Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5397
Tipo: Dissertação
Título: Percepção ambiental e construção do conhecimento de solos em assentamento de reforma agrária
Título(s) alternativo(s): Environment perception and construction of soil knowledge in agrarian reform settlement
Autor(es): Mancio, Daniel
Primeiro Orientador: Mendonça, Eduardo de Sá
Primeiro coorientador: Cardoso, Irene Maria
Segundo coorientador: Jucksch, Ivo
Primeiro avaliador: Muggler, Cristine Carole
Segundo avaliador: Ferreira Neto, José Ambrosio
Abstract: As dificuldades encontradas na constituição dos assentamentos de reforma agrária no Brasil são grandes. Desde a ocupação das áreas, passando pela resistência das famílias às inúmeras formas de repressão, chegando finalmente à conquista da terra, onde os desafios são no âmbito da produção, visando soberania e segurança alimentar para as famílias. Para superar os desafios impostos para a produção dentro da realidade camponesa, faz-se necessário um reconhecimento aprofundado da área, visto que muitos assentamentos são criados em regiões distintas ambientalmente das regiões de origem das famílias assentadas. Neste sentido este estudo realizado no assentamento Olga Benário, município de Visconde do Rio Branco, MG, teve como objetivo desenvolver e testar uma metodologia, capaz de unir os saberes populares e científicos, que contribua para a construção do conhecimento sobre o ambiente local, interpretando-o melhor. Busca diminuir o período de adaptação ao novo ambiente local, pelos assentados. Para o desenvolvimento deste trabalho, foram utilizados os princípios científicos da pesquisa-ação. A metodologia constou de visitas, caminhadas, oficinas pedagógicas, intercâmbios e intervenções práticas, além de análises laboratoriais, sistematizações e devolução de resultados. Partindo de problemas e demandas concretas, conseguiu-se estratificar participativamente os ambientes do assentamento resgatando e construindo conhecimentos que serão úteis para o planejamento produtivo das famílias. Aprofundou-se em temas específicos demandados pelo grupo para um maior entendimento da realidade ambiental da área. Neste sentido os mapas conceituais se mostraram importante ferramenta de tratamento e organização de temas relacionados com a educação ambiental. Esta pesquisa-ação gerou avanços na conscientização sobre o manejo conservacionistas dos agroecossistemas locais, com base nas limitações e potencialidades de cada ambiente da paisagem, auxiliando a convivência com suas características limitantes, como a fertilidade natural e susceptibilidade a erosão, e voçorocas. O solo foi elemento fundamental para a interpretação ambiental da área e entendimento dos processos relacionados ao uso e manejo dos agroecossitemas, garantindo a sustentabilidade dos ambientes. O conhecimento prévio dos assentados tradicionalmente construído, independente da origem, foi a base para a ressignificação e construção de novos conhecimentos. Este processo se deu em vários momentos durante a pesquisa, levantando novas demandas para trabalhos de intervenções a campo.
The difficulties found in the constitutions of the agrarian reform settlements in Brazil are large. Since the occupation of these areas, passing through the resistance of the families to the numerous forms of repression, arriving finally to the acquisition of land, where the challenges are in the ambit of production, searching for sovereignty and feed security for the families. To overcome the challenges imposed for production inside the peasant reality, it is necessary a deepening recognition of the area, as many settlements are created in regions environmentally distinctive of the settled families original regions. In this sense, this study was realized in the settlement Olga Benario, municipality of Visconde do Rio Branco, MG, aiming to develop and test a methodology, capable of uniting the popular and scientific knowledges, which can contribute for the construction and knowledge on local environment, with a better interpretation. Our goal was to decrease the adaptation period to the new local environment, by the settlers. For the development of this work, it was used the scientific principles of research-action. The methodology consisted of visits, walks, pedagogic workshops, exchanges and practical interventions, beyond laboratorial analysis, systematizing and devolution of results. Starting from concrete problems and demands, it was possible to stratify the settlement environments rescuing and building knowledge which will be useful for families planning production. It was deepened in specific themes demanded by the group for a better understanding of the environmental area reality. In this sense, the conceptual maps showed up as an important tool for treating and organizing the themes related with environmental education. These research-action generated advances on the awareness of the local agroecossystems conservationist management based on the limitations and potentialities of each environment of the landscape, helping to deal with the limited characteristics, like the natural fertility and erosion susceptibility. Soil was, therefore, a fundamental element for environmental interpretation of the area and understanding of the processes related to the use and management of the agroecossystems, keeping the environments sustainability. The previous knowledge of the settlements traditionally constructed, independently of origin, was the base for the remeaning and construction of new knowledges. This process happened in various moments during the research, lifting new demands for intervention works on the field.
Palavras-chave: Construção do conhecimento
Agroecologia
Pesquisa-Ação
Assentamentos
Knowledge construction
Agroecology
Research-action
Settlements
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: MANCIO, Daniel. Environment perception and construction of soil knowledge in agrarian reform settlement. 2008. 104 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5397
Data do documento: 2-Abr-2008
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,48 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.