Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5482
Tipo: Dissertação
Título: Dispersão e condutividade hidráulica em solos de Pernambuco, em resposta à saturação por sódio e à concentração salina da solução
Título(s) alternativo(s): Dispersion and hydraulic conductivity in soils of Pernambuco, in response to sodium saturation and salt solution concentration
Autor(es): Paes, Jefferson Luiz de Aguiar
Primeiro Orientador: Ruiz, Hugo Alberto
Primeiro coorientador: Fernandes, Raphael Bragança Alves
Segundo coorientador: Freire, Maria Betânia Galvão dos Santos
Primeiro avaliador: Passos, Renato Ribeiro
Abstract: Para estimar a tendência à dispersão de argilas, determina-se, em laboratório, o teor de argila dispersa em água (ADA). Essa análise pode não corresponder à realidade no campo em solos salinos e salino-sódicos, em que a solução desses apresenta concentrações relativamente elevadas de sais. Em acréscimo, resultados de determinações da condutividade hidráulica em meio saturado (K0) em laboratório, com água destilada ou deionizada, podem também não corresponder às condições de campo nesses solos. Determinaram-se a argila dispersa (AD) e a K0, em laboratório, utilizando soluções de trabalho de diferentes condutividades elétricas (CE) em sete solos representativos do Estado de Pernambuco, com percentagem de saturação de sódio (PST) ajustada no intervalo de 5-30%. Na determinação da AD, utilizou-se arranjo fatorial (7x6x5): sete solos, seis ajustes nos valores da PST (5, 10, 15, 20, 25 e 30%) e cinco CE (0; 0,3; 0,6; 0,9; e 1,2 dS m-1). No ensaio da K0, usou-se arranjo fatorial (7x3x3): sete solos, três ajustes nos valores da PST (5, 15 e 30 %) e três CE (0; 0,6 e 1,2 dS m-1). O ajuste da PST foi realizado, saturando os solos com soluções de relação de adsorção de sódio (RAS) apropriadas. A AD foi obtida agitando-se 400 mL de suspensão em recipientes de 500 mL, em agitador rotatório Wagner, durante 16 h, a 50 rpm. A K0 foi quantificada por meio de permeâmetros de carga constante. Os resultados experimentais evidenciaram que houve incremento nos valores da AD diretamente relacionado com o aumento da PST e a diminuição da CE na solução de trabalho, resultando também na diminuição nos valores da K0. A resposta aos tratamentos foi mais acentuada nos solos com maiores proporções de argilas ativas frente àqueles com presença marcante de óxidos de ferro. A presença de argilas mais ativas leva à diminuição da K0, quando comparada com solos com maior proporção de óxidos, tornando esses mais susceptíveis a variações de K0, em decorrência da PST, com marcada influência da CE da água eventualmente utilizada na análise ou na irrigação. As determinações da ADA e de K0, geralmente associadas a problemas de infiltração, erosão e degradação da estrutura dos solos, são realizadas em laboratórios com água deionizada ou destilada, de CE próxima de 0 dS m-1; no entanto, para solos afetados por sais, as análises deveriam ser realizadas com soluções de CE ≠ 0 dS m-1, utilizando valores próximos aos do extrato da pasta de saturação.
To estimate clay dispersion susceptibility, the water dispersible clay (WDC) is determined in the laboratory. This analysis may not correspond to reality observed in the field, when saline and saline-sodic soils are present, due to the relatively high salt concentration in the soil solution. In addition, results of determinations of saturates hydraulic conductivity (K0) in the laboratory with distilled or deionized water, may also not match the field conditions in these soils. Thus, we determined the dispersed clay (DC) and the K0, in the laboratory using working solutions of different electrical conductivities (EC) in seven representative soils of Pernambuco State, with exchangeable sodium percentage (ESP) set in the range of 5-30%. In the determination of DC was used a factorial arrangement (7x6x5): 7 soils, 6 adjustments in ESP values (5, 10, 15, 20, 25 and 30%) and 5 EC (0, 0.3, 0.6; 0.9 and 1.2 dS m-1). In the K0 assay was used a factorial arrangement (7x3x3): 7 soil, 3 adjustments in ESP values (5, 15 and 30%) and 3 EC (0, 0.6 and 1.2 dS m-1). The adjustment of ESP was performed by saturating the soil with solutions of sodium adsorption ratio (SAR) appropriate. The DC was obtained by stirring a suspension of 400 ml in 500 mL containers, using a Wagner rotary shaker for 16 h, at 50 rpm. The K0 was measured using constant head permeameter. The experimental results show that there was an increase in the values of DC directly related to the increase in ESP and decrease in EC, also resulting in a decrease in the value K0. The response to treatment was more pronounced in soils with higher proportions of active clays compared to those with a strong presence of iron oxides. The presence of more active clay causes reduction in K0 compared to soils with high percentage of oxides. Those soils are more susceptible to K0 variations due to ESP. Also there is a marked influence of water EC used in the analysis or for irrigation. Measurements of WDC and K0, usually associated with problems of infiltration, erosion and deterioration of the soil structure, are generally performed in laboratories with deionized or distilled water, EC close to 0 dS m-1. However, for salt affected soils, the analysis should be carried out with solutions of EC ≠ 0 dS m-1, using values close to the EC of the saturation extract.
Palavras-chave: Sodicidade
Solos afetados por sais
Dispersão
Sodicity
Soils affected by salts
Dispersion
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: PAES, Jefferson Luiz de Aguiar. Dispersion and hydraulic conductivity in soils of Pernambuco, in response to sodium saturation and salt solution concentration. 2012. 85 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5482
Data do documento: 15-Fev-2012
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,36 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.