Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5161
Tipo: Dissertação
Título: Ocorrência de Mycobacterium bovis em queijos coalho artesanais e fatores associados ao consumo de leite e derivados lácteos informais
Título(s) alternativo(s): Occurrence of Mycobacterium bovis in homemade coalho cheeses and factors associated with the consumption of milk and milk derivatives informal
Autor(es): Rocha, Bernardo Barbosa
Primeiro Orientador: Moreira, Maria Aparecida Scatamburlo
Primeiro coorientador: Bevilacqua, Paula Dias
Segundo coorientador: Nero, Luís Augusto
Primeiro avaliador: Souza, Guilherme Nunes de
Abstract: A tuberculose zoonótica cujo agente etiológico é o Mycobacteirum bovis pertencente ao Complexo Mycobacterium tuberculosis (M tuberculosis, M bovis, M africanum, Mmicroti,M canettii e M. caprae) causa doenças em seres humanos, bovinos e outros animais em vários países do mundo. Nos humanos, M. bovis pode determinar as mesmas formas clínicas dos acometimentos que M. tuberculosis. Antes dos programas de controle e erradicação da tuberculose bovina e do evento de pasteurização do leite, a principal forma infecciosa era a extrapulmonar com destaque para tuberculose renal nos adultos, tuberculose ganglionar em crianças, devido à via de infecção principal ser o trato gastrointestinal, sendo as principais fontes o leite e lácteos não fervidos ou não pasteurizados. Uma vez que M. bovis está relacionado com inúmeros casos de tuberculose em humanos, existe uma preocupação com a qualidade e a inocuidade do leite e produtos lácteos, visando prevenir ou minimizar riscos à saúde humana. Considerando-se que o Brasil é um grande país produtor de leite, a presença de M. bovis em rebanhos brasileiros, a importância da qualidade do leite e o potencial zoonótico associados, este estudo objetivou i) realizar uma revisão sistemática sobre a situação da tuberculose zoonótica no mundo, ii) estimar a prevalência, o consumo de leite e queijo não pasteurizados e fatores associados em uma população de alta vulnerabilidade social de Juiz de Fora, Brasil, bem como iii) avaliar a ocorrência de M. bovis em queijo coalho na região de Parnaiba, Piauí Brasil. No estudo de revisão sistemática verificou-se que ainda são necessários esforços educativos direcionados a populações de alto risco para infecções por M. bovis, como trabalhadores que lidam com pecuária ou agroindústria de alimentos. Estes se localizam em áreas com uma agroindústria extensiva, onde a população bovina ainda está contaminada por M. bovis. Além disso, a disseminação do agente entre animais e seres humanos em países em desenvolvimento permanece como um perigo real, principalmente por meio do consumo de leite e derivados crus. No estudo, verificou-se que a taxa de consumo atual de leite cru e queijo feito com leite cru foi de 11,4% e 43,9%, respectivamente. As variáveis, idade, histórico de residência no meio rural, tipo de moradia, ocupação, local de moradia e histórico de consumo viii exagerado de álcool no último ano, apresentaram-se associados (p ≤ 0,05) ao consumo de leite cru e as variáveis local de residência, ocupação e histórico do consumo exagerado de álcool apresentaram-se associados (p ≤ 0,05) ao consumo de queijo feito com leite cru. No estudo sobre ocorrência de M. bovis em queijos coalho, verificou-se uma taxa de 10% de amostras evidenciadas positivas pela técnica qRT-PCR, o que reforça a possibilidade de transmissão desse patógeno via lácteos confeccionados com leite cru. O presente estudo demonstra que a transmissão zoonótica de M. bovis no Brasil permanece viável, dadas as altas taxas de consumo de lácteos informais e a presença de M. bovis em produtos artesanais verificadas, o que deve servir de alerta às autoridades de saúde e agricultura sobre a necessidade de medidas preventivas.
The zoonotic tuberculosis whose etiologic agent is the Mycobacteirum bovis belonging to the Mycobacterium tuberculosis complex (M. tuberculosis, M. bovis, M. africanum, M. microti, M. canettii and M. caprae) causes diseases in humans, cattle and other animals in several countries of the world. In humans, M. bovis can determine the same clinical onsets forms that M. tuberculosis. Before the programs for the control and eradication of bovine tuberculosis and the event of the milk pasteurization, the main forms of zoonotic tuberculosis were the extrapulmonary with emphasis for renal tuberculosis in adults, lymph node tuberculosis in children due to the mechanism of M. bovis penetration throughout gastrointestinal tract, where its main sources were unboiled or unpasteurized milk and derivates. Once that M. bovis is related with tuberculosis cases in humans, there is a concern with assure the quality and safety of milk and dairy products, aiming to prevent or minimize risks to human health. Considering that Brazil is a great producer of milk, the bovine tuberculosis is endemic in Brazilian herds, the importance of assure the quality and safety of milk and derivates, this study aimed to i) carry out a systematic review about the situation of zoonotic tuberculosis in the world, ii) estimate the prevalence of milk and cheese informal consumption and associated factors to these comsumtion kinds in a population of high social vulnerability in Juiz de Fora, Brazil, as well as iii) to evaluate the occurrence of M. bovis in raw cheeses produced in the region of Parnaiba, Piaui, Brazil. In the systematic review was found that it is still recommended educational efforts directed at high-risk populations to infections caused by M. bovis as workers who deal with livestock and agro-food industry, particularly in areas and countries with an extensive agribusiness in which bovine population is still contaminated by M. bovis. In addition, the dissemination of the agent from animals to humans in developing countries remains as a real danger, mainly through the consumption of raw milk and derivates. Prevalences of raw milk and derivates consumption were of 11.4% and 43.9%, respectively. The variables, age, history of residence in a rural environment, type of dwelling, occupation, place of residence and history of excessive alcohol consumption x in the last year, were associated (p ≤ 0.05) with the consumption of raw milk and the variables place of residence, occupation and history of excessive alcohol consumption were associated (p ≤ 0.05) with the consumption of cheese made with raw milk. In the study to assess the occurrence of M. bovis in raw cheese was found a rate of 10% of positive samples evidenced by qRT-PCR, alerting for the possibility of M. bovis transmission throughout milk and cheeses consumed raw. The present study showed that the zoonotic role of M. bovis remains possible in Brazil. There were significant rates of raw milk and darivates consumption and M. bovis evidences in raw cheeses were verified. These findings should alert the health and agriculture authorities for the need of preventive mesures.
Palavras-chave: Tuberculose
Queijos
Bovino
Tuberculosis
Cheese
Cattle
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: ROCHA, Bernardo Barbosa. Occurrence of Mycobacterium bovis in homemade coalho cheeses and factors associated with the consumption of milk and milk derivatives informal. 2013. 141 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5161
Data do documento: 5-Set-2013
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.