Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5211
Tipo: Dissertação
Título: Efeito da adição de glicerol em diferentes etapas do resfriamento sobre a congelabilidade do sêmen de garanhões
Título(s) alternativo(s): Effect of the addition of glycerol in different stages of the cooling on the freezability of stallion semen
Autor(es): Oliveira, Francisco José Gonçalves de
Primeiro Orientador: Guimarães, José Domingos
Primeiro coorientador: Paula, Tarcízio Antônio Rego de
Segundo coorientador: Carvalho, Giovanni Ribeiro de
Primeiro avaliador: Torres, Ciro Alexandre Alves
Segundo avaliador: Vendramini, Orlando Marcelo
Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da adição do glicerol em tempo 0, 35 e 60 minutos de resfriamento sobre a congelabilidade do sêmen equino. Foram utilizados 2 garanhões adultos da raça Mangalarga Marchador, totalizando 11 ejaculados. Foram avaliadas a motilidade espermática progressiva total e retilínea, vigor espermático, percentual de células vivas e mortas (supravital), integridade funcional de membrana (Hiposmótico) e morfologia espermática no sêmen in natura , pré e pós congelamento. Cada ejaculado foi dividido em três tratamentos. T1: adição do crioprotetor ocorreu antes do resfriamento; T2: adição ocorreu aos 35 minutos de resfriamento; T3: a adição ocorreu imediatamente antes do congelamento, aos 60 minutos de resfriamento. Após o período mínimo de 12 dias de congelados, as amostras de sêmen foram descongeladas a 75º C por 7 segundos. As amostras descongeladas permaneceram por 120 minutos incubadas a 38º C para avaliação de longevidade pelo teste de termoresistência. Foram registradas diferenças (P < 0,05) entre as alterações de morfologia espermática entre os animais utilizados no experimento, sendo que no garanhão 2 os valores médios estavam acima dos padrões preconizados. Não foram registradas relações (P > 0,05) entre os valores médios dos testes de morfologia, Hiposmótico e supravital na avaliação dos ejaculados. O teste supravital apresentou relação (P < 0,05) apenas com o vigor espermático na análise do sêmen in natura . Não foram registradas diferenças (P > 0,05) entre os valores médios obtidos nas análises físicas, no teste Hiposmótico, no teste supravital, na análise morfológica e na avaliação de longevidade pelo teste de termoresistência entre o sêmen congelado de acordo com os três protocolos propostos. Esses registros sugerem que o tempo de equilíbrio entre o sêmen e o glicerol não interfere na qualidade e na longevidade do sêmen de garanhões. Aos 60 minutos de incubação (TTR), as qualidades seminais foram consideradas inviáveis em termos de fertilidade. O teste supravital do sêmen descongelado apresentou relação com os parâmetros de motilidade espermática progressiva (r = 0,81) e vigor espermático (r = 0,64) independente do tratamento avaliado. Os valores do teste hiposmótico mostraram taxas de espermatozóides reativos satisfatórios, porém não foram registradas relações (P > 0,05) com os parâmetros físicos avaliados. As avaliações físicas do sêmen pré-resfriamento não apresentaram relação (P > 0,05) com os parâmetros físicos e com o teste supravital do sêmen descongelado. As relações não significativas entre os diferentes testes utilizados nesse estudo sugerem que as informações são fornecidas sob diferentes aspectos, ratificando o caráter complementar dos mesmos.
The objective of the present study was to evaluate the effect on the freezability of equine semen with the addition of glycerol in 0, 35 and 60 minutes the cooling period. Semen from two adult stallions (Mangalarga Marchador) were used, totalizing 11 colections of semen. The evaluation consisted of sperm progressive straight motility, total motility, sperm vigor, live/death cells (supravital), functional integrity of sperm plasma membrane (Hyposmotic Swelling test - Host) and sperm morphology analyses in the semen in natura , before and after freezing the semen. Each collected semen was divided in three treatments. T1: addition of the cryoprotector occurred before the cooling; T2: addition occurred after 35 minutes of the cooling; T3: the addition occurred immediately before the freezing, to the 60 minutes of cooling. After the minimum frozen period of 12 days, the semen samples had been thawed at 75º C per 7 seconds. The thawed samples had remained for 120 minutes at 38º C for longevity evaluation. Differences (P < 0.05) among the animals used in the experiment, were noted in sperm morphology. One of the stallions showed average values of abnormal sperms bellow of the praised standards. No relations (P > 0.05) were registered among average values of the morphology test, supravital test and Host in semen in natura . The supravital test showed relation (P < 0.05) only with the sperm vigor in the analysis of the semen in natura . No differences (P > 0.05) were registered among physical analyses, in the Host, supravital test, the morphologic analysis and in the evaluation of longevity in the frozen/thaw semen of three considered protocols. These results suggest that the time of balance between the semen and glycerol does not affect the quality and the longevity of the semen. Seminal qualities had been considered impracticable in fertility terms, after 60 minutes of incubation on longevity test. The supravital test of the frozen/thawed semen showed relation with the progressive sperm motility (r = 0.81) and sperm vigor (r = 0.64) in the 3 considered trataments. The values of the Host used in this experiment were satisfactory due the large reaction of the spermatozoa when in contact with the hyposmotic solutions, however this test did not show relations (P > 0.05) with the sperm physical parameters. The physical parameters of the semen before cooling did not present relation (P > 0.05) with the physical parameters and with supravital test of frozen/thaw sperm. The no significant relations among the different tests used in this study, suggests that the information of these tests are used under different aspects, ratifying the complementary character of the same ones.
Palavras-chave: Sêmen
Criopreservação
Equino
Semen
Cryopreservation
Equine
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: OLIVEIRA, Francisco José Gonçalves de. Effect of the addition of glycerol in different stages of the cooling on the freezability of stallion semen. 2007. 66 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5211
Data do documento: 20-Abr-2007
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf536,85 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.