Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5105
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da incidência de infecção do sítio cirúrgico, em cães e gatos operados no hospital veterinário da UFV, associada a fatores de risco, bactérias isoladas e perfil de resistência aos antimicrobianos
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the incidence of surgical site infection, in operated dogs and cats at the UFV veterinary hospital, associated with risk factors, isolated bacteria and antimicrobial resistance profile
Autor(es): Corsini, Camila Maria Mantovani
Primeiro Orientador: Borges, Andrea Pacheco Batista
Primeiro coorientador: Silva Júnior, Abelardo
Segundo coorientador: Moreira, Maria Aparecida Scatamburlo
Primeiro avaliador: Siqueira-batista, Rodrigo
Segundo avaliador: Carlo, Ricardo Junqueira Del
Abstract: O presente estudo teve como objetivo determinar a taxa de infecção do sítio cirúrgico (ISC) na Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa (HVT-UFV) e associar essa incidência com os seguintes fatores de risco: classificação da ferida cirúrgica de acordo com seu potencial de contaminação, realização de profilaxia antimicrobiana, prescrição de terapia antimicrobiana e quantidade de pessoas presentes na sala de cirurgia no momento do procedimento. Para isso os médicos veterinários residentes passaram por treinamento prévio para padronizar o diagnóstico de ISC, assim como a obtenção dos dados acima citados. Foram utilizados os animais atendidos na rotina cirúrgica do HVT-UFV sem alterá-la, no período de 02 de agosto de 2010 a 01 julho de 2011. Neste período foram incluídos no estudo 401 animais, entre cães e gatos, dos quais 21 apresentaram ISC, determinando uma taxa de infecção de 5,24%. Após análise estatística dos dados, foi verificada associação entre incidência de ISC e cirurgias com risco de contaminação maior que 5%, sendo estas denominadas cirurgias potencialmente contaminadas, contaminadas e infectadas, reunidas em um único grupo. Os demais fatores de risco avaliados não apresentaram associação com a ocorrência de ISC, porém, em relação à quantidade de pessoas presentes na sala de cirurgia detectou-se, em valores absolutos, uma taxa de ISC 2,84 vezes maior na sala em que estavam presentes mais de quatro pessoas. Objetivou-se ainda com a utilização da mesma amostra e no mesmo período, identificar as bactérias presentes nas feridas cirúrgicas com diagnóstico de ISC no HVT-UFV, assim como traçar seu perfil de resistência aos antimicrobianos. Diante disso, foram coletadas amostras dos 21 pacientes com diagnóstico positivo de ISC, as quais foram processadas para obtenção de culturas puras. A partir dessas 21 amostras foram obtidos 61 isolados, os quais passaram por testes bioquímicos para sua caracterização fenotípica e posteriormente por sequenciamento genético para sua caracterização genotípica. Foi também determinado o perfil de resistência aos antimicrobianos utilizados na Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais do HVT-UFV, os quais foram analisados da seguinte forma: amoxicilina/ácido clavulânico, cefalotina, tetraciclina, oxacilina e ampicilina para as bactérias Gram positivas e amoxicilina/ácido clavulânico, tetraciclina, ampicilina e enrofloxacino paras as Gram negativas. Após análise dos dados obtidos pode-se verificar a ocorrência de 12 gêneros de bactérias presentes nas feridas cirúrgicas diagnosticadas com ISC no HVT-UFV. Caracterizaram-se como Gram negativas 63,93% das bactérias identificadas, e dentre estas, o gênero Escherichia foi observado em maior número. Entre as bactérias caracterizadas como Gram positivas (36,07%), o gênero Staphylococcus foi verificado em maior quantidade. Neste gênero foi detectada resistência à oxacilina em 76,47% dos isolados e resultados positivos para o teste da coagulase. Por fim, dentre todos os antimicrobianos testados, a ampicilina foi o antimicrobiano que apresentou maior número de isolados resistentes, seguida pela tetraciclina, cefalotina, enrofloxacino e amoxicilina/ácido clavulânico.
The present study aimed to determine the rate of surgical site infection (SSI) in small animals surgery department at the Veterinary Hospital of the Federal University of Viçosa (UFV-VH) and associate this incidence to the following risk factors: surgery wound classification according to their potential contamination, antimicrobial prophylaxis, antimicrobial therapy and number of people present in the operating room during the procedure. For this, the residents were previously trained to standardize the diagnosis of SSI, as well as obtaining the data mentioned above. Animals from the surgical routine of the UFV-VH were included in the study, without changing it, from August 2, 2010 to July 01, 2011. During this period 401 animals were included, with 21 of them presenting ISC, determining an infection rate of 5.24%. After statistical analysis, an association was found between the incidence of SSI and a group of surgeries characterized by presenting contamination risk higher than 5%, which were the potentially contaminated, contaminated and infected surgeries, combined into a single group. Other risk factors evaluated showed no association with SSI, however, on the amount of people present in the surgery room, in absolute values, an SSI rate of 2.84 times higher was detected for surgeries in which the operating room had more than four people. Additionally, we aimed at using the same sample in the same period, to identify bacteria on the surgical wounds diagnosed with SSI in the UFV-VH, and trace its antimicrobial resistance profile. Thus, samples were collected from the 21 patients diagnosed with ISC, which were initially processed to obtain pure cultures. These 21 samples resulted in 61 isolates, which underwent biochemical tests for phenotypic characterization and subsequently by conventional PCR for their genotypic characterization. It was also determined the minimum inhibitory concentration for the most frequently antimicrobials used in the UFV-VH used as follows: amoxicillin/clavulanic acid, cephalothin, tetracycline, ampicillin and oxacillin for Gram-positive and amoxicillin/clavulanic acid, tetracycline, ampicillin and enrofloxacin for Gram negative. It was verified the occurrence of 12 genera of bacteria on the surgical wounds diagnosed with SSI in the UFV-VH, and 63,93% were characterized as Gram-negative and that among these, the genus Escherichia presented with greater frequency. Among the Gram-positive bacteria (36,07%) the genera Staphylococcus has been found in larger quantities. In this genus, resistance to oxacilin was determined in 76,47% of the samples and positive results for the coagulase test were verified. Finally, among all identified genera, greater resistance to ampicillin was detected, followed by tetracycline, cephalothin, enrofloxacin and amoxicillin/clavulanic acid.
Palavras-chave: Infecção do sítio cirúrgico
Bactérias isoladas
Antimicrobiano
Cães
Gatos
Surgical site infection
Isolated bacteria
Antimicrobial
Dogs
Cats
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA::DOENCAS PARASITARIAS DE ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: CORSINI, Camila Maria Mantovani. Evaluation of the incidence of surgical site infection, in operated dogs and cats at the UFV veterinary hospital, associated with risk factors, isolated bacteria and antimicrobial resistance profile. 2012. 85 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5105
Data do documento: 29-Mai-2012
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,62 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.