Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5120
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorBustamante, Lina Rosa Carazo
dc.date.accessioned2015-03-26T13:47:09Z-
dc.date.available2013-12-16
dc.date.available2015-03-26T13:47:09Z-
dc.date.issued2012-07-30
dc.identifier.citationBUSTAMANTE, Lina Rosa Carazo. Reproductive parameters of Alpine goats from birth to sexual maturity. 2012. 88 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5120-
dc.description.abstractObjetivou-se com este estudo avaliar os parâmetros quantitativos e qualitativos do sêmen e o desenvolvimento testicular de caprinos de raça Alpina durante os primeiros 13 meses de idade, além de verificar o efeito do clima sob as características reprodutivas avaliadas. Foram utilizados quatro animais contemporâneos desde o primeiro mês de idade, criados em regime intensivo no município de Viçosa MG. Foram realizadas biometrias testiculares semanais desde o primeiro até o décimo terceiro mês de idade. As coletas de sêmen foram realizadas duas vezes por semana a partir dos seis meses de idade, quando os animais tinham aproximadamente 25 kg de peso corporal, para avaliação das características seminais e análise da integridade de membrana plasmática pelo teste hiposmótico (HOST). Os testículos foram avaliados a cada quinze dias por meio de imagens ultrassonográficas para avaliar a ecotextura testicular. O crescimento foi acompanhado semanalmente por meio da mensuração da altura e peso corporal. Para caracterização do micro-clima foi colocado numa das baias um termômetro de máxima e mínima além de bulbo seco e bulbo úmido para determinação do Índice de Temperatura e Umidade (ITU), sendo realizadas as leituras uma vez por semana em quatro horários diferentes. O peso corporal e perímetro escrotal (PE) mostraram um comportamento linear (P<0,05), o último passou de 9,9±1,2 cm no primeiro mês para 25,7±1,3 cm aos treze meses de idade, sendo as variações de maior magnitude entre o primeiro e o quinto mês. O comprimento, largura e volume testicular aumentaram progressivamente até o oitavo mês com variações nos meses seguintes. Comportamento semelhante foi observado na ecotextura testicular, que foi maior no oitavo mês, indicando que a partir dessa faixa etária ocorreram a estruturação e estabilização do parênquima testicular e as alterações nas mensurações testiculares devem-se ao aumento do comprimento dos túbulos seminíferos e às mudanças do fotoperíodo na região. O inicio das avaliações seminais aos seis meses de idade demonstrou que os animais se encontravam em fase de transição, entre a adolescência e a maturidade sexual, atingindo a maturidade sexual aos nove meses de idade. O HOST mostrou ser uma importante ferramenta para avaliação da integridade da membrana plasmática dos espermatozóides caprinos. Quanto aos parâmetros ambientais, por meio do ITU se verificou que os animais não ficaram em condições de estresse térmico, assim como as características reprodutivas não foram influenciadas pelos fatores do clima. A avaliação ultrassonográfica dos testículos por sua vez, mostrou-se um método eficaz capaz de detectar as mudanças no parênquima testicular ao longo do tempo e como ferramenta alternativa para diferenciação de condições normais e patológicas em caprinos.pt_BR
dc.description.abstractThe objective of this study was evaluate the quantitative and qualitative parameters of semen and testicular development of Alpine goats during the first 13 months of age, and verify the effect of climate on reproductive characteristics. Four steers with similar age were used were from the first month, raised in Viçosa-MG and managed intensively. Testicular samples were collected weekly between the first and thirteenth month of age. The semen collection was performed twice a week starting at six months of age, when the animals had approximately 25 kg body weight, to assess the seminal characteristics and analysis of plasma membrane integrity by hypo-osmotic swelling test (HOST) for membrane integrity evaluation. The testes were evaluated every two weeks through ultrasound images to assess testicular echotexture. The growth was monitored weekly by measuring the height and body weight. To characterize micro-climate a maximum and minimum thermometer and a dry bulb and wet bulb, was placed in the stalls to determine the temperature and humidity index (THI). The readings were taken once a week at four different times. Body weight and scrotal circumference (SC) showed a linear course (P<0.05), and the latter varied from 9.9±1.2 cm in the first month to 25.7±1.3 cm at thirteenth months, and the changes of greater magnitude were between the first and fifth months. The length, width and testicular volume increased progressively until the eighth month to become unstable for the next ones. Similar behavior was observed in testicular echotexture, which was largest in the eighth month, indicating that in this age structuring and stabilization of the testicular parenchyma occurred, and the changes in testicular measurements may be due to the increased length of the seminiferous tubules and changes in the photoperiod region. The beginning of the seminal evaluations at six months of age showed that the animals were in transition between teenage and sexual maturity, reaching sexual maturity at nine months of age. The HOST was an important tool to evaluate the integrity of goat sperm plasma membrane. The animals have not heated to thermic stress as seen by the THI index and the reproductive characteristics were not influenced by seasonal variations of the environment parameters. The testicular ultrasonography was an effective exam, capable of detecting changes in testicular parenchyma over time and as a alternative tool to differentiate normal and pathological conditions in goats.eng
dc.description.sponsorship
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSêmenpor
dc.subjectEcotextura testicularpor
dc.subjectBiometria testicularpor
dc.subjectSemeneng
dc.subjectTesticular echotextureeng
dc.subjectTesticular biometricseng
dc.titleParâmetros reprodutivos em bodes da raça Alpina do nascimento à maturidade sexualpor
dc.title.alternativeReproductive parameters of Alpine goats from birth to sexual maturityeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3210767274928602por
dc.contributor.advisor-co1Costa, Eduardo Paulino da
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787237D6por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentBiotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. depor
dc.publisher.programMestrado em Medicina Veterináriapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIApor
dc.contributor.advisor1Guimarães, José Domingos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4782270U6por
dc.contributor.referee1Torres, Ciro Alexandre Alves
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787213D4por
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.