Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5093
Tipo: Dissertação
Título: Duração do ciclo do epitélio seminífero e produção espermática de Leopardus pardalis, Linnaeus, 1758
Título(s) alternativo(s): Duration of the seminiferous epithelium cycle and sperm production of Leopardus pardalis, Linnaeus, 1758
Autor(es): Castro, Mariana Moraes de
Primeiro Orientador: Paula, Tarcízio Antônio Rego de
Primeiro coorientador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Segundo coorientador: Neves, Mariana Machado
Primeiro avaliador: Fonseca, Cláudio César
Segundo avaliador: Peixoto, Juliano Vogas
Abstract: O estudo da morfologia testicular e do processo espermatogênico em animais silvestres são fundamentais para o conhecimento dos padrões fisiológicos, auxiliando assim no estabelecimento de protocolos em reprodução assistida. Os objetivos deste estudo foram descrever a duração do ciclo do epitélio seminífero pela identificação das células germinativas mais avançadas marcadas pela 5-bromodeoxiuridina (BrdU); caracterizar os diversos estádios que constituem o ciclo do epitélio seminífero com base na associação das técnicas de morfologia tubular e desenvolvimento do sistema acrossômico; calcular a produção espermática diária por grama de testículo de jaguatirica (Leopardus pardalis). Para isso, foram utilizados cinco animais machos adultos provenientes do Centro de Triagem de Animais Silvestres da Universidade Federal de Viçosa e da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte, ambas em Minas Gerais, Brasil. Os animais foram submetidos a biópsias testiculares a fim de se obter material biológico para avaliação histológica e imunohistoquímica. Foram descritos e determinada a frequência relativa de oito estádios do ciclo do epitélio seminífero em jaguatirica com base no método da morfologia tubular associado ao método do sistema acrossômico. Foi observado um estádio do ciclo por secção transversal de túbulo sendo a fase pré meiótica do processo espermatogênico maior que as outras (56,5%). Através do uso de um marcador de proliferação celular injetado intratesticularmente (BrdU) foi observado após 16 dias de aplicação, células marcadas em transição de paquíteno para diplóteno no início do estádio III. A partir daí, pode-se concluir que um ciclo do epitélio seminífero de jaguatirica dura 11,30 dias, assim o processo espermatogênico da jaguatirica dura no total 50,85 dias. A jaguatirica apresentou diâmetro médio de túbulos seminíferos de 211,37μm e 17,81 metros por grama de testículo em média. No epitélio seminífero, em cada secção transversal do túbulo seminífero no estádio I do ciclo, foi observado em média 1,06 espermatogônias do tipo A; 17,78 espermatócitos primários em pré-leptóteno/leptóteno; 19,22 espermatócitos primários em paquíteno; 59,5 espermátides arredondadas e 6,86 células de Sertoli. O rendimento geral da espermatogênese nesta espécie foi de aproximadamente 57 células, e cada célula de viiiSertoli foi capaz de sustentar e manter 14,38 células da linhagem germinativa das quais, 8,76 espermátides arredondadas. A produção espermática diária encontrada demonstra que a jaguatirica é um animal com alto nível de produção, uma vez que sua produção é cerca de 32 milhões de espermatozóides por grama de testículo.
The study of testicular morphology and spermatogenic process in wild animals are fundamental to the knowledge of physiological patterns, thus assisting in establishing protocols for assisted reproduction. The objectives of this paper were to describe the cycle of the seminiferous epithelium by identifying the most advanced germ cells marked by 5-bromodeoxyuridine (BrdU); to characterize the various stages that constitute the cycle of the seminiferous epithelium based on the combination of the techniques of tubular morphology and development of the acrosomal system, calculate the daily sperm production per gram of testis of ocelot (Leopardus pardalis). For this, we used five adult males from Centro de Triagem de Animais Silvestres at Universidade Federal de Viçosa and from Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte, both in Minas Gerais, Brazil. The animals underwent testicular biopsies in order to obtain biological material for histology and immunohistochemistry. We described and determined the relative frequency of eight stages of the seminiferous epithelium cycle on the ocelot based in the tubular morphology method associated with the acrosomal system method. We observed one stage of the cycle by tubule cross-section, being that the pre-meiotic spermatogenic process is longer than the others (56.5%). Through the use of a cell proliferation marker intratesticularly injected (BrdU) we observed after 16 days of application, labeled cells in transition from pachytene to diplotene at the beginning of stage III. From there, we can conclude that a cycle of the seminiferous epithelium of ocelot takes 11.30 days, so the ocelot spermatogenesis process lasts 50.85 days. The ocelot had an average diameter of seminiferous tubules of 211.37 μm and 17.81 meters per gram of testis on average. In the seminiferous epithelium, in each cross-section of seminiferous tubule in stage I of the cycle, we observed on average 1.06 type A spermatogonia, 17.78 primary spermatocytes in pre-leptotene/leptotene, 19.22 primary spermatocytes in pachytene, 59.5 round spermatids and 6.86 Sertoli cells. The overall yield of spermatogenesis in this species was approximately 57 cells, and each Sertoli cell was able to sustain and maintain 14,38 germline cells of which 8.76 were round xspermatids. The daily sperm production found shows that the ocelot is an animal with a high level of production, since production is about than 32 million sperm per gram of testis.
Palavras-chave: Jaguatirica
processo espermatogênico
BrdU
Ocelot
Spermatogenic process
BrdU
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: CASTRO, Mariana Moraes de. Duration of the seminiferous epithelium cycle and sperm production of Leopardus pardalis, Linnaeus, 1758. 2012. 64 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5093
Data do documento: 9-Fev-2012
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.