Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5156
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da interação entre os isolados fúngicos Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta no controle biológico de nematóides gastrintestinais de bovinos leiteiros a campo
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the interaction between the fungal isolates Duddingtonia flagrans Monacrosporium thaumasium And Arthrobotrys robusta in biological control of gastrointestinal nematodes of dairy cattle in the field
Autor(es): Luns, Fábio Dias
Primeiro Orientador: Araújo, Jackson Victor de
Primeiro coorientador: Braga, Fábio Ribeiro
Primeiro avaliador: Cury, Márcia Cristina
Segundo avaliador: Angelo, Isabele da Costa
Abstract: O parasitismo gastrintestinal por nematóides constitui relevante problema nos rebanhos bovinos mundiais. O controle biológico desses parasitos com fungos nematófagos é alternativa eficaz para o controle das parasitoses de bovinos a campo. O objetivo deste estudo foi avaliar a interação entre os fungos predadores de nematóides Duddingtonia flagrans (AC001), Monacrosporium thaumasium (NF34A) e Arthrobotrys robusta (I31) no controle de parasitos gastrintestinais em bovinos de leite a campo. Quarenta bezerras Girolando, fêmeas, entre seis e 12 meses de idade, foram divididas em cinco grupos de 08 animais cada e durante seis meses, cada grupo recebeu os seguintes tratamentos: Grupo 1: 1g/10 kg de peso vivo (PV) de pellets de alginato de sódio (0,2 g de fungo/ 10 kg de PV) contendo os fungos D. flagrans e M. thaumasium, duas vezes por semana; Grupo 2: 1g/10 kg de PV de pellets contendo os fungos D. flagrans e A. robusta, duas vezes por semana; Grupo 3: 1g/10 kg de PV de pellets contendo os fungos M. thaumasium, A. robusta e D. flagrans; Grupo 4: controle negativo, não tratado (pellets sem fungos) e Grupo 5: controle positivo: 1g/10 kg de PV de pellets contendo o fungo D. flagrans. As percentagens de redução do OPG obtidos neste estudo foram de 78% (Grupo 1), 78% (Grupo 2), 80% (Grupo 3) e 73% (Controle +). No último mês do estudo, houve uma redução de OPG de 67% (Grupo 1), 74% (Grupo 2), 70% (Grupo 3) e 74% (controle +). Não houve diferença significativa na redução de OPG entre os grupos tratados com a associação de dois (G1, G2) ou três (G3) isolados fúngicos e o grupo tratado com D. flagrans apenas (p>0,05). Conclui-se que não houve sinergismo entre os isolados fúngicos M. thaumasium (NF34A), A. robusta (I31) e D. flagrans (AC001), quando utilizados associados em formulação de pellets de alginato de sódio no controle de nematóides de bovinos de leite a campo.
The gastrointestinal parasitism by nematodes is a relevant problem in cattle around the world. Biological control of nematodes with nematophagous fungi is an effective alternative for the control of parasitic diseases of cattle in the field. The aim of this study was to evaluate the interaction between nematophagous fungi Duddingtonia flagrans (AC001), Monacrosporium thaumasium (NF34A) and Arthrobotrys robusta (I31) in the control of gastrointestinal nematodes in cattle under field conditions. Forty heifers Girolando females, aged between six and 12 old-months were divided into five groups of 08 animals for a period of six months and each group received the following treatments: Group 1: 1g/10 kg body weight (b.w.) of pellets sodium alginate (0.2 g of fungus/ 10 kg b.w.) containing fungi D. flagrans and M. thaumasium twice a week, Group 2: 1g/10 kg b.w. of pellets containing fungi D. flagrans and A. robusta, twice a week, Group 3: 1g/10 kg b.w. of pellets containing fungi M. thaumasium, A. robusta and D. flagrans, Group 4: negative control, untreated; and Group 5: positive control: 1g/10 kg b.w. of pellets containing the fungus D. flagrans only. The EPG reduction percentages obtained in this study were 78% (Group 1), 78% (group 2), 80% (Group 3) and 73% (Control +). In the last month of the study, there was a reduction of 67% (Group 1), 74% (Group 2), 70% (Group 3) and 74% (Control +). There was no significant difference in EPG between the groups treated with association by two fungal isolates (G1 and G2), three fungal isolates (G3) and the group treated with pellets of D. flagrans only (p>0.05). It was concluded that there was no synergy between the fungal isolates M. thaumasium (NF34A), A. robusta (I31) and D. flagrans (AC001) when used in associated on the formulation of pellets sodium alginate to control nematodes of dairy cattle in the field.
Palavras-chave: Controle biológico
Nematóides
Bovinos
Biological control
Nematodes
Cattle
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: LUNS, Fábio Dias. Evaluation of the interaction between the fungal isolates Duddingtonia flagrans Monacrosporium thaumasium And Arthrobotrys robusta in biological control of gastrointestinal nematodes of dairy cattle in the field. 2013. 50 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5156
Data do documento: 25-Jul-2013
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf921,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.