Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5164
Tipo: Dissertação
Título: Teores de nitrogênio uréico no leite e plasma de vacas mestiças
Título(s) alternativo(s): Milk and plasma urea nitrogen on crossbreed cows
Autor(es): Magalhães, Amélia Cristina Mendes de
Primeiro Orientador: Belém, Pacífico Antônio Diniz
Primeiro avaliador: Valadares, Rilene Ferreira Diniz
Segundo avaliador: Ribeiro Junior, José Ivo
Terceiro avaliador: Leão, Maria Ignez
Quarto avaliador: Costa, Deiler Sampaio
Abstract: Esta pesquisa objetivou, inicialmente validar o emprego de kits comerciais colorimétricos enzimáticos (KITS URÉIA CE) também para leite. Foram coletadas 35 amostras de leite e cada uma subdividida em cinco alíquotas, das quais duas foram remetidas a laboratórios de referência (LR) e as demais analisadas por meio de KITS URÉIA CE. Antes da análise, porém, cada uma destas foi submetida a centrifugação (2300 x g durante 30 min) ou precipitação com ácido acético glacial associada à centrifugação ou precipitação com ácido tricloroacético a 25% seguida de filtração (TCA). Os dois LR obtiveram resultados diferentes (P > 0,05) mas altamente correlacionados (r= 0,95). Os teores de NUL determinados nas alíquotas submetidas aos três procedimentos referidos acima apresentaram altas correlações entre si e com os LR, porém apenas os resultados obtidos empregando-se o procedimento TCA foram equivalentes aos encontrados por um dos LR (P < 0,05). Diante disto e pelas facilidades de execução, o procedimento TCA foi empregado na etapa seguinte desta pesquisa. Nela, foram utilizadas dez fazendas na região de Viçosa, para as quais um único dia foi reservado para a obtenção de amostras de leite durante a ordenha da manhã (apenas vacas sadias e com menos de trinta dias pós parto). Em paralelo, foram obtidas amostras de sangue, com anti-coagulante, das vacas secas hígidas e com previsão de parto não inferior a vinte dias. Ao final da ordenha, em cada propriedade, foi recolhida uma amostra de leite do tanque de expansão e registradas as informações relativas aos lotes de vacas em lactação e secas: alimentação, nº de animais e, para as primeiras, produção média diária de leite. Em uma única propriedade, foram colhidas também amostras de sangue das vacas em lactação (n = 35) logo após a ordenha. Os resultados evidenciaram que, dos 33 lotes de produção identificados, apenas seis apresentaram teores médios de NUL entre 12 e 16 mg/dL e três acima desta faixa. Em seis propriedades todos os lotes (n=15) apresentaram teores de NUL bem inferiores a 12 mg/dL e, nas demais, outros oito lotes apresentaram valores similares. Quando os 33 lotes de produção foram agrupados em quatro categorias de acordo com a produção de leite (A: ³ 25 Kg; B: 20-25 Kg; C: 15-20 Kg e D: £15 Kg), os teores médios de NUL calculados para cada uma delas e os respectivos intervalos de confiança foram de 17,35 ± 3,79 mg/dL; 8,28 ± 4,18 mg/dL; 7,29 ± 4,29 mg/dL e 6,25 ± 3,65 mg/dL. Foi observado, também, que nas sete propriedades em que os teores de NUL das amostras dos tanques foram menores que 12 mg/dL, 95,2% (20/21) dos lotes de produção apresentaram comportamento semelhante quanto aos seus teores médios de NUL. Nas outras três propriedades onde os teores de NUL nas amostras dos tanques foram superiores a 16 mg/dL, havia pelo menos um lote com teor médio de NUL acima do referido valor. Quanto às vacas secas, em apenas uma fazenda os teores de NUP situaram-se acima de 16 mg/dL e em oito estavam abaixo de 12 mg/dL. Concluiu-se, então, que em rebanhos leiteiros constituídos de vacas mestiças, apenas lotes com produções médias diárias acima de 20 Kg de leite requerem atenção quanto a excessos de proteínas na dieta e suas conseqüências. A maioria dos lotes de vacas em lactação e secas, no entanto, apresentam, respectivamente, teores médios de NUL ou NUP muito baixos, que refletem inadequações em termos de dieta protéica. Nestas fazendas, as amostras recolhidas dos tanques de expansão também se caracterizam, via de regra, pelas baixíssimas concentrações de NUL que encerram.
The objective of this study was to validate the use of results of commercial enzymatic kits (KITS UREA CE), also to milk. Samples (n = 35) were collected and each one was divided into five aliquots. Two of which were sent to reference laboratories (LRs) and the others were analysed by means of KITS UREA CE. Before the analysis, however, each of these was submitted to different procedures: centrifugation at 2300 x g during 30 min (CENT), precipitation with glacial acetic acid associated to the centrifugation (ACET) or precipitation with 25% tricloro acetic acid followed by filtration (TCA). MUN values differed between laboratories (P > 0.05), but were highly correlated (r=0.95) with each other. MUN values from TCA, ACET and CENT were highly correlated among each other and the LRs but only the samples submitted to TCA procedure presented equal results (p < 0.05) to the one of the LR. Hence, the TCA technique was used in the subsequent step of this study, in which 10 farms located in the surroundings of Viçosa-MG were utilized. For each farm it was reserved one day to collect the milk samples during the morning milking (only healthy cows with less than 30 days after calving). Following, blood samples of dry and healthy cows, with expected calving greater than 20 days, were collected. As soon as the morning milking finished, one sample of milk bulk was collected in each property and the information about the groups of lactation or dries cows (food, number of cows and milk production) were recorded. In only one of the farms samples from lactation cows (n = 35) were also collected immediately after the morning milking. The results showed that only six of the 33 groups of cows obtained MUN average values between 12 and 16 mg/dL and three others showed MUN greater than 16 mg/dL. Despite of this, in six farms all groups of cows (n=15) presented MUN average values much lower than 12 mg/dL and in the others farms eight groups showed similar values. When the 33 groups of cows were arranged in four categories according to milk production (A: ³ 25Kg; B: 20-25Kg; C: 15-20Kg and D:£ 15Kg) the MUN average values calculated for each one of them and the respective intervals were 17.35 ± 3,79, 8.28 ± 4.18, 7.29 ± 4.29 and 6.25 ± 3.65 mg/dL. It was also observed that in seven farms where the MUN values of the samples of bulk milk were lower than 12mg/dL 95,2% (20/21) of the productions groups presented similar behavior in relation to MUN average values. Three other farms showed MUN values in bulk milk samples higher than 16mg/dL and had at least one feeding group with MUN average elevated. From ten farms, only one presented PUN average values in dry cows superior to 16 mg/dL and other eight presented values lower than 12 mg/dL. This study concludes then that ,in crossbreeding milking herds, only groups of cows with daily milk production greater than 20 mg/dL require attention in relation to excess of protein the diet and its effects. The majority of lactating and dries cows groups showed respectively MUN and PUN values very low demonstrating inadequacy in terms of protein diet. In these farms, the milk samples collected from bulk milk were also characterized by the very low MUN values that were presented.
Palavras-chave: Nitrogênio uréico
Uréia
Leite
Urea nitrogen
Urea
Milk
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: MAGALHÃES, Amélia Cristina Mendes de. Milk and plasma urea nitrogen on crossbreed cows. 2003. 56 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5164
Data do documento: 28-Fev-2003
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf142,39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.