Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5020
Tipo: Dissertação
Título: Efeito do tratamento crônico com extratos de Heteropterys aphrodisiaca O. Mach. e Anemopaegma arvense (Vell.) Stellf. no testículo de ratos Wistar adultos
Título(s) alternativo(s): Effects of the cronical treatment with extracts from Heteropterys aphrodisiaca O. Mach. and Anemopaegma arvense (Vell.) Stellf. in the testicle of adult rats Wistar
Autor(es): Chieregatto, Luiz Carlos
Primeiro Orientador: Paula, Tarcízio Antônio Rego de
Primeiro avaliador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Segundo avaliador: Fonseca, Cláudio César
Terceiro avaliador: Costa, Deiler Sampaio
Quarto avaliador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Abstract: A medicina tradicional oferece forte indicativo para experimentações científicas envolvendo produtos vegetais que vêm, há muito tempo, sendo utilizados pela população. Entre as diversas plantas utilizadas, aquelas consideradas afrodisíacas ocupam um lugar de destaque na medicina popular. As indicações mais enfáticas no Estado de Mato Grosso apontam para as espécies Heteropterys aphrodisiaca (nó-de-cachorro) e Anemopaegma arvense (vergateza), como os mais potentes afrodisíacos do Cerrado. Neste trabalho, foram avaliadas as ações dos extratos brutos das raízes de nó-de-cachorro e vergateza sobre a biometria corporal, glândula vesicular, túbulo seminífero, células de Leydig e demais componentes do tecido intertubular de ratos Wistar adultos, tratados cronicamente. Foram utilizados 62 ratos machos Wistar em idade reprodutiva, divididos em 5 grupos. Os animais do grupo-controle foram submetidos à gavagem diária, durante 56 dias, recebendo 0,5 mL de solução salina. Os animais dos demais quatro grupos receberam 0,5 mL de extratos obtidos das duas espécies em duas concentrações distintas. Os extratos de H. aphrodisiaca, em ambas as concentrações testadas, promoveram aumentos significativos no peso corporal, na espessura do epitélio seminífero, no diâmetro do túbulo seminífero, na proporção volumétrica do núcleo e citoplasma de célula de Leydig, nos volumes do núcleo e citoplasma das células de Leydig e no volume individual e total de células de Leydig. O tratamento com a maior concentração de H. aphrodisiaca promoveu ainda aumentos no peso do testículo e parênquima testicular. Já dos animais tratados com extrato de A. arvense, apenas os submetidos a maior concentração, mostraram resultados significativos para o aumento do peso corporal. Os extratos de A. arvense nas duas concentrações testadas também causaram aumentos significativos na espessura do epitélio seminífero no diâmetro do túbulo seminífero na proporção volumétrica do citoplasma de células de Leydig e no volume individual dessas mesmas células.
The traditional medicine offers large indications for scientific experimentations involving vegetal products that have been used by the population for a long time. Among the several plants, those considered aphrodisiac have an outstanding role in the popular medicine. The most emphatic indications in the State of Mato Grosso refer to the species Heteropterys aphrodisiaca (nó-de-cachorro) and Anemopaegma avense (vergateza) as the most powerful aphrodisiac in the Cerrado. In this work, the actions of the rough extracts of nó-de-cachorro roots and vergateza were evaluated on the corporal biometry, vesicular gland, seminiferous tubule cells of Leydig and other components of the intertubular tissues of adult rats Wistar in reproductive age chronically treated. 62 male rates Wistar in reproductive age were divided into 5 groups. The animals of the control group were exposed to daily gavage for 56 days, receiving 0.5 ml of salt solution. The animals of the other groups received 0.5 ml of extracts obtained from the two species in two different concentrations. The extracts of H. aphrodisiaca, in both concentrations tested increased significantly the corporal weight, the thickness of the seminiferous epithelium, the diameter of the seminiferous tubule, the volume ratio of the nucleus and cytoplasm of the cells of Leydig and the individual and total volume of the cells of Leydig. The treatment with the larger concentration of H. aphrodisiaca also caused increases in the weight of the testicular parenchyma. The animals treated with extracts from A. arvense, showed significant results on the corporal weight only when receiving higher concentrations. The extracts of A. arvense also showed expressive increases in the thickness of the seminiferous epithelium, in the diameter of the seminiferous tubule, in the volume ratio of the cytoplasm of the cells of Leydig and in the individual volume of those same cells.
Palavras-chave: Reprodução animal
Heteropterys aphrodisiaca
Anemopaegma arvense
Ratos
Testículos
Animal reproduction
Heteropterys aphrodisiaca
Anemopaegma arvense
Rats
Testis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: CHIEREGATTO, Luiz Carlos. Effects of the cronical treatment with extracts from Heteropterys aphrodisiaca O. Mach. and Anemopaegma arvense (Vell.) Stellf. in the testicle of adult rats Wistar. 2005. 81 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5020
Data do documento: 15-Fev-2005
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf416,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.