a subject of major research studies on the implication of this new presentation of the disease in herds of pigs.
Palavras-chave: Circovírus suíno 2
Parâmetros produtivos
Carga viral
Porcine circovirus 2
Production parameters
Viral load
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: SIMÃO, Gustavo Manoel Rigueira. Subclinical disease associated with Porcine circovirus 2 (PCV-2) in pig herds: serologic, histopathological and viral quantification. 2010. 72 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5015
Data do documento: 26-Fev-2010
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf725,25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.