Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/532
Tipo: Tese
Título: Análise do ergodesign em empresas exportadoras de móveis nos pólos moveleiros de Bento Gonçalves (RS) e Ubá (MG)
Título(s) alternativo(s): Analysis of ergodesign in the exporting furniture centers of Bento Gonçalves (RS) and Ubá (MG)
Autor(es): Torres, Fernanda Freitas Costa de
Primeiro Orientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro coorientador: Minette, Luciano José
Segundo coorientador: Silva, José de Castro
Primeiro avaliador: Fiedler, Nilton César
Segundo avaliador: Gomes, Elaine Cavalcante
Abstract: Esta pesquisa coloca em discussão a importância do ergodesign para as empresas exportadoras localizadas em dois pólos moveleiros de destaque no Brasil, assim como a conformidade ergonômica dos móveis, a distribuição da pressão em assentos, a análise de manuais de montagem, a diferença entre móveis produzidos para o mercado interno e externo e a comparação entre as empresas exportadoras de móveis nos pólos moveleiros de Bento Gonçalves (RS) e Ubá (MG); com o objetivo geral de realizar uma avaliação do perfil das empresas exportadoras de móveis, visando estimular o uso dos princípios, métodos, dados da ergonomia e do design no desenvolvimento do produto, a certificação da conformidade ergonômica e a prevenção de acidentes devido ao uso do produto pelo usuário. O material utilizado foi proveniente de 21 indústrias associadas aos sindicatos do Rio Grande do Sul e Minas Gerias. A coleta de informações foi realizada através da aplicação do questionário, do formulário e medições aferidas diretamente do produto, através de trena, goniômetro; na análise da conformidade ergonômica de assentos foi utilizado manequim antropométrico gerado no software Sammie Cad e tapete de pressão do sistema F-Scan. Para tabulação dos dados utilizou o software SPSS, com testes estatísticos específicos como o quiquadrado e binomial. Existe similaridade no perfil das empresas exportadoras. O conhecimento das empresas sobre as técnicas e métodos do design e da ergonomia (ergodesign) ainda é muito tênue. No desenvolvimento de projeto de produto, grande parte das empresas tem um profissional formado na área de design para o desenvolvimento do produto. Quanto à conformidade ergonômica dos móveis, somente um produto atendeu a todos os requisitos dimensionais da norma técnica brasileira. A maior concentração de distribuição da pressão estava no assento de madeira para todos os percentis . Nos manuais de montagem dos móveis, observou-se que o uso de títulos era insuficiente para distinção dos conteúdos. Os pólos moveleiros de Bento Gonçalves (RS) e Ubá (MG), na abordagem estatística, apontaram uniformidade entre as empresas dos dois pólos em relação ao ergodesign. Como conclusão geral deste estudo, verificou-se que as empresas pesquisadas possuem uma postura de receptividade alta em relação ao ergodesign, embora algumas vezes desconheçam o significado da ergonomia e sua aplicação no desenvolvimento do produto. Há um grande potencial para implantação de técnicas que causem melhoria nos produtos; algumas técnicas já utilizadas podem ser relacionadas ao ergodesign, mas ainda não são exploradas plenamente pelas empresas.
The present research discusses the significance of ergodesign for exporting companies located in two prominent furniture production centers in Brazil, as well as furniture ergonomic compliance, pressure distribution in the seats, analysis of assembly instructions, difference between the furniture produced for the external and external market and comparison between the furniture exporting companies in the furniture production centers of Bento Gonçalves (RS) and Ubá (MG). The general objective was to evaluate the profile of furniture exporting companies, aiming at stimulating the use of the principles, methods, ergonomic and design data in product development, certification of ergonomic compliance and prevention of accidents caused by the product use. The material used was provided by 21 industries associated to the worker unions of Rio Grande do Sul and Minas Gerias. The information collection was carried out through the application of a questionnaire, a form and measurements taken directly on the product, with the use of a measuring tape, and a goniometer. In the analysis of ergonomic compliance of the seats, it was used an anthropometric mannequin generated by the Sammie Cad software system and a F-Scan system pressure mat. For data processing, the SPSS software system was used, with specific statistical tests, such as the chi-square and binomial tests. There is a similarity in the profile of the exporting companies. The knowledge the companies have about the techniques and methods of design and ergonomics (ergodesign) is still very incipient. Many companies hire a professional graduated in the area of design for the development of product projects. As for the furniture ergonomic conformity, only one product met all the dimensional requirements of the Brazilian technical standard. The largest concentration of pressure distribution was in the wooden seat for all the percentiles. In the furniture assembly instructions, it was observed that the use of titles was not enough to distinguish the contents. In the statistical approach, the companies of the furniture centers of Bento Gonçalves (RS) and Ubá (MG) presented uniformity among themselves, as for ergodesign. As a general conclusion of the present study, it was observed that the companies researched are highly receptive for ergodesign, although sometimes they do not know the meaning of ergonomics and its application in the development of the product. There is a great potential for the adoption of techniques for product improvement. Some of the techniques already used can be related to ergodesign, but have not been fully explored by companies yet.
Palavras-chave: Exportação
Ergonomia
Design
Móveis
Exportation
Ergonomic
Design
Furniture
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Doutorado em Ciência Florestal
Citação: TORRES, Fernanda Freitas Costa de. Analysis of ergodesign in the exporting furniture centers of Bento Gonçalves (RS) and Ubá (MG). 2009. 179 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/532
Data do documento: 30-Jul-2009
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,56 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.