Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5169
Tipo: Dissertação
Título: Resposta imune de bovinos vacinados com peptídeo sintético SBm7462 com vistas ao controle do Boophilus microplus (Canestrini, 1887)
Título(s) alternativo(s): Immune response of vaccinated bovine with synthetic peptide SBm7462 to the control of the Boophilus microplus (Canestrini, 1887)
Autor(es): Lombana, Cláudia Zuleida Gonzalez
Primeiro Orientador: Salcedo, Joaquín Hernán Patarroyo
Primeiro avaliador: Viloria, Marlene Isabel Vargas
Segundo avaliador: Martins Filho, Olindo Assis
Terceiro avaliador: Guimarães, Antonio Marcos
Quarto avaliador: Afonso, Luis Carlos Crocco
Abstract: Bovinos entre três e quatro meses de idade, que receberam, por via subcutânea, três imunizações alternadas a cada 30 dias, do SBm7462 emulsionado em saponina, foram avaliados quanto ao desenvolvimento da resposta imune humoral e celular. Para isto foram realizados a identificação de isotipos IgG1 e IgG2 antígeno-específicos, determinação do perfil de linfócitos circulantes (CD4+, CD8+, CD21+ e WC1+) por citometria de fluxo e seguimento dos eventos microscópicos ocorridos em linfonodos através de técnicas diferenciais e de imunohistoquímica. A análise sorológica mostrou que o SBm7462 estimulou a produção de imunoglobulinas antígenoespecíficas, com predominância estatisticamente diferente do isótipo IgG1 sobre o isótipo IgG2 (p<0.05). Os estudos histológicos mostraram ativação da resposta imune a partir do sétimo dia após a primeira imunização e reatividade evidente de centros germinativos quinze dias após a primeira imunização. A hiperplasia dos cordões medulares foi mais evidente cinco dias após a segunda imunização. Os grupos de células apoptóticas foram detectados em todas as regiões dos linfonodos dos animais imunizados e em maior proporção em relação aos animais controle. O antígeno SBm7462 foi detectado em células SBm7462 positivas durante todo o experimento, e concomitantemente às alterações histológicas em órgãos linfóides. Quando foi determinada a composição fenotípica dos linfócitos de sangue periférico circulantes, observou-se um aumento progressivo de linfócitos CD21+ no decorrer do experimento. Não houve variação estatisticamente significativa no número total de linfócitos T, embora tenha sido observado um incremento de linfócitos TCD4+ e WC1+ cinco dias após a segunda imunização. Sobre esses achados, pode se considerar que o peptídeo sintético SBm7462 induz eficientemente uma resposta imune antígeno-específica que envolve mecanismos do sistema imune tanto celulares quanto humorais.
Bovines of three and four month of old age received monthly and subcutaneously, three immunizations of synthetic peptide SBm7462 emulsified in saponin. The development both cellular and humoral immune response were evaluated. It s was achieved identifying the IgG1 and IgG2 antigen specific isotypes, determining of the profile of circulating lymphocytes (CD4+, CD8+, CD21+ and WC1+) by flow citometry and following of the microscopic events in lymphonodes using histology and immunochemistry techniques. Serologic analysis showed stimulation of the production of antigen-specific immunoglobulin by SBm7462, with predominance of the IgG1 isotype over IgG2 isotype (p<0.05). The histology analysis revealed the activation of the response immune beginning at the seventh day after the first immunization and reactivity evident of germinal centers fifteen days after first immunization. Medullars cords hyperplasia was more evident five days after the second immunization. Clusters of apoptotics cells were detected in entire of the lymphonodes of immunized animals and were more abundant that in control animals. SBm7462antigen was detected in SBm7462 positive cells during whole experiment, and simultaneous to the histology alterations in lymphonodes. Evaluating phenotypic composition of the of peripheral blood lymphocytes, a progressive increase of CD21+ lymphocytes was detected. The variation in total number of T lymphocytes were not statistically significant, although an increment of TCD4+ and WC1+ lymphocytes was observed five days after second immunization. It s suggested that the SBm7462 synthetic peptide induces an antigen-specific immune response which involves mechanisms of the immune system cellular and humoral.
Palavras-chave: Boophilus microplus
Vacina sintética
Resposta imune
Boophilus microplus
Synthetic vaccine
Immune response
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: LOMBANA, Cláudia Zuleida Gonzalez. Immune response of vaccinated bovine with synthetic peptide SBm7462 to the control of the Boophilus microplus (Canestrini, 1887). 2003. 91 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5169
Data do documento: 19-Dez-2003
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.