Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5474
Tipo: Dissertação
Título: Agricultores, ambientes e usos no Projeto de Assentamento São Francisco, Buritizeiro, Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Farmers, environments and uses in the Settlement São Francisco, Buritizeiro, Minas Gerais
Autor(es): Cunha, Bruno Gomes
Primeiro Orientador: Jucksch, Ivo
Primeiro coorientador: Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Segundo coorientador: Loreto, Maria das Dores Saraiva de
Primeiro avaliador: Freitas, Helder Ribeiro
Abstract: A região norte de Minas Gerais, apesar das condições adversas, concentra número expressivo de Projetos de Assentamento (PA) implantados pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), contendo em suas áreas, grandes remanescentes do bioma Cerrado e de veredas, especialmente no PA São Francisco. A existência deste ambiente é tida como um atrativo especial, pois, comparativamente às condições ambientais do seu entorno, este ambiente possui condições mais favoráveis para a utilização, apesar de ser protegido por legislação, o que pode levar a um acentuado processo de degradação. Atualmente, tem-se observado uma nova concepção do processo de reforma agrária, sobrepondo a idéia de mera divisão de terra para agricultores, passando a ser vista como um processo que deve ser planejado, servindo como instrumento social de reabilitação e reorganização de áreas rurais, sendo que, o uso da estratificação ambiental pode ser considerada uma ferramenta válida neste processo, já que se pode associar as informações pedogeomorfológicas com as inter-relações dos agricultores com os diversos geoambientes associados ao Projeto de Assentamento. Antes da criação do Projeto de Assentamento São Francisco, os posseiros faziam uso sem restrição dos solos de veredas, mas depois da institucionalização da terra, os órgãos ambientais começaram a fiscalizar e coibir o uso deste geoambiente, gerando um conflito ambiental. Assim, têm-se como hipóteses iniciais que a inexistência do licenciamento ambiental impediu o desenvolvimento do PA São Francisco; a maior utilização dos solos do geoambiente Vereda se deve ao elevado teor de matéria orgânica e água disponível neste ambiente, criando uma grande dependência sócio-econômica dos assentados a este geoambiente e; o uso agrícola, ao longo dos anos, alterou negativamente e de modo diferenciado, a qualidade/quantidade da matéria orgânica dos solos orgânicos do ambiente Vereda. Neste contexto, esta pesquisa teve por objetivo geral identificar e caracterizar os diferentes geoambientes associados ao PA São Francisco e suas interfaces com as famílias assentadas, analisando os aspectos pedológicos, as implicações do uso e a importância de cada geoambiente para as famílias assentadas. Como resultados, têm-se que o PA São Francisco pode ser discriminado em 06 geoambientes, a saber: chapadas arenosas; chapadão de cimeira; bordas e escarpas metapelíticas; rampas coluviais; escarpas areníticas e veredas e vazantes hidrófilas, sendo caracterizados como solos pobres em nutrientes e ácidos. Quanto às hipóteses elencadas, concluiu-se que a morosidade do INCRA em obter o licenciamento ambiental, interferiu de forma decisiva no desenvolvimento do PA, bem como as condições edáficas que o PA São Francisco está submetido. Assim, deve-se entender que não somente a falta de licenciamento ambiental entravou o desenvolvimento deste Projeto de Assentamento, mas, sobretudo a falta de um planejamento na obtenção do imóvel e sua implantação interferiu no insucesso deste empreendimento. Quanto à hipótese que trata do uso do solo do ambiente vereda pelos assentados e suas interfaces com este ambiente, se aceita a hipótese, na medida em que esses solos com esse teor de matéria orgânica, com grande capacidade de retenção de água, conseguem produzir alimentos, apesar da sua pobreza nutricional, cultivos menos exigentes e com produções satisfatórias para os parâmetros dos seus produtores. Por fim, percebeu-se que a atividade agrícola interferiu principalmente na qualidade da matéria orgânica, mas não de forma significativa na maioria dos solos orgânicos do geoambiente Vereda e Vazantes Hidrófilas; ficando explícito que, o que vem degradando este ambiente é o processo erosivo iniciado com o reflorestamento e, depois, com as aberturas das estradas e alterações nos outros geoambientes.
The northern region of Minas Gerais, despite adverse conditions, concentrates a significant number of Settlement Projects (PA) implemented by the National Institute of Colonization and Agrarian Reform (INCRA), containing in their areas, large remnants of the Cerrado and Palm swamps, especially PA São Francisco. The existence of this environment is seen as a special attraction, as compared to the environmental conditions of its environment, this environment has more favorable conditions for the use, despite being protected by legislation, which can lead to a sharp degradation process. Currently, there has been a new conception of the agrarian reform process, overlapping the idea of mere division of land to farmers so as to be seen as a process that must be planned, serving as an instrument for social rehabilitation and reorganization of rural areas, being that the use of environmental stratification may be considered a valid tool in this process, since you can associate information with pedogeomorphologically the interrelationships of the various geo-environmental farmers associated with the Settlement. Before the creation of PA São Francisco, the squatters were unrestricted use of the soil of paths, but after the institutionalization of land, environmental agencies began to monitor and curb the use of Palm swamps, creating an environmental conflict. So they have as initial hypotheses that the lack of environmental licensing prevented the development of PA São Francisco, the largest land use in Palm swamps is due to the high content of organic matter and available water in this environment, creating a heavy dependence socio-economic on the Palm swamps; agricultural use over the years, changed negatively and differently, the quality/quantity of soil organic matter "organic" Palm swamps. In this context, this study aimed at identifying and characterizing the different geoenvironments associated with PA San Francisco and its interfaces with the resettled families, analyzing the soil aspects, the implications of the use and importance of each geoenvironment for resettled families. As a result, have the PA São Francisco can be broken down into 06 geoenvironments, chapadas arenosas; chapadão de cimeira; bordas e escarpas metapelíticas; rampas coluviais; escarpas areníticas e veredas e vazantes hidrófilas , characterized as being in poor soils acids and nutrients. Regarding the assumptions listed, it was concluded that the length of INCRA in obtaining the environmental permit, intervened decisively in the development of PA as well as soil conditions that the PA São Francisco is submitted. Thus, one must understand not only the lack of environmental licensing hindered the development of this PA, but rather a lack of planning in getting the property and interfered with its implementation in the failure of this enterprise. As for the hypothesis that deals with land use on the environment path for settlers and their interfaces with that environment, we accept the hypothesis, insofar as these soils with the organic matter content, with great capacity to retain water, can produce food, despite their poverty nutrition, crop production with less demanding and suitable for the parameters of their producers. Finally, it was noted that agricultural activity interfered mainly with the quality of organic matter, but not significantly in most soils and organic geoenvironment Vereda e Vazantes hidrófilas , being explicit, which is degrading this environment is the erosion started with reforestation and then with the opening of roads and other changes in geoenvironment.
Palavras-chave: Reforma Agrária
Geoambientes
Organossolos
Agrarian Reform
Geoenvironment
Histosols
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: CUNHA, Bruno Gomes. Farmers, environments and uses in the Settlement São Francisco, Buritizeiro, Minas Gerais. 2011. 102 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5474
Data do documento: 26-Jul-2011
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,52 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.