Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5158
Tipo: Dissertação
Título: Perfil epidemiológico e análise microbiológica de infecção de sítio cirúrgico em pacientes humano e animal de companhia
Título(s) alternativo(s): Epidemiological profile and microbiological analysis in surgical site infection in patients with human and pet
Autor(es): Murta, Aline Ribeiro
Primeiro Orientador: Borges, Andrea Pacheco Batista
Primeiro avaliador: Reis, Emily Correna Carlo
Segundo avaliador: Valente, Fabrício Luciani
Terceiro avaliador: Vanetti, Maria Cristina Dantas
Abstract: A infecção de sítio cirúrgico (ISC) tem sido apontada como a terceira causa mais comum de infecção nosocomial. Este estudo objetivou determinar o perfil epidemiológico das ISCs e sua associação aos fatores de risco descritos. Trata-se de um estudo transversal, realizado no Hospital São João Batista de Viçosa-MG e na Clínica Cirúrgica de Cães e Gatos do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa- MG, no período de setembro de 2012 a fevereiro de 2013. As taxas globais de ISC foram de 0,7% no hospital humano e 3,46% no veterinário. No hospital veterinário, a taxa de ISC não mostrou relação com o potencial de contaminação, apresentando a maior taxa nos procedimentos classificados como limpos. Quanto ao tipo de cirurgia, as ortopédicas são as mais comuns em ambos os hospitais e também as que apresentam maior taxa de ISC. Foi observada diferença significativa nas cirurgias com duração superior a 40 minutos pelos testes não paramétricos de Wilcoxon e Mann-Whitney (p=0,041) no HVT-UFV. O diagnóstico das ISC ocorreu dentro dos 30 dias após a cirurgia, e dados do HVT-UFV demonstraram efetividade dos estudos desenvolvidos neste hospital, indicando melhora das medidas de prevenção e controle das ISC, porém em ambos os hospitais não é realizada a vigilância pós-alta dos pacientes, podendo inferir que houve subnotificação das ISC. As bactérias isoladas das feridas cirúrgicas foram multirresistentes e os dados levantados indicam que não houve critério quanto ao emprego da antibioticoprofilaxia, principalmente nas cirurgias limpas. Este cenário mostra que é de extrema relevância a atuação de uma comissão de controle de infecção hospitalar, a fim de garantir obtenção de dados fidedignos, para que se possa avaliar a qualidade do serviço prestado e assim promover a redução dos riscos de complicações pós-operatórias.
Surgical site infection (SSI) has been indicated as the third cause of nosocomial infection. The present study aimed at determining the epidemiological profile of SSI and its association to the described risk factors. It is a transversal study done at the São João Batista Hospital at at Viçosa-MG and at the Surgery Service of the Small Animals Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa-MG, from September 2012 to February 2013. SSI global rates were 0.7% at the human and 3.46% at the veterinary hospitals. At the veterinary hospital, SSI rates were not related to contamination potential, with clean procedures presenting the greater rates. As for the type of surgery, orthopedic ones are the most common in both hospital and also the ones presenting the greater SSI rates. The diagnosis of SSI occurred within 30 days after surgery, and data HVT-UFV demonstrated effectiveness studies developed in this hospital, indicating improvement in the prevention and control of SSI, but in both hospitals is not performed surveillance post-discharge of patients, and may infer that there was underreporting of SSI. Bacteria isolated from surgical wounds were multi-resistant and the obtained data indicated that no criteria of antibiotic prophylaxis existed, mainly for clean surgeries. This scenario shows that the action of a commission to control nosocomial infection are extremely relevant in order to guarantee reliable data so that the quality of service may be evaluated and thus, promoting a decrease the risk of in post-operative complications.
Palavras-chave: Epidemologia
Infecção do sítio cirúrgico
Microbiologia
Epidemiology
Surgical site infection
Microbiology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: MURTA, Aline Ribeiro. Epidemiological profile and microbiological analysis in surgical site infection in patients with human and pet. 2013. 94 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5158
Data do documento: 31-Jul-2013
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.