Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5166
Tipo: Dissertação
Título: Distribuição de Mycobacterium avium subespécie paratuberculosis em órgãos de camundongos C57BL/6 experimentalmente infectados
Título(s) alternativo(s): Distribution of Mycobacterium avium subspecies paratuberculosis in organs of C57BL/6 mice experimentally infected
Autor(es): Schwarz, David Germano Gonçalves
Primeiro Orientador: Moreira, Maria Aparecida Scatamburlo
Primeiro coorientador: Silva Júnior, Abelardo
Segundo coorientador: Benjamin, Laércio dos Anjos
Primeiro avaliador: Fietto, Luciano Gomes
Abstract: Mycobacterium avium subespécie paratuberculosis (MAP) é o agente etiológico da paratuberculose, uma enfermidade que causa enterite granulomatosa crônica preferencialmente em ruminantes domésticos e silvestres. É considerada uma doença de impacto na economia, devido às perdas no rebanho e na saúde humana, uma vez que se têm indícios da possível relação de MAP com a doença de Crohn. Embora pesquisas tenham contribuído para avanços no diagnóstico de MAP, há carências de estudos relacionados à compreensão de sua patofisiologia. Desse modo, este estudo propôs avaliar a distribuição de MAP por meios das técnicas de nested-PCR e histologia em órgãos de camundongos C57BL/6 infectados por via intraperitoneal com a cepa MAP66115-98. Em 20 camundongos foram aplicados 250μl de inóculo contendo 3 x 108 UFC/mL e, em oito controles foram aplicados tampão fosfato-salina (PBS). Os animais foram eutanasiados aos 30, 60, 90 e 120 dias pós-inoculação. Em cada período, foram coletados baço, fígado, cólon, íleo e placas de Peyer de cinco camundongos desafiados e dois controles. O material foi dividido para avaliação molecular e histopatológica. Embora não tenham sido verificadas alterações histológicas nas lâminas coradas pela Hematoxilina Eosina, houve marcação positiva para duas placas de Peyer, referentes a 90 e 120 dias pós-inoculação, quando coradas pela técnica de Ziehl-Neelsen. Dentre os órgãos coletados, 64,9% foram positivos pela técnica molecular. Os órgãos que apresentaram maiores valores proporcionais de positividade independentemente do período de avaliação foram o baço (0,85), o cólon (0,75) e o fígado (0,60). Ao levar em consideração o tempo pós-inoculação, o baço apresentou maior proporção de positividade após 60 dias (1,00), permanecendo estável até os 120 dias, enquanto o cólon apresentou maior proporção aos 30 dias (1,00) e reduziu drasticamente aos 90 dias (0,40) da inoculação. O fígado variou entre 0,40 e 0,80 durante os quatro períodos de avaliação e o Íleo apresentou proporção de positividade igual a 0,80 apenas aos 120 dias de inoculação. Por outro lado, as placas de Peyer não variaram significativamente a partir dos 60 dias (0,40) permanecendo com a menor proporção dentre os órgãos analisados. A avaliação da probabilidade de infecção de um órgão em relação a outro foi obtida pelo Risco Relativo, onde os maiores valores foram verificados na relação entre baço/placas de Peyer (2,00); cólon/placas de Peyer (1,74); baço/íleo (1,54) e baço/fígado (1,40). Os maiores valores de Razão de Chances foram verificados na relação entre baço/placas de Peyer (7,56); baço/íleo (4,64); baço/fígado (3,78) e cólon/íleo (2,45). Contudo, dentre todas as associações estabelecidas, apenas as relações: baço/íleo e baço/placas de Peyer foram estatisticamente significativas à nível de 95%, demonstrando que o baço foi o órgão com maior risco e chances de positividade em relação ao íleo e placas de Peyer. Assim, estes resultados podem contribuir para a melhor compreensão da distribuição de MAP em modelos experimentais durante o curso de uma infecção sistêmica, sendo o primeiro trabalho a correlacionar a capacidade infectiva da cepa MAP66115-98 nos camundongos C57BL/6 com a sua distribuição em diferentes órgãos pós-inoculação usando a via intraperitoneal.
Mycobacterium avium subspecies paratuberculosis (MAP) is the etiological agent of paratuberculosis, a disease which causes chronic granulomatous enteritis preferably in domestic and wild ruminants. It is characterized by intermittent diarrhea, progressive weight loss and reduced milk production. The major route of transmission is the ingestion of food and water contaminated by feces of infected animals. It is considered a disease of high economic importance, because of losses in livestock and importance in human health, since there is evidence of possible correlation of MAP with Crohn's disease. Although previous researches have contributed to advances in the diagnosis of subclinical MAP in animals, there is a lack of studies concerning the correct understanding of its pathophysiology. Thus, the aim of this study was to investigate the distribution of MAP by means of the histology and nested-PCR techniques in organs of C57BL/6 mice infected with MAP66115-98 strain at a dose of 3 x 108 CFU /mL intraperitoneally (IP). It was applied 250μl of inoculum in 20 mice, and it was applied saline phosphate buffer (PBS) in eight control species. The animals were euthanized at 30, 60, 90 and 120 days post-inoculation, and fragments of spleen, liver, colon, ileum and Peyer's patches of five mice and two control, for each period of time, were performed molecular and histopathological evaluations. Although it was not found histologic lesions in sections stained by Hematoxylin Eosin, there was a positive staining for two Peyer s patches referring to 90 and 120 days after inoculation, stained by Ziehl-Neelsen. Among the collected organs, 64.9% were positive by molecular technique. The spleen (0.85), colon (0.75) and liver (0.60) had the highest proportion of positive regardless of the evaluation period. Taking into consideration the time after inoculation, the spleen had a higher proportion of positive results after 60 days of infection (1.00), remaining stable until 120 days. The colon had a higher proportion at 30 days (1.00) and drastically reduced to 90 days (0.40). The liver ranged between 0.40 and 0.80 during the four periods of evaluation and the Ileum showed positivity ratio equal to 0.80 only at 120 days of infection. Moreover, Peyer's patches did not vary significantly (0.40) from day 60, remaining with the lowest ratio among the organs studied. The assessment of the probability of infection of an organ relative to another was obtained by the Relative Risk, where the highest values were observed in the ratio of spleen/Peyer's patches (2.00), colon/Peyer's patches (1.74), spleen/ileum (1.54) and spleen/liver (1.40). The highest odds ratio values were observed in the spleen/Peyer s patches (7.56), spleen/ileum (4.64), spleen/liver (3.78), and colon/ileum (2.45). However, among all the established associations, only the relations spleen / ileum and spleen / Peyer's patches were statistically significant at the level of 95%, showing that the spleen was the organ with higher risk and chances of positivity in relation to the ileum and Peyer's patches. Thus, these results can contribute to better understanding of the distribution of MAP in experimental models during the course of systemic infection, being this the first study to correlate the infective capacity of the strain MAP66115- 98 in C57BL/6 mice with a distribution in different organs after inoculation by intraperitoneal route.
Palavras-chave: Paratuberculosis
Murino
Técnica molecular
Paratuberculosis
Murine
Molecular technique
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA::DOENCAS INFECCIOSAS DE ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: SCHWARZ, David Germano Gonçalves. Distribution of Mycobacterium avium subspecies paratuberculosis in organs of C57BL/6 mice experimentally infected. 2012. 67 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5166
Data do documento: 27-Abr-2012
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf693,09 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.