Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/530
Tipo: Tese
Título: Risco-retorno e elasticidade da demanda da madeira serrada e custo do manejo florestal na Amazônia
Título(s) alternativo(s): Risk-return and demand elasticity of sawn wood and forest management cost in Amazon
Autor(es): Noce, Rommel
Primeiro Orientador: Silva, Márcio Lopes da
Primeiro coorientador: Souza, Agostinho Lopes de
Segundo coorientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro avaliador: Mendes, Lourival Marin
Segundo avaliador: Rezende, José Luiz Pereira de
Abstract: Este trabalho teve como objetivo principal contribuir para a gestão de manejo de mata nativa na região da Amazônia Oriental, colaborando para a visualização de aspectos econômicos financeiros. Caracterizou-se a relação risco-retorno da madeira serrada oriunda de diferentes espécies florestais nativas da região amazônica, com o objetivo específico de determinar a relação risco-retorno da madeira serrada de Ipê, Jatobá, Maçaranduba, Angelim Pedra, Angelim Vermelho e Cumaru observada de 2003 a 2007. Admitiu-se a TGC dos preços do m3 das pranchas de cada espécie como estimativa de retorno e o coeficiente de variação como indicativo do risco. Concluiu-se que as mesmas flutuam de forma relativamente semelhante e que o Jatobá destacou-se em termos de atratividade, considerando todo o período, enquanto as demais espécies apresentaram uma relação coerente entre si de maiores retornos acompanhados de maiores riscos. O Angelim Vermelho e a Maçaranduba destacaram-se pela atratividade numa perspectiva anual. Estimou-se a elasticidade da demanda por madeira serrada no Brasil. Buscando-se especificamente a elasticidade preço do m3 de madeira serrada, a elasticidade preço cruzada do m3 de painéis de madeira e a elasticidade renda do PIB da nação. Fez-se uso de um modelo log-log com correção através de esquema de média móvel (MA(1)), ajustado para o período de 1971 a 2006 que se mostrou estável e com níveis de significância satisfatórios. Observou-se que a demanda de madeira serrada é inelástica em relação a preço e elástica em relação à renda. Estimou-se o custo do manejo florestal sustentável na região amazônica. Através do rendimento observado das atividades de manejo na região e do valor atual dos recursos envolvidos. Foram estimados os custos fixos e variáveis, para cada atividade do manejo florestal. Dessa forma, notou-se que o transporte representa o principal componente do custo médio do m3 de madeira extraída, o qual reduz à medida que a área da UPA (Unidade de Produção Anual) aumenta. O impacto da alteração da produtividade supera o exercido pela variação na intensidade de corte, seja no sentido de aumento ou redução dos custos.
This work had as a main objective to contribute for the native forest management in the Amazonian Oriental area, collaborating for the visualization of financial economical aspects. The risk-return relationship of sawn wood from different forest native species of the Amazonian area was characterized, with the specific objective to determinate the riskreturn relationship of the sawn wood of Ipê, Jatobá, Maçaranduba, Angelim Pedra, Angelim Vermelho and Cumaru, observed from 2003 to 2007. TGC of the prices of the m3 of boards of each species was admitted as return estimative and the variation coefficient as indicative of the risk. It was concluded that they float in a relatively similar way and that Jatobá stood out in attractiveness terms, considering the whole period, while the other species presented a coherent relationship among themselves of higher returns associated with higher risks. Angelim Vermelho and Maçaranduba stood out for the attractiveness in an annual perspective. It was estimated the demand elasticity for sawn wood in Brazil. It aimed specifically the elasticity price of the m3 of sawn wood, the elasticity price of the m3 of wood panels and the income elasticity GDP of the nation. It was used a log-log model, with correction through outline of the mobile average (MA(1)), adjusted for the period from 1971 to 2006, which showed to be stable, with satisfactory significance levels. It was observed that the sawn wood demand is inelastic in relation to price and elastic in relation to income. It was delineated as objective to estimate the costs of the sustainable forest management in the Amazonian area. Through the observed revenue of the management activities in the area and the current value of the involved resources, it was estimate the fixed and variable costs, for each activity of the forest management. It was noticed that transportation represents the principal component of the average cost of the m3 of extracted wood, which reduces as the area of the APU (Annual Production Unit) increases. The impact of the alteration of the productivity overcomes the exercised by the variation in the cut intensity, both in the increase or reduction of costs.
Palavras-chave: Atratividade
Demanda da madeira
Economia florestal
Attractiveness
Demand of sawn
Forest economy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Doutorado em Ciência Florestal
Citação: NOCE, Rommel. Risk-return and demand elasticity of sawn wood and forest management cost in Amazon. 2009. 70 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/530
Data do documento: 18-Jun-2009
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.