Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5199
Tipo: Dissertação
Título: Diagnóstico da infecção pelo vírus da diarréia viral bovina em propriedades da microrregião de Viçosa
Título(s) alternativo(s): Diagnosis of bovine viral diarrhea virus infection in herds of microregion of Viçosa
Autor(es): Nogueira, Flávia da Silva
Primeiro Orientador: Moraes, Mauro Pires
Primeiro avaliador: Lamêgo, Márcia Rogéria de Almeida
Segundo avaliador: Santos, José Lúcio dos
Terceiro avaliador: Bevilacqua, Paula Dias
Quarto avaliador: Pinto, Paulo Sérgio de Arruda
Abstract: O vírus da diarréia viral bovina (bovine viral diarrhea virus ou BVDV) é um vírus pequeno (40-60 nm), com envelope lipoprotéico, que possui como ácido nucléico uma molécula de RNA de cadeia simples, polaridade positiva, de aproximadamente 12,5 kilobases. O BVDV foi recentemente classificado como membro da família FLAVIVIRIDAE, gênero pestivírus, junto com o vírus da peste suína clássica (hog cholera virus) e o vírus da doença da fronteira (border disease virus). A infecção de bovinos pelo BVDV é associada a diversas manifestações clínicas que incluem desde enfermidade febril suave até enfermidades fatais como a doença das mucosas e doença hemorrágica. Os principais aspectos patogênicos da infecção estão relacionados a habilidade do vírus em infectar células do sistema imune e de atravessar a placenta e infectar o feto. O vírus da diarréia viral bovina (BVDV) é um dos principais patógenos de bovinos e causa perdas significantes à pecuária bovina em todo o mundo. Ainda há restrito conhecimento sobre a enfermidade em Minas Gerais (MG) e no Brasil, embora vários relatos clínicos, virológicos e sorológicos indiquem a presença do vírus no rebanho bovino do país. Este trabalho promoveu um estudo sistemático da infecção pelo BVDV no rebanho bovino das microrregiões de Viçosa e Ponte Nova. O trabalho usou técnicas de identificação do BVDV em cultivo em monocamada de células MDBK, a imunofluorescência indireta, utilizando-se cepas referência para os tipos I e II do BVDV. Também foram testadas para a presença de viremia amostras de soro sanguíneo fetal, coletadas em frigoríficos e amostras de animais jovens de propriedades com a presença de anticorpos contra o vírus da Diarréia Viral Bovina. Os fetos utilizados neste estudo apresentavam tamanho igual ou superior a 30cm e os animais das propriedades positivas para a infecção apresentavam-se com 6 a 10 meses de idade e não possuíam anticorpos detectáveis para BVDV. Além disso, foram testados soro sanguíneo de animais adultos pela técnica de soroneutralização de propriedades produtoras de leite, carne ou produção combinada. A avaliação das amostras de soro sanguíneo fetal e de animais jovens para a presença do BVDV pela técnica de isolamento em cultivo celular e identificação viral pela técnica de imunofluorescência indireta foram negativos. Esses resultados indicam que a prevalência de animais persistentemente infectados pode ser muito baixa na população estudada. Os resultados quanto à presença de anticorpos contra o BVDV em rebanhos da região da Zona da Mata em 14,3% dos animais testados corroborou com essa observação. Os níveis de anticorpos encontrados foram maiores quando testados contra o vírus BVDV isolado VS253, um representante citopático do tipo II, comparados àqueles testados para o isolado Singer, citopático do tipo I. Tomados em conjunto estes resultados indicam que a presença do vírus da Diarréia Viral Bovina e, por conseqüência, seu impacto econômico no rebanho bovino nessa região, é menor que os estimado por levantamentos sorológicos dirigidos àquelas propriedades com histórico suspeito da infecção. Portanto, práticas de diagnóstico e controle devem ser reavaliados e adequados para a situação atual da população bovina.
The Bovine Viral Diarrhea Virus (BVDV) belongs to the family Flaviviridae and it is a member of the genus Pestivirus. BVDV has a worldwide distribution and infection in cattle is common, which is evidenced by a high level of seropositive animal in the infected population. The major economical damage caused by BVDV in susceptible herds is still caused by intrauterine infections and it depends on the age of fetus. The infection during the first third of pregnancy could generate immunotolerant animals that would present a persistent infection (PI) condition. The impact of the infection of BVDV in the bovine population of Minas Gerais is unknown. The objective of this investigation is to characterize the occurrence of the BVDV infection by detection of the PI animals and the level of antibodies in herds. For PI detection, we tested 385 samples of serum, 214 of those from fetuses collected at slaughtering house and 171 from young (six to 10 month old) animals, by virus isolation in MDBK cells. Three blind passages were made before the MDBK cells were tested by indirect immunofluorescence (IFI) using a poll of monoclonal antibodies against BVDV. Additionally, sera of 315 unvaccinated adult animals were tested by serum neutralization test (SN). All the samples tested by passage in MDBK were negative when tested by IFI. The prevalence of antibodies found in the adult population was 14.3% (44/315) and titles were between 2 to 128. Current knowledge about BVDV indicates that herds with 40 to 80% of antibody prevalence could result in 1 to 3% of PI. Moreover, the titles of antibodies in population where the virus are present usually are higher than we found in the SN assay. The low antibody prevalence associated with low titles could explain the lack of BVDV isolation.
Palavras-chave: Diarréia viral bovina
Flavírus
Isolamento
Caracterização sorológica
Bovine diarrhea virus
Isolation
Neutralizing antibody
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: NOGUEIRA, Flávia da Silva. Diagnosis of bovine viral diarrhea virus infection in herds of microregion of Viçosa. 2003. 51 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2003.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5199
Data do documento: 26-Set-2003
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf136,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.