Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5103
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos de soluções eletrolíticas hipotônicas associadas à sacarose, dextrose ou maltodextrina administradas por via enteral em equinos
Título(s) alternativo(s): Electrolytic hypotonic solution which is associated to Sucrose, Dextrose or Maltdextrin that are administrated to horses through enteral application
Autor(es): Pessin, Ana Estela
Primeiro Orientador: Ribeiro Filho, José Dantas
Primeiro coorientador: Fonseca, Brunna Patrícia Almeida da
Primeiro avaliador: Filippo, Paula Alessandra Di
Abstract: O presente estudo tem como objetivo avaliar os efeitos de soluções eletrolíticas hipotônicas associadas à sacarose, dextrose ou maltodextrina administradas via enteral por sonda nasoesofágica de pequeno calibre em fluxo contínuo sobre parâmetros clínicos e laboratoriais em equinos. Foram utilizadas seis fêmeas adultas, mestiças em dois quadrados latinos 6X3 simultâneos em modelo misto, utilizando-se o esquema de parcelas subdivididas sendo que os tratamentos representam as parcelas e os tempos de avaliação às subparcelas. A cada ciclo experimental, os animais foram trocados de grupo, de maneira que todos passaram por todos os tratamentos. Os animais passaram por um período de adaptação as baias e a alimentação. Os grupos foram assim constituídos: SEDext - solução eletrolítica hipotônica associada a dextrose, SEMalt - solução eletrolítica hipotônica associada à maltodextrina e SESaca - solução eletrolítica hipotônica associada a sacarose. As soluções eletrolíticas foram administradas na dose de 15 mL-1 kg-1 h-1, durante 12 horas. A avaliação clínica e laboratorial foi realizada nos tempos 0h (imediatamente antes do início do tratamento), 6h (seis horas de tratamento), 12h (12 horas de tratamento) e 24h (12 horas após o término do tratamento. O SESaca expandiu o volume plasmático, aumentou a motilidade intestinal, porém, não aumentou a taxa glicêmica. O SEDext aumentou a taxa glicêmica, a motilidade intestinal e expandiu o volume plasmático, enquanto o SEMalt, além de expandir o volume plasmático, foi a solução eletrolítica que mais aumentou a taxa glicêmica dos animais. Não houve alteração nos valores dos eletrólitos séricos, permanecendo dentro dos limites fisiológicos para espécie. Esses resultados evidenciam a eficiência na clínica ao administrar soluções eletrolíticas de uso enteral em equinos.
The following study has the goal of evaluate the effects of electrolytic hypotonic solution which is associated to sucrose, dextrose or maltdextrin that are administrated through enteral application nasoesophageal with small-caliber and continuous flux on horses clinical parameters. It was used six adult female, mixed on two latin square 6x3 simultaneous in mix models, it was also used the subdivided parcels scheme and the treatments represent the parcel and the time of sub parcel evaluation. On each experimental cycle, the animals were group rearranged so all of them were submitted to all treatments. The animals were also leaded to an adaptation period in the stall and alimentation. The groups were distributed as follows: SEDext electrolytic hypotonic solution associated dextrose. SEMalt electrolytic hypotonic solution associated with maltodextrin and SESaca - electrolytic hypotonic solution associated with sucrose. The electrolytic solutions doses were administrated in 15mL-1kg-1h-1, for a period of 12 hours. The clinical and laboratorial evaluation was performed at times 0h (immediately starting treatment), 6h (six hours of treatment), 12h (12 hours of treatment) and 24 hours (12 hours after treatment). O SESaca has expanded the plasmatic volume, increased the intestine motility, however the glycemic rate has not increased. O SEDext has increased the glycemic rate, the intestine motility, and expanded the plasmatic volume, whiles the SEMalt, expanded the plasmatic volume, was also the electrolytic solution that increased the most the glycemic rate to the animals. There was not change to the serum electrolyte, remaining between the physiologic limits to the species. These results demonstrate the efficiency in the clinic to administer enteral electrolyte solutions for use in horses.
Palavras-chave: Hidratação enteral
Fontes de energia
Baixa osmolaridade
Enteral hydration
Energy sources
Low osmolarity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: PESSIN, Ana Estela. Electrolytic hypotonic solution which is associated to Sucrose, Dextrose or Maltdextrin that are administrated to horses through enteral application. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5103
Data do documento: 16-Mar-2012
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,32 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.