Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5450
Tipo: Dissertação
Título: Resíduo da colheita de eucalipto e fontes de cálcio na agregação do solo e na estabilização da matéria orgânica
Título(s) alternativo(s): Crop residue of eucalyptus and calcium sources on soil aggregation and stabilization of organic matter
Autor(es): Vasconcelos, Aline de Almeida
Primeiro Orientador: Silva, Ivo Ribeiro da
Primeiro coorientador: Rocha, Genelício Crusoé
Segundo coorientador: Neves, Júlio César Lima
Primeiro avaliador: Mattiello, Edson Marcio
Segundo avaliador: Soares, Emanuelle Mercês Barros
Terceiro avaliador: Villani, Ecila Mercês de Albuquerque
Abstract: A interação de compostos orgânicos com cátions divalentes, como o cálcio (Ca), pode melhorar a agregação do solo e polimerizar as moléculas orgânicas, formando complexos organo-metálicos mais estáveis. A efetividade do Ca na agregação em solos florestais, em condições de campo, e a influência de fontes distintas de Ca na decomposição dos resíduos de eucalipto aportados e no processo de agregação e estabilização da matéria orgânica do solo (MOS) ainda são pouco conhecidas. Desta forma, objetivou-se avaliar o efeito de diferentes fontes de Ca associadas a resíduos da colheita de eucalipto na agregação e estabilização do carbono da MOS. Para tanto, foi conduzido estudo de campo que consistiu da adição de três fontes de Ca e resíduo de eucalipto (folha, galho e casca), em duas regiões no extremo Sul da Bahia, com índices pluviométricos e teores de argila distintos. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com cinco repetições. Os tratamentos consistiram da ausência de suplementação de Ca e três fontes do nutriente (CaCO3, CaSO4 e CaSiO4) aplicadas ao solo contendo resíduos da colheita de eucalipto (folha, galho e casca), além de um tratamento adicional, sem adição de Ca e sem a manutenção do resíduo de eucalipto. Após 12 meses da instalação do experimento, foram realizadas: quantificação da matéria seca remanescente e estimativa do tempo de meia-vida (t0,05) dos resíduos de eucalipto depositados na área; determinação dos teores de Ca trocável e não trocável no solo; separação de agregados estáveis por via seca e cálculo do diâmetro médio geométrico (DMG), e nas classes de agregados mais representativas de agregado foram determinados os teores de Ca tocável, total de C orgânico, C lábil, a abundância natural do 13C da MOS e estabilidade dos agregados determinadas pelo método do ultra-som. Nas regiões Sul e Oeste as menores quantidades de Ca no resíduo do eucalipto foram observadas para o CaSO4 em relação ao CaCO3 e CaSiO3. A manutenção do resíduo vegetal de eucalipto na área de plantio, após 12 meses, contribuiu para aumento do DMG, na camada de 0-10 cm, mas não foram observadas alterações no DMG em profundidade (10-20; 20-40 e 40-60 cm). A adição de Ca por meio das distintas fontes reduziu o DMG nas quatro profundidades, mas esse efeito foi dependente da fonte. Na região Sul, a presença de Ca aumentou a estabilidade dos agregados e o inverso foi observado para a região Oeste. A maior recuperação de C oriundo do resíduo da colheita de eucalipto, na região Sul, ocorreu na classe de agregado 2,00-1,00 mm quando aplicou-se CaSO4 e CaSiO3. Na classe 1,00- 0,25 mm não houve diferença entre os tratamentos quanto à contribuição do C do resíduo. Na região Oeste, a contribuição do C derivado do resíduo de eucalipto foi maior na classe de 2,00-1,00 mm, mas não houve diferença entre os tratamentos.
The interaction of organic compounds with divalent cations such as calcium (Ca) may improve soil aggregation and polymerise the organic molecules, forming metal-organic complexes more stable. The effectiveness of Ca on the aggregation in forest soils, in field conditions, and the influence of different sources of Ca in decomposing residues of eucalyptus and in the process of aggregation and stabilization of the soil organic matter (SOM) are still poorly known. Thus, the objective was to evaluate the effect of different sources of Ca associated with harvest residues of eucalyptus in the aggregation and stabilization of carbon from the SOM. Therefore, it was conducted a field study that consisted of the addition of three sources of Ca and residue of eucalyptus (leaf, twig and bark) in two regions in the extreme south of Bahia, with pluviometric indexes and amounts of clay distincts. The experimental design was in randomized blocks with five replications. The treatments consisted of no supplemental Ca and three sources of the nutrient (CaCO 3, CaSO 4 and CaSiO4) applied to the soil containing crop residues of eucalyptus (leaf, twig and bark) and an additional treatment without adding Ca and without the maintenance of the residue of eucalyptus. After 12 months of the experiment it were performed: measurement of the remaining dry matter and estimation of the half-life (t 0.05) time of eucalyptus residues deposited in the area; determination of exchangeable Ca and nonexchangeable Ca content in the soil; Separation of stable aggregates by dry and calculation of the geometric mean diameter (GMD). In the aggregate classes representing more aggregate levels were determined exchangeble Ca content, total organic C, labile C, the natural abundance of 13C from the SOM and aggregate stability obtained by the method of ultrasound. In the South and West regions the lowest amount of Ca in the residue of eucalyptus were observed for CaSO4 in relation to CaCO3 and CaSiO3. The maintenance of plant residue of eucalyptus in the area of plantation after 12 months contributed to the increase of GMD, at 0-10 cm, but no changes were found in the GMD in depth (10-20, 20-40 and 40 - 60 cm). The addition of Ca through different sources reduced the GMD in the four depths, but this effect was dependent on the source. In the South, the presence of Ca increased the stability of aggregates and the reverse was observed for the western region. The best recovery of C derived from crop residue of eucalyptus in the South, occurred on the aggregate class of 2.00 to 1.00 mm when it was applied CaSO4 and CaSiO3. In class 1.00 to 0.25mm there was no difference among treatments regarding the contribution of the C from the residue. In the western region, the contribution of C derived from the eucalyptus residue was greater in the class of 2.00 to 1.00 mm, but no difference was observed among the treatments.
Palavras-chave: Agregação
Cálcio
Estabilidade da matéria orgânica do solo
Aggregation
Calcium
Stabilization of organic matter
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: VASCONCELOS, Aline de Almeida. Crop residue of eucalyptus and calcium sources on soil aggregation and stabilization of organic matter. 2010. 56 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5450
Data do documento: 27-Jul-2010
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf554,45 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.