Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5284
Tipo: Dissertação
Título: Reconstrução de séries e análise geoestatística da precipitação no Estado de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Reconstruction of series and geoestatiscal analysis of the precipitation in the State of the Minas Gerais
Autor(es): Caram, Rochane de Oliveira
Primeiro Orientador: Sediyama, Gilberto Chohaku
Primeiro coorientador: Costa, Marcos Heil
Segundo coorientador: Queiroz, Daniel Marçal de
Primeiro avaliador: Ribeiro, Aristides
Segundo avaliador: Lima, Francisca Zenaide de
Abstract: Os dados anuais de precipitação, fornecidos pela Agência Nacional de Águas (ANA), foram analisados com o objetivo de identificar séries climatológicas homogêneas, por meio de técnicas estatísticas de resíduos cumulativos a partir dos dados de uma rede de 78 estações meteorológicas do Estado de Minas Gerais. Utilizaram-se os resultados apresentados por Aspiazu et al. (1990), que delimitaram 10 regiões climaticamente homogêneas no Estado de Minas Gerais, para a análise de homogeneidade. Para todas as regiões foi escolhida uma estação de referência, e, posteriormente, cada série de referência foi analisada com as outras estações pertencentes à mesma região climática. As estações de referência escolhidas foram as que apresentaram maior número de dados completos dentro de cada região. A partir da identificação de séries homogêneas, foi feita a reconstrução das séries climatológicas, fazendo-se o preenchimento de falhas com dados faltantes. A técnica de resíduos cumulativos empregada mostrou-se eficiente, mesmo o número de estações utilizadas para algumas regiões climaticamente homogêneas ter sido um fator limitante. Depois do preenchimento de falhas, empregou-se o método de interpolação inverso do quadrado da distância (IDW), bem como o método de krigagem ordinária (KG), para posteriormente promover a espacialização da precipitação anual para cada ano entre 1942 e 2000. Com o método de krigagem, foram ajustados semivariogramas, para verificar o grau de dependência espacial (IDE), havendo predominância do modelo esférico. O valor médio do IDE encontrado para todos os anos analisados foi de 30,3%, que representa moderada dependência espacial. Ambos os métodos de interpolação empregados foram avaliados com base no teste de validação cruzada, que forneceu os valores de erro médio (Em) e o coeficiente de variação (ρf). A média do erro médio encontrada foi de 8,198 com o método IDW e 0,457 com o método de krigagem. Os coeficientes de variação variaram de 0,121 a 0,372 para IDW e 0,112 a 0,352 para krigagem. Os resultados evidenciaram que o método geoestatístico de krigagem ordinária se mostrou mais eficiente do que o método de IDW, tendo em vista os menores erros médios.
Annual rainfalls data, provived by the Agência Nacional das Águas (ANA), were analyzed with objective of identifying climatically homogeneous data series using the statistical technique of "cumulative residues", starting from data of 78 meteorological stations network of the State of Minas Gerais. For all the climatically homogeneous areas, a reference station was chosen, and later, each reference station data series were analyzed against other rainfall stations within the same homogeneous climatic area. For all over the areas, it was chosen a reference station with the largest number of complete data series, and later, each reference data series was analyzed against the other data series of rainfall stations belonging to the same climatic area. Starting from the identification of statistically homogeneous rainfall data series, an attempt of reconstruction of the series was carried out, by filling of missing values. The "cumulative residues" technique was shown to be very efficient, even when the number of stations used for some climatically homogeneous areas was a limiting factor. After the data series reconstructions, for each station the inverse of the square of the distance method of interpolation (IDW) and the method of ordinary krigging (KG) were used, to analyze the annual precipitation in space for every year between 1942 and 2000. For the krigging algorithm, semi-variograms were adjusted, to verify the degree of space dependence (IDE), by means of spherical model. The IDE mean values found for all analyzed years were about 30.3%, which represent moderate space dependence. Both methods of interpolations employed were also evaluated based on cross validation test, in which it did supply the values of mean error (Em) and the coefficient of variation (ρf). The mean error average found in between 8.198 for the IDW method and 0.457 for the krigging. The coefficients of variation presented varied from 0.121 to 0.372 for IDW and 0.112 to 0.352 for krigging. The results showed that the geostatistic method of ordinary krigging was more efficient than the IDW method with the smallest mean errors (Em) and coefficients of variation (ρf).
Palavras-chave: Precipitação
Homogeneidade
Geoestatística
Precipitation
Homogeneity
Geostatistics
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::METEOROLOGIA::CLIMATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia
Programa: Mestrado em Meteorologia Agrícola
Citação: CARAM, Rochane de Oliveira. Reconstruction of series and geoestatiscal analysis of the precipitation in the State of the Minas Gerais. 2007. 107 f. Dissertação (Mestrado em Agrometeorologia; Climatologia; Micrometeorologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5284
Data do documento: 9-Fev-2007
Aparece nas coleções:Meteorologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,75 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.