Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5224
Tipo: Dissertação
Título: Produtividade da batata sob diferentes regimes de irrigação por aspersão convencional e gotejamento no sul de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Potato plant productivity under different conventional aspersion and drip-irrigation regimens in southern Minas Gerais
Autor(es): Souza, Darik Oliveira
Primeiro Orientador: Mantovani, Everardo Chartuni
Primeiro coorientador: Sediyama, Gilberto Chohaku
Segundo coorientador: Zambolim, Laércio
Primeiro avaliador: Sousa, Elias Fernandes de
Segundo avaliador: Ramos, Márcio Mota
Abstract: A batateira (Solanum tuberosum L.) é uma das principais espécies cultivadas no mundo e desempenha papel importante como fonte de alimento, geração de emprego e renda para o país. No sul do Estado de Minas Gerais, uma das principais regiões produtoras de batata do Brasil, o cultivo é realizado durante todo ano sob regime de irrigação total ou suplementar. No entanto, o manejo da irrigação não é adotado corretamente por parte dos produtores, ocasionando decréscimos na produtividade e qualidade do produto. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes lâminas e regimes de irrigação na produção total e qualidade da batata em condições de campo. O ensaio foi desenvolvido na Fazenda São Geraldo, situada no município de São Gonçalo do Sapucaí, sul do Estado de Minas Gerais, no período de maio a setembro de 2007. No local foi cultivada a batata variedade Ágata sob dois sistemas de irrigação: gotejamento e aspersão convencional. Para o sistema de gotejamento, foi montado um esquema de parcelas subdivididas, com três freqüências de irrigação (F1 = 2 dias, F2 = 4 dias e F3 = 6 dias) nas parcelas, dispostas no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições e quatro lâminas, sendo esta em função da irrigação total necessária - ITN: (L1 = 0,75 ITN, L2 = ITN, L3 = 1,25 ITN e L4 = 1,5 ITN) nas subparcelas. No sistema de aspersão convencional, o ensaio foi conduzido com duas freqüências de irrigação (F1 = 4 dias e F2 = 6 dias), quatro repetições e quatro lâminas (L1 = 0,8 ITN, L2 = ITN, L3 = 1,1 ITN e L4= 1,25 ITN), sendo realizada análise de regressão. Na avaliação dos resultados, foram consideradas a produção total, produção de batata graúda ( &#8805; 45 mm) e miúda (< 45 mm). As recomendações de diferentes lâminas foram efetuadas com a utilização do programa Irriplus®. A evapotranspiração total média da cultura da batata variou de 163,5 a 172,7 mm e 181,0 a 186,4 mm, irrigada por gotejamento e aspersão convencional, respectivamente. O ciclo fenológico da cultura foi de 119 dias (plantio à colheita). Com o sistema de irrigação por gotejamento, as menores lâminas aplicadas foram de 156, 153,1 e 140,6 mm, correspondentes ao tratamento 0,75 ITN, para as freqüências de 2, 4 e 6 dias, respectivamente. As maiores lâminas aplicadas foram de 177,9; 188,5 e 188 mm, para o tratamento 1,5 ITN e freqüências de irrigação referentes a 2, 4 e 6 dias, respectivamente. No sistema de irrigação por aspersão convencional, as menores lâminas aplicadas, tratamento com 0,8 ITN, foram 133,3 e 129,5 mm nas freqüências de 4 e 6 dias, respectivamente. As maiores lâminas, tratamento 1,25 ITN, atingiram valores de 209,3 e 203,4 mm para as freqüências correspondentes a 4 e 6 dias. A produtividade média total e graúda da batata variedade Ágata irrigada por gotejamento foi de 61 e 50,3 t ha-1, respectivamente, não obtendo ajustes satisfatórios para modelos de regressão. Para a produção de batata graúda, irrigado por aspersão convencional com freqüências de 4 e 6 dias, obteve-se pontos de máxima produção correspondentes às lâminas de 0,99 e 1,05 ITN. Para a produção total de batata, irrigada por aspersão convencional, com freqüência de 6 dias, obteve-se ponto de máxima produção correspondente à lâmina de 1,06 ITN. As maiores produtividades de batata irrigada por aspersão convencional foram alcançadas na freqüência de irrigação de 4 dias.
Potato plant (Solanum tuberosum L.) is one of the main species cultivated worldwide, playing an important role as source of food, generating labor and income. In southern Minas Gerais, one of the major potato-producing regions in Brazil, cultivation is carried out throughout the year under total or supplementary irrigation. However, irrigation management practices are often not correctly adopted by farmers, leading to diminished product productivity and quality. This work aimed to evaluate the effect of different irrigation water depths and regimens on total productivity and quality of potato plants under field condition. The assay was developed at the Fazenda São Geraldo, located in the municipality of São Gonçalo do Sapucaí in southern Minas Gerais, from May to September 2007. The Agata variety potato plant was sown under two irrigation systems: drip-irrigation and conventional aspersion (sprinkler). For the drip-irrigation system, a split-plot design was arranged at three irrigation frequencies (F1 = 2 days, F2 = 4 days and F3 = 6 days) in the plots in a randomized block design, with four repetitions and four water depths, with the latter being in function of the total irrigation needed-ITN: (L1 = 0.75 ITN, L2 = ITN, L3 = 1.25 ITN and L4 = 1.5 ITN) in the split-plots. Under the conventional aspersion system, the assay applied two irrigation frequencies (F1 = 4 days and F2 = 6 days), four repetitions and four water depths (L1 = 0.8 ITN, L2 = ITN, L3 = 1.1 ITN and L4= 1.25 ITN), followed by regression analysis. Evaluation of the results took into account total production, and large-sized ( &#8805; 45 mm) and smallsized (< 45 mm) potato production. The use of different water depths was recommended using the program Irriplus®. Total mean evapotranspiration of the potato plant varied from 163.5 to 172.7 mm and 181.0 to 186.4 mm, under dripirrigation and conventional aspersion, respectively. The phenological cycle of the culture was of 119 days (planting to harvest). Under the drip-irrigation system, the lowest water depths applied were 156, 153.1 and 140.6 mm, corresponding to treatment 0.75 ITN, at 2-, 4-and 6-day frequencies, respectively. The highest water depths applied were 177.9; 188.5 and 188 mm, for treatment 1.5 ITN at 2-, 4-and 6-day irrigation frequencies, respectively. Under the conventional aspersion system, the smallest water depths (treatment 0.8 ITN), were 133.3 and 129.5 mm at frequencies of 4 and 6 days, respectively. The highest water depths, (treatment 1.25 ITN), reached values of 209.3 and 203.4 mm at 4-and 6-day frequencies, respectively. Total mean productivity of the large-sized Agata variety potato using drip-irrigation was 61 and 50.3 t ha-1, respectively, with no satisfactory fit being obtained for regression models. For large-sized potato production under conventional aspersion at 4-and 6-day frequencies, maximum production points were obtained, corresponding to water depth values of 0.99 and 1.05 ITN. For total potato production, under conventional aspersion, at 6-day frequency, a maximum production point was obtained corresponding to water depth of 1.06 ITN. The highest potato productivities under conventional aspersion were attained at the 4-day irrigation frequency.
Palavras-chave: Batata
Irrigação
Potato
Irrigation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::AGROMETEOROLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia
Programa: Mestrado em Meteorologia Agrícola
Citação: SOUZA, Darik Oliveira. Potato plant productivity under different conventional aspersion and drip-irrigation regimens in southern Minas Gerais. 2008. 62 f. Dissertação (Mestrado em Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5224
Data do documento: 17-Jun-2008
Aparece nas coleções:Meteorologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf572,65 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.