Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5022
Tipo: Dissertação
Título: Utilização do extrato de própolis, do óleo de alho e da terapia tripla no controle do Helicobacter spp. em cães
Título(s) alternativo(s): Use of propolis extract, garlic oil and triple terapy in the control of Helicobacter spp. in dogs
Autor(es): Costa, Manuella Carvalho da
Primeiro Orientador: Silva, João Carlos Pereira da
Primeiro avaliador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Segundo avaliador: Viloria, Marlene Isabel Vargas
Terceiro avaliador: Pinto, Aloísio da Silva
Quarto avaliador: Viana, José Antonio
Abstract: O Helicobacter spp. coloniza o estômago do homem e de animais. Em medicina humana é uma das principais causas de gastrite. A resistência do Helicobacter pylori ao tratamento convencional, é um dos principais problemas encontrados. Desta forma, vários tratamentos alternativos tem sido propostos como a utilização do própolis e do alho, que por meio de estudos in vitro tem demonstrado sua atividade anti-H. pylori. Os objetivos desse estudo foram determinar se os graus de colonização pelos organismos semelhantes ao Helicobacter são sensíveis ao emprego do extrato de própolis e do óleo de alho como bacteriostáticos naturais, diminuindo assim, a colonização e densidade de Helicobacter na mucosa gástrica de cães, bem como avaliar as alterações inflamatórias causadas por este patógeno. Para tanto, foram selecionados 28 cães com Helicobacter spp. e alterações histológicas presentes nas biopsias endoscópicas coradas por Hematoxilina-eosina e Carbol-fucsina, e resultado positivo para o teste de urease nas primeiras 3 horas. Esses animais foram separados aleatoriamente em 4 grupos de 7 componentes cada. O grupo 1 foi o controle e recebeu cápsulas placebo (vazias). O grupo 2 recebeu 20 gotas de extrato de própolis a 30% e o grupo 3 recebeu 500mg de óleo de alho em cápsulas, ambos a cada 24 horas durante 30 dias. O grupo 4 recebeu tratamento convencional para Helicobacter, consistindo em Amoxicilina, Metronidazol e Omeprazol, na dose de 20mg/Kg a cada 12 horas, 25mg/Kg e 20mg/Kg a cada 24 horas, respectivamente durante 15 dias. Ao final do tratamento os cães foram submetidos a novas endoscopias e biopsias da mucosa gástrica. Para análise histológica foram atribuídos escores de 0 a 3, considerando a média por campo (400x) para o número de bactérias espiraladas e para o número de células inflamatórias e alterações degenerativas glandulares. A prevalência de Helicobacter spp. identificado pela histologia (Hematoxilina-eosina e Carbol-Fucsina) e positividade no teste da urease, foi de 100%, antes dos tratamentos. Ao exame histopatológico a maior parte das amostras apresentou leve infiltrado inflamatório (escore 1), e severa densidade de Helicobacter spp. (escore 3) antes do tratamento. Dos animais tratados aqueles que apresentaram melhores resultados, foi os que receberam a terapia tripla, apresentando erradicação total do Helicobacter spp. tanto na região fúndica quanto na região pilórica. Sendo confirmado na prática devido à ausência da bactéria ao exame histopatológico e resultado negativo ao teste rápido de urease. Entretanto não foi observado correlação significativa em nenhuma das variáveis analisadas neste estudo após o tratamento. Desta forma, a densidade de bactérias não está significativamente correlacionado com o número de células inflamatórias, bem como o agregado linfóide e degeneração glândular. O tratamento com óleo de alho na dose utilizada foi eficaz em reduzir a degeneração glândular tanto na região fúndica quanto na pilórica. Entretanto não foi eficaz em erradicar o Helicobacter spp. em cães, apenas diminuindo a sua colonização em alguns dos animais tratados. O tratamento com extrato de própolis na dose utilizada não foi eficaz em reduzir ou até mesmo erradicar o Helicobacter spp. em cães.
The Helicobacter spp. inhabits men's stomach and animals. In human medicine it is one of the principal gastritis causes. The resistance of the Helicobacter pylori to the conventional treatment is one of the main problems that are found. This way, several alternative treatments have been proposed, as the use of propolis and garlic, that has been demonstrating its activity anti-H pylori through studies " in vitro ". The aim of this study was to determined if the colonization degrees for organisms similar to Helicobacter are sensitive to the employment of propolis extract and of garlic oil as natural bacteriostatics, decreasing thus the colonization and density of Helicobacter in the gastric mucous membrane of dogs, as well as the inflammatory alterations caused by this patogen. For so much, 28 dogs were selected with Helicobacter spp. and histologic alterations present in the endoscopic biopsies red-faced for Hematoxilin-eosin and Carbol-fucsina, and positive result for the urease test in the first 3 hours. Those animals were randomly separate in 4 groups of 7 components each. Group 1 was the control and received placebo capsules (empty), group 2 received 20 drops of propolis extract 30%, group 3 received 500mg of garlic oil in capsules every 24 hours for 30 days, and group 4 received conventional treatment for Helicobacter, consisting of Amoxicilin, Metronidazole and Omeprazol, in the dose of 20mg/Kg every 12 hours, 25mg/Kg and 20mg/Kg every 24 hours, for 15 days. At the end of the treatment the dogs new endoscopies and biopsies of the gastric mucous membrane were submitted to. For histologic analysis scores from 0 to 3 were attributed considering the average per field (400x) of spiraled bacteria and inflammatory number cells and glandular degenerative alterations. The prevalency of Helicobacter spp. identified for the histology (Hematoxilina-eosina and Carbol-Fucsina) and positivity in the urease test, was 100%, before the treatments. For the histopathologic examination most of the samples presented light infiltrated inflammatory (score 1), and severe density of Helicobacter spp. (score 3) before the treatment. From the treated animals that presented better results, it was accomplished with the triple therapy, presenting total eradication of Helicobacter spp. so much in the fundus as in the pylorus regions, being confirmed in practice due to the absence of the bacteria to the histopathologic examination and negative result to the fast urease test. However significant correlation was not observed in none of the variables analized in this study after the treatment. This way, the density of bacterias is not significantly correlated with the number of inflammatory cells, as well as the lymphoid nodules and glandular degeneration. The treatment with garlic oil in the used dose was effective in reducing the degeneration glandular in the fundic region as in the pilorus. However it was not effective in eradicating the Helicobacter spp. in dogs, it just reduced its colonization in some of the treated animals. The treatment with propolis extract in the used dose was not effective in reducing or even eradicating the Helicobacter spp. in dogs.
Palavras-chave: Cão
Estômago
Infecções
Helicobacter
Extrato de própolis
Gastroenterologia veterinária
Dogs
Stomach
Infections
Helicobacter
Propolis extract
Veterinary gastroenterology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::PATOLOGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: COSTA, Manuella Carvalho da. Use of propolis extract, garlic oil and triple terapy in the control of Helicobacter spp. in dogs. 2005. 66 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5022
Data do documento: 22-Dez-2005
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf688,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.