Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5185
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento de uma matriz maleável, reabsorvível e porosa e sua aplicação no tratamento da doença periodontal pela técnica de regeneração tecidual guiada
Título(s) alternativo(s): Development of a matrix malleable, bioabsorbable, porous and its application in the treatment of periodontal disease by the technique of guided tissue regeneration
Autor(es): Martins, Livia Marina Alvarenga
Primeiro Orientador: Borges, Andrea Pacheco Batista
Primeiro coorientador: Reis, Emily Correna Carlo
Segundo coorientador: Valente, Fabrício Luciani
Primeiro avaliador: Pontes, Kelly Cristine de Sousa
Abstract: A doença periodontal é um importante problema tanto na medicina humana quanto na veterinária, pois apresenta como grave consequência a perda dos tecidos de sustentação da peça dental, sendo que o tratamento convencional retirada mecânica da placa - não permite a formação dos tecidos periodontais de sustentação. Os defeitos ósseos resultantes da afecção necessitam de preenchimento com substitutos para que ocorra a regeneração óssea apropriada no local. A utilização de biomateriais biocompatíveis e osteocondutores, preferencialmente reabsorvíveis, serve como suporte para formação óssea e são reabsorvidos gradativamente pelo organismo, sem qualquer reação adversa. O objetivo desse trabalho foi caracterizar duas membranas compostas por hidroxiapatita sintética (HAP 91 PLUS ®) e policaprolactona (PCL) em diferentes concentrações (75HAP/25PCL e 60HAP/40PCL) e avaliação da utilização da segunda em defeitos periodontais na mandíbula de cães. A análise da membrana pela microscopia eletrônica de varredura revelou superfície complexa na membrana 75HAP/25PCL e menos complexa na membrana 60HAP/40PCL. Ambas apresentaram alta cristalinidade, avaliadas pela difração de raios-X e a presença de cristais de hidroxiapatita na superfície da membrana nos quais auxiliam a complexidade da topografia. Os diâmetros médios dos poros foram de 15,7(±8,1) μm e 10,4 (±6,3) μm sem, entretanto, evidenciar a presença de macroporos nem a interconexão entre os poros existentes. Para explicação in vivo, os grupos experimentais foram divididos em controle e tratado, contendo seis animais cada. A doença periodontal foi induzida em três estágios em todos os animais, e seis deles receberam tratamento com a técnica de regeneração tecidual guiada. As avaliações clínicas foram realizadas durante duas semanas após a implantação da membrana e após 60 dias do pós-operatório. Radiografias foram retiradas no pré operatório imediato e aos 60 dias após tratamento. A histologia e a tomografia microcomputadorizada foram realizadas aos 60 dias do pós-operatório. Clinicamente não foram observados dor e secreção purulenta, e não houve diferença estatística no nível clinico de inserção entre os grupos avaliados. Nos animais tratados, 50% apresentaram deiscência e 83% exposição de membrana. As imagens radiográficas demonstraram radiopacidade igual ao osso alveolar na região do defeito em ambos os grupos. A tomografia microcomputadorizada revelou que o grupo controle apresentou, com diferença estatística, maior relação de volume ósseo sobre o volume total do defeito em relação ao grupo tratado, no entanto em todos os animais, a região de furca não foi preenchida por novo osso alveolar. A histologia revelou presença de grande infiltrado inflamatório e presença de tecido conjuntivo em ambos os grupos. Osso novo apenas foi observado na borda apical do defeito tanto no grupo controle quanto no grupo tratado. Assim, o biomaterial utilizado não obteve sucesso quando utilizado em defeitos periodontais, sendo necessários assim, maiores estudos quanto a sua utilização em outras regiões do organismo.
Periodontal disease is a major problem both in human and in veterinary medicine, because presents as a serious consequence of the loss of alveolar bone, besides the supporting tissues of the dental piece: cementum and periodontal ligament. The treatment of this disease is the manual removal of plaque associated with the use of different antimicrobials to prevent systemic consequences that disease can cause. However, the conventional treatment prevents the formation of periodontal tissue support, occurring only proliferation of cells of the junctional epithelium and gingival connective tissue fibroblasts. Bone defects resulting from the need to fill condition replacements for bone regeneration to occur at the appropriate location. The use of biocompatible and osteoconductive biomaterials, preferably resorbable, serves as support for bone formation and are gradually reabsorbed by the body without any adverse reaction. The aim of this study was to characterize two membranes composed of synthetic hydroxyapatite (HAP 91 PLUS ®) and polycaprolactone (PCL) in different concentrations (75HAP/25PCL and 60HAP/40PCL) and it evaluation of the use in bone defects in the alveolar bone of the jaw dogs. The analysis of the membrane by scanning electron microscopy revealed complex surface in the membrane 75HAP/25PCL and less complex in the membrane 60HAP/40PCL. Both showed high crystallinity, evaluated by x-ray diffraction, and the presence of hydroxyapatite crystals adhered to the membrane, which improve their complex topography. The average pore diameters were 15.7 (± 8.1)μm and 10.4 (± 6.3) μm without, however, show the presence of macropores or interconnection between the existing pores. The experimental groups were divided into control and treated, containing six animals each. Clinical evaluations and radiographs were performed two weeks after the implantation of the membrane and 60 days after operation. Histology and microtomography scan was performed at 60 days postoperatively. Were not clinically observed pain and purulent discharge, and the clinical insertion level showed no statistical difference between the groups. In treated animals, 50% of the animals showed dehiscence and 83% had membrane exposure. Radiographic images show alveolar bone radiopacity equal in both groups. The computed microtomography revealed that the control group showed, with statistical difference, the greater ratio of bone volume over the total volume of the defect in relation to the treated group, however in all animals, the furcation area was not filled by new alveolar bone. Histology revealed the presence of extensive inflammatory infiltration and connective tissue in both groups. New bone was only observed in the apical border of the defect in both the control and the treated group.
Palavras-chave: Cães - Doenças - Tratamento
Periodontia
Hidroxiapatita
Materiais biomédicos
Doença periodontal
Dogs - Diseases - Treatment
Periodontics
Hydroxyapatite
Biomedical materials
Periodontal disease
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA CIRURGICA ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: MARTINS, Livia Marina Alvarenga. Development of a matrix malleable, bioabsorbable, porous and its application in the treatment of periodontal disease by the technique of guided tissue regeneration. 2014. 71 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5185
Data do documento: 31-Jul-2014
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,36 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.