Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5329
Tipo: Dissertação
Título: Diversidade de fungos endofíticos de folhas de soja (Glycine max) cultivada em Viçosa – MG
Título(s) alternativo(s): Diversity of endophytic fungi from leaves of soybean (Glycine max) grown in Viçosa – MG
Autor(es): Leite, Tiago de Souza
Primeiro Orientador: Queiroz, Marisa Vieira de
Primeiro coorientador: Pereira, Olinto Liparini
Segundo coorientador: Araujo, Elza Fernandes de
Primeiro avaliador: Brommonschenkel, Sérgio Hermínio
Segundo avaliador: Kasuya, Maria Catarina Megumi
Terceiro avaliador: Bazzolli, Denise Mara Soares
Abstract: A soja é uma das mais importantes culturas agrícolas mundiais, sendo utilizada principalmente na alimentação humana e de animais. Os fungos endofíticos são micro-organismos que habitam o interior do tecido vegetal durante alguma fase do seu ciclo de vida, mas sem causar doença aparente ao hospedeiro. Muitos trabalhos têm mostrado o potencial do uso de fungos endofíticos como agentes no controle biológico de doenças e pragas em plantas, na indução de resistência sistêmica e na promoção de crescimento vegetal. O objetivo deste estudo foi isolar e identificar os fungos endofíticos de folhas de soja das cultivares Conquista e Monsoy, utilizando duas técnicas de isolamento, a fragmentação do tecido e a técnica de cultivo por extinção, para determinar a riqueza de espécies e comparar a diversidade de fungos encontrados entre as cultivares. Um total de 188 morfotipos foram obtidos representando 52 taxa identificados pela região ITS do rDNA. O filo Ascomycota foi o dominante, representado por 99 e 96 % dos isolados para as cultivares Monsoy e Conquista, respectivamente, enquanto o filo Basidiomycota foi representado por 1 e 4 % dos isolados, para as mesmas cultivares. A riqueza de espécies para a cultivar Monsoy (31 espécies) e para a cultivar Conquista (37 espécies) foi maior quando ambas as técnicas de isolamento foram utilizadas. A diversidade de fungos endofíticos foi semelhante para ambas as cultivares, utilizando a mesma técnica de isolamento. A utilização das sequências da região ITS para a análise filogenética permitiu o agrupamento dos isolados fúngicos de acordo com a sua respectiva Ordem (quando definida), Classe e Filo. Esse é o primeiro trabalho que utiliza a técnica de cultivo por extinção para o isolamento de fungos endofíticos da soja.
Soybean is one of the most important crops used in human and animals food. Fungal endophytes are microorganisms that live inside the plant tissue at some stage of their life cycle without causing apparent disease to the host. Many studies have shown the use of fungal endophytes as agents of biological control of pests and plants diseases, and to improve the plant growth and induce systemic resistance of plants. The goal of this work was to isolate and identify the endophytic fungi from leaves of soybean cultivars Monsoy and Conquista using two method of isolation (tissue fragmentation and extinction cultivation). Furthermore, was determining the species richness and the diversity of fungi and compared between cultivars. 188 morphologically distinct isolates were obtained representing 52 taxa identified by sequencing the ITS region of rDNA. The phylum Ascomycota was the dominant represented by 99 and 96 % of the isolates to Monsoy and Conquista cultivars respectively. Species richness of cultivars Monsoy (31 species) and Conquista (37 species) was greater when both isolation method were used. Diversity of endophytic fungi was similar for both cultivars using the same isolation methods. The nucleotide sequences of the ITS region was used for phylogenetic analysis and allowed the grouping of fungal isolates according to their respective Order (when present), Class and Phylum. This is one of the first studies using the extinction culturing method for endophytic fungal isolation in soybean.
Palavras-chave: Fragmentação do tecido
Cultivo por extinção
Região ITS
Tissue fragmentation
Extinction cultivation
ITS region
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Associações micorrízicas; Bactérias láticas e probióticos; Biologia molecular de fungos de interesse
Programa: Mestrado em Microbiologia Agrícola
Citação: LEITE, Tiago de Souza. Diversity of endophytic fungi from leaves of soybean (Glycine max) grown in Viçosa – MG. 2010. 63 f. Dissertação (Mestrado em Associações micorrízicas; Bactérias láticas e probióticos; Biologia molecular de fungos de interesse) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5329
Data do documento: 27-Jul-2010
Aparece nas coleções:Microbiologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.