Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5173
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização da área de infarto cerebral de ratos tratados com células-tronco mesenquimais após acidente vascular encefálico isquêmico experimental
Título(s) alternativo(s): Characterization of the area infarction in rats treated with mesenchymal stem cells after experimental ischemic stroke
Autor(es): Abreu Júnior, Nilton de Barros
Primeiro Orientador: Carlo, Ricardo Junqueira Del
Primeiro coorientador: Favarato, Evandro Silva
Primeiro avaliador: Monteiro, Betânia Souza
Segundo avaliador: Duarte, Tatiana Schmitz
Terceiro avaliador: Viloria, Marlene Isabel Vargas
Abstract: O acidente vascular encefálico isquêmico geralmente resulta em déficits neurológicos graves e, na maioria, irreversíveis. Ultimamente, novas terapias representam uma nova estratégia para o tratamento destas lesões, sobretudo, com a utilização de células-tronco, em que estudos pré-clínicos demonstram resultados satisfatórios em modelos animais. O presente experimento comparou a lesão de isquemia cerebral em ratos tratados e não-tratados com células-tronco mesenquimais (CTM) da medula óssea. As CTM foram obtidas da medula óssea de ratos Wistar, cultivadas, caracterizadas, marcadas com nanocristais e infundidas na sexta passagem nos animais com isquemia cerebral. A lesão isquêmica foi induzida pela oclusão temporária da artéria cerebral média esquerda (ACM) com fio de oclusão introduzido e mantido por 60 minutos. Os ratos foram distribuídos aleatoriamente em 7 grupos experimentais e submetidos a cirurgia e divididos em grupos sham, controle e tratamento. Os grupos tratados receberam o transplante de células na concentração de 1,0 x 106 células/mL diluídas em 1 mL de PBS e administradas 24 horas após a indução isquêmica por via intravenosa. Realizada a eutanásia dos animais com 24 horas, 15 e 30 dias pós-lesão. Foi mensurado a área macroscópica da isquemia e realizada a contagem celular. Apesar das CTM não terem sido encontradas no local da lesão, na avaliação histológica, os ratos tratados com CTM apresentaram significativa redução da área de isquemia. Os resultados indicam que o tratamento da isquemia cerebral induzida utilizando terapia com CTM tem ação benéfica sobre a recuperação e proteção do tecido nervoso. As CTM infundidas foram localizadas nos pulmões, a ação terapêutica foi realizada a distância.
Vascular ischemic brain injury usually results in severe neurological deficits and mostly irreversible. Lately, new therapies represent a new strategy for treatment of these lesions, especially with the use of stem cells in preclinical studies in animal models have shown satisfactory results. The present experiment compared the injury of cerebral ischemia in mice treated and non-treated with mesenchymal stem cells (MSCs) from bone marrow . MSCs were obtained from bone marrow of rats cultured characterized marked with nanocrystals in the sixth passage and transplanted animals with cerebral ischemia. Ischemic injury was induced by temporary occlusion of the left middle cerebral artery (MCA) for 60 minutes. The rats were randomly divided into 7 experimental groups and they were underwent surgery and divided into sham, control and treatment groups. The treated groups received a transplant of cells at a concentration of 1.0 x 106 cells / mL diluted in 1 mL administered intravenously 24 hours after ischemic induction . Performed euthanasia of animals at 24 hours, 15 and 30 days post-injury. Was measured in the area of ischemia fragment of macroscopic lesions and the cell count performed. Although MSC have not been found at the site of the lesion, the histological assessment, the group treated with MSCs showed significant reduction in the area of ischemia. The results indicate that treatment of cerebral ischemia induced using MSC therapy has beneficial effects on the recovery and protection of nerve tissue. Transplanted MSCs were localized in the lungs, the therapeutic action at a distance was performed.
Palavras-chave: AVE - AVC
Células-tronco
AVE - AVC
Stem cells
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA CIRURGICA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: ABREU JÚNIOR, Nilton de Barros. Characterization of the area infarction in rats treated with mesenchymal stem cells after experimental ischemic stroke. 2013. 96 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5173
Data do documento: 13-Dez-2013
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.